TCE detecta macas enferrujadas e infiltrações no Huse

0

Conselheiro Reinaldo Moura: “Condição de funcionamento preocupou a equipe” (Foto: Portal Infonet)
O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Reinaldo Moura, falou na tarde desta quinta-feira, 14 [quando participava da solenidade de assinatura do decreto de posse do novo conselheiro Ulices Andrade], sobre o relatório de inspeção realizado no Huse.

“O que mais preocupou a equipe foi exatamente a questão das condições de funcionamento de determinados setores do hospital. São infiltrações no teto, macas enferrujadas, macas sem colchões e medicamentos guardados em locais impróprios”, adianta o presidente da Corte de Contas.

Segundo ele, o governador Marcelo Déda será informado de todas as irregularidades encontradas. “O Tribunal de Contas detectou as irregularidades, estará informando ao governador para que medidas emergenciais possam ser adotadas”, destaca Reinaldo Moura.

Os trabalhos de inspeção no Hospital de Urgência de Sergipe foram iniciados no dia 5 de maio por conta de uma propositura do procurador geral do Ministério Público de Contas, João Augusto Bandeira de Mello, em virtude de várias denúncias de irregularidades feitas pela imprensa local. A relatora Maria Isabel Nabuco e os técnicos do TCE além de representantes do Ministério Público de Contas, irão convocar gestores da saúde para uma reunião nos próximos dias visando discutir as deficiências encontradas.

Indagado pela imprensa sobre as irregularidades, o governador Marcelo Déda afirmou que somente poderá se pronunciar após o recebimento do relatório por parte do TCE, o que ainda não tinha acontecido.

Por Aldaci de Souza

Comentários