Veja os vídeos do TSE para evitar erros e equívocos ao votar

0
Voto secreto e sem fraudes (Foto: Roberto Jayme/Ascom TSE)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) produziu doze vídeos para auxiliar os eleitores brasileiros a identificar informações falsas que circularam na internet. As eleições para escolha do novo presidente da República e dos novos governadores, nos locais onde ocorrerá o segundo turno, acontecerá no domingo, 28. Em Sergipe, disputam o cargo de governador os candidatos Belivaldo Chagas (PSD) e o deputado federal Valadares Filho (PSB). Para presidente do Brasil, estão no páreo o capitão Jair Bolsonaro (PSL) e o professor Fernando Haddad (PT).

Em linguagem simples e acessível, o material produzido pela Assessoria de Comunicação (Ascom) do Tribunal busca orientar o eleitor a não acreditar em boatos que ponham em dúvida a lisura do processo eleitoral. De acordo com a Ascom, os vídeos constituem uma resposta aos ataques que a Justiça Eleitoral sofreu durante o primeiro turno das eleições – em especial, no dia 7 de outubro, data do pleito.

“As urnas eletrônicas brasileiras são totalmente confiáveis. Os sistemas são abertos para auditagem a todos os partidos políticos seis meses antes da eleição, e também para o Ministério Público e para a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)”, disse o presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF) em entrevista coletiva concedida no dia 17 setembro, na sede do STF.

Veja abaixo os 12 vídeos da série produzidos pelo TSE:

Só o eleitor pode anular o próprio voto

Código 555 e a suspensão do voto

NÃO é possível solicitar voto em papel!

Saiba como ter acesso ao boletim de urna

Esclarecimentos sobre o dia da votação

Tumultuar a votação é crime!

Urna eletrônica é totalmente segura!

Falha NÃO é fraude

Presenciou alguma irregularidade no dia da votação? Denuncie

Votação será de 8h às 17h, no horário local

Saiba mais sobre a totalização dos votos

Aplicativo Pardal ganha nova funcionalidade

Com informações do Conselho Nacional de Justiça e Tribunal Superior Eleitoral

 

 

 

 

 

 

Comentários