Vereador é condenado à prisão por lesão corporal

0

Cabo Amintas: prisão por lesões corporais (Foto: Arquivo Portal Infonet)

O cabo Amintas Oliveira, vereador de Aracaju, foi condenado a um ano e seis meses de prisão a ser cumprida em regime aberto por lesões corporais. O Ministério Público defendeu tese de tentativa de homicídio, que teria sido praticada contra Marcos Eduardo Moraes Soares, atingido por tiro no dia 18 de maio de 2005. O cabo Amintas primou pela inocência, defendendo o conceito de negativa de autoria, mas o Conselho de Sentença recusou ambas as teses para condená-lo pelo crime de lesões corporais.

A pena final foi fixada pelo juiz Sérgio Fortuna de Mendonça, em substituição presidente do 2º Tribunal do Júri, ao final do julgamento ocorrido na quinta-feira, 12. O advogado Aurélio Belém, que atuou na defesa do cabo Amintas, permanece acreditando na inocência do cliente e associa a pena privativa de liberdade a uma absolvição.

Aurélio Belém acredita na prescrição. “Na prática, sem consequências de qualquer natureza, equiparando-se a uma sentença absolutória. Não ensejando, portanto, prisão ou qualquer outra consequência de ordem penal e/ou política”, destaca o advogado. A defesa está analisando a possibilidade de recurso.

por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais