Vereador Lucas ressalta ação da Defensoria Pública

0

(Foto: Acrisio Siqueira)

Na última semana, a Defensoria Pública do Estado de Sergipe entrou com ação civil pública contra o município de Aracaju pleiteando que a Prefeitura da Capital implemente ações no sentido da prevenção aos danos decorrentes de alagamentos e enchentes que são  causados pelas chuvas nos diversos bairros e no centro da cidade.

O vereador Lucas Aribé (PSB) usou a Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju na manhã desta terça-feira, 20, para enfatizar essa nova ação contra a administração pública aracajuana. "Mais uma vez, somos testemunhas de uma intervenção do poder judiciário na atual gestão. É muito complicado assistir a tantas falhas e acompanhar a desatenção na limpeza das vias públicas da nossa Capital", explicou Aribé.

Na ação movida pela Defensoria, a inadequação estrutural e ausência de limpeza dos canais e vias de escoamento de águas pluviais são apontadas como causas das inundações de grande parte da cidade, que poderiam ser evitadas senão minoradas com as medidas, opinião compartilhada por Lucas na CMA. "Uma capital que não tem um serviço constante de limpeza das ruas e vias de escoamento de água só pode sofrer durante as chuvas. São detritos jogados em todas as partes que acabam resultando em mais de 500 pessoas desabrigadas, como o que ocorreu em novembro de 2013", enfatizou.

"O inverno vai chegar e não podemos confiar nessa situação. Atualmente, temos que torcer para que não chova muito para não nos depararmos com tantas desgraças. Cobramos ações nesse sentido desde o ano passado, mas não vemos nada ser feito", pontuou Lucas Aribé.

O parlamentar também ressaltou que a Prefeitura de Aracaju sofre mais uma vez com a intervenção judiciária. "Infelizmente, temos mais uma intervenção do poder judiciário na gestão municipal, o que não é bom", disse.

Fonte: Assessora de Comunicação

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais