Valadares é reconduzido coordenador da Bancada

0
(Foto: Assessoria Parlamentar)

A Bancada Federal de Sergipe, composta por três senadores e oito deputados federais, se reuniu, nesta quarta-feira,26, para a escolha do coordenador da bancada para o ano de 2015. O senador Antonio Carlos Valadares (PSB) foi reconduzido ao cargo por unanimidade e o deputado Laércio Oliveira escolhido vice.

Os parlamentares elogiaram o trabalho Valadares à frente da bancada e sugeriram a sua recondução. O deputado Márcio Macedo defendeu a permanência do senador. Já o deputado André Moura destacou a preocupação constante de Valadares com o estado de Sergipe e indicou o deputado Laércio, como vice.

“Com a sua recondução, ao lado do deputado Laércio, ganha o estado, os municípios e o governo de Sergipe”, disse. O senador Eduardo Amorim afirmou que a continuidade do trabalho de Valadares seria importante para o estado. Enquanto, o deputado Mendonça Prado apontou o lado conciliador de Valadares para alcançar sempre os melhores resultados para Sergipe. “O senhor é um verdadeiro democrata, pois consegue ouvir e agir sem causar problemas para o estado”, afirmou.

O senador Valadares lembrou que o trabalho da bancada é uma ação conjunta de todos os parlamentares sergipanos cujo objetivo é o benefício do estado de Sergipe e agradeceu sua recondução. “É uma honra, uma alegria e um privilégio continuar coordenando a bancada sergipana, sobretudo, neste momento político que vivemos”, declarou.

Estiveram presentes, os senadores Antonio Carlos Valadares (PSB), Eduardo Amorim (PSC) e Maria do Carmo Alves (DEM) e os deputados federais André Moura (PSC), Laércio Oliveira (PR), Márcio Macedo (PT), Mendonça Prado (DEM), Fábio Reis (PMDB), Rogério Carvalho (PT) e Valadares Filho (PSB). O deputado Almeida Lima (PMDB) justificou a ausência.

Sugestões de emendas

Na reunião, a bancada também ouviu as sugestões do governo de Sergipe, Universidade Federal de Sergipe (UFS) e Ministério Público Federal para as emendas de bancada ao Orçamento da União de 2015.

Fonte: Assessoria Parlamentar

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais