Valadares cobra revitalização do São Francisco

0

Senador Valadares (Foto: Arquivo Portal Infonet)
O senador Antonio Carlos Valadares, líder do PSB no Senado, fez pronunciamento sobre a necessidade de preservação ambiental, lembrando que em dezembro próximo ministros do Meio Ambiente de 189 países estarão reunidos em Copenhague, na tentativa de um acordo para fixação dos índices máximos de emissão de carbono na atmosfera. E aproveitou para cobrar, mais uma vez, a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC), de sua autoria, que prevê a criação de um fundo garantidor de recursos suficientes para a revitalização do Rio São Francisco, nos próximos 20 anos.

 

A PEC foi aprovada pelo Senado, por unanimidade, em 2003, e enviada em seguida para a Câmara, onde se encontra até hoje sem ter passado por votação no plenário, apesar de já estar na pauta. “Quero crer que depois de seis anos a Câmara aprove essa proposta, como um gesto de solidariedade ao povo nordestino”, frisou Valadares.

 

Baseado em dados da revista Capital, o senador disse que apesar de o Brasil ser o quarto país maior poluidor (o primeiro é a China), está avançando na preservação ambiental, depois de incentivar os biocombustíveis e reduzido o desmatamento na Amazônia. Nos últimos sete anos o desmatamento naquela região, que abrangia 27 mil km2, caiu para 12 mil km2.

 

O senador lembrou que países em desenvolvimento precisam de projetos de infra-estrutura que acabam gerando poluição no ar, mas disse ter convicção de que o Brasil saberá adotar medidas conciliadoras, que permitam seu crescimento paralelamente a políticas de preservação ambiental.  

 

“Ao adotar a cultura de combustíveis alternativos ao petróleo – especialmente o etanol extraído da cana-de-açúcar – o Brasil está dando um exemplo de conservação do meio ambiente e espero que tome a dianteira em lições para o mundo de continuar crescendo economicamente, ao mesmo tempo em que se destaca no cuidado com o meio ambiente”, disse Valadares.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais