Tudo pronto para as eleições gerais em Sergipe

0

Eleitor devem escolher seis candidatos (Foto: TSE)
Tudo pronto para as eleições gerais deste domingo, 3 de outubro, em Sergipe.  Sete candidatos disputam o Governo do Estado: Marcelo Déda (PT), João Alves Filho (DEM), Leonardo Dias (PCB), Avilete Cruz (PSOL), Arivaldo José (PSDC) e Vera Lúcia (PSTU). 14 candidatos disputam o Senado, 65 lutam por uma vaga na Câmara Federal e 141 por cadeiras na Assembléia Legislativa. A votação ocorrerá das 8h às 17h.

O voto é obrigatório para maiores de 18 anos e menores de 70 e facultativo para maiores de 16 e menores de 18 anos; maiores de 70 e analfabetos. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o Estado de Sergipe possui um milhão 425 mil

Votação começa às 8h e termina às 17h
937 eleitores. Desses, 744 mil 406 são do sexo feminino e 681 mil 278 são do sexo masculino.

O município com maior número de eleitores é Aracaju, com 378 mil 146 eleitores. 170 mil 927 são do sexo masculino e 207 mil 219 do sexo feminino. E com menor número é Amparo do São Francisco, com 2 mil 104 eleitores, sendo 1.055 do sexo masculino e 1.045 feminino.

Urnas

Todas as urnas eletrônicas do Estado já foram preparadas, lacradas e enviadas aos locais de votação. Ao todo serão 5.134 urnas, sendo 4.392 para votação nas seções eleitorais, 98 exclusivamente para recepção das justificativas dos faltosos e mais 644 para contingência – substituição em caso de quebra. Os trabalhos serão presididos e acompanhados, respectivamente, pelos Juízes e Promotores da 1ª, 2ª, 21ª, 27ª, 34ª e 36ª Zonas Eleitorais.

Documentos

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), como documento oficial serão aceitos a carteira de identidade ou documento de valor legal

As urnas foram preparadas e lacradas no TRE
equivalente (identidade funcional), carteira de trabalho ou de habilitação com foto e certificado de reservista ou ainda o passaporte. Já as certidões de nascimento ou casamento não serão admitidas como prova de identidade. O eleitor pode votar só com algum desses documentos, mas não pode votar somente com o título.

Justificativa

O requerimento de Justificativa Eleitoral pode ser preenchido e impresso on-line no site do TSE, para o eleitor que não estará em seu domicílio eleitoral nos 3 de outubro e 31 (se houver segundo turno). “A justificativa deve ser feita em qualquer urna eleitoral no dia da eleição. Em Aracaju, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) disponibilizou alguns pontos a exemplo do cartório da rua Itabaianinha e da Delegacia de Turismo na Orla de Atalaia, para que sejam feitas as justificativas”, explica o chefe do cartório da 27ª Zona

A distribuição foi feita por funcionários dos Correios
Eleitoral, Marcelo Gerard.

Se não puder realizar a justificativa no dia da votação, o eleitor tem até 60 dias após o pleito para entregar o requerimento em qualquer cartório ou posto de atendimento eleitoral, ou, na impossibilidade, encaminhar, por via postal, ao cartório da zona eleitoral onde for inscrito.

O eleitor que não votar e não apresentar justificativa fica impedido, entre outras coisas, de tirar passaporte; inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; e obter certidão de quitação eleitoral.

Números de candidatos devem ser digitados e confirmados
Como Votar

Primeiro o eleitor deve votar em deputado estadual, teclando em cinco dígitos. Não deve esquecer de conferir o nome, a foto e o número do candidato. Depois, deve pressionar as teclas CONFIRMA ou CORRIGE. Assim que o voto é confirmado, a urna emite um sinal sonoro.

O segundo voto é para deputado federal.  São quatro dígitos e o eleitor deve proceder da mesma forma, conferindo nome, foto e número, depois confirmar ou corrigir e ouvir o sinal sonoro. O terceiro e quarto votos são para as duas vagas de senador. São três dígitos. Nesse caso, quando

Uma mega estrutura foi montada pelo TRE no CIC para a apuração
o eleitor digitar o número, vai aparecer também as fotos e os dados dos suplentes. Lembrar que são dois candidatos diferentes para o Senado.

O quinto voto é para governador. A tela também vai mostrar os dados e a foto do candidato a vice na mesma chapa. São apenas dois dígitos. O último voto será para presidente, que também são dois dígitos.

Se o eleitor optar pelo voto em branco, deve pressionar as teclas BRANCO e CONFIRMA. Se for votar em branco para todos os cargos, deve repetir a operação um a um e esperar o sinal sonoro da urna confirmando.

Ao final de toda a votação, a urna emitirá um sinal sonoro mais longo e a tela exibirá a mensagem FIM. É bom levar a chamada Cola, com os números de todos os candidatos para agilizar a votação.

Tropas federais atuarão em alguns estados
Segurança

Contingentes das polícias civil e militar irão garantir a segurança nas eleições deste domingo, 3 de outubro tanto na capital como no interior. Cerca de três mil homens da Polícia Militar estarão distribuídos em todo o Estado. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) recebeu pedidos de juízes de cinco municípios para que a Força Federal possa garantir a ordem nas eleições: Canindé do São Francisco, Itabaiana, Ilha das Flores, Gararu e Pacatuba. 

Lei Seca

O presidente do TRE, desembargador Luis Mendonça informou que a chamada Lei Seca prevalecerá nas eleições de Sergipe. “As pessoas devem evitar o consumo de bebidas alcóolicas durante todo o dia das eleições. Uma intensa fiscalização será feita no sentido de coibir o uso de bebidas”, ressalta.

Por Aldaci de Souza

 

 

 

Comentários