TRE discute plano de mídia e programas no rádio e na TV

0
Evento aconteceu no TRE (Imagem Portal Infonet)

Aconteceu na tarde desta sexta-feira, 8 no auditório do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SE),  reunião com juízes auxiliares e procuradores da República, imprensa e representantes de partidos políticos e coligações.

O objetivo do encontro foi discutir a ata de elaboração do plano de mídia, além de deliberar sobre a geração dos programas eleitorais gratuitos no rádio e na televisão e a veiculação das inserções nas Eleições 2014.

A propaganda eleitoral gratuita começa a ser exibida no próximo dia 19 de agosto, devendo prosseguir até 02 de outubro. De acordo com o secretário judiciário do TRE/SE, Marcos Vinicius Linhares, a novidade deste ano é que o Tribunal Regional Eleitoral criou formulários de credenciamento.

Reunião aconteceu no auditório do TRE/SE (Fotos: Portal Infonet)

“Esses formulários vão ficar disponíveis no site do Tribunal para que os representantes dos partidos que irão entregar os materiais às emissoras de rádio e TV, possam fazer o credenciamento. Presidentes dos partidos, representantes de coligações ou advogados, devem entrar no site para fazer o credenciamento e as pessoas que estão listadas é quem devem entregar as mídias às emissoras”, explica Marcos Vinícius.

Marcos Vinicius deixou claro que as emissoras podem recusar a mídia, caso seja entregue por pessoas não credenciadas junto ao TRE. “O credenciamento é uma segurança para a emissora. Se aceita uma mídia errada e veicula, terá de assumir”, alerta.

Representantes de partidos e coligações atentos às explicações

Foram discutidos os horários destinados às inserções e à divulgação, em rede, da propaganda eleitoral gratuita, além de formato, conteúdo e entrega das mídias para veiculação. E definida a escala de geração da programação entre as emissoras de Televisão e Rádio. A ordem de veiculação da propaganda foi definida por meio de sorteio.

Participaram ainda da reunião, a procuradora do Ministério Público Federal, Eunice Dantas, o juiz eleitoral José dos Anjos e o diretor-geral do TRE/SE, Pedro Vieira.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais