Vereadora cobra mais estrutura para os Conselhos Tutelares de Aracaju

0
A vereadora destacou a necessidade de mais recursos e estrutura para os conselhos tutelares (Foto: Assessoria de comunicação)

A vereadora Sheyla Galba (Cidadania) levou à Câmara Municipal de Aracaju, em discurso nesta quinta-feira, 23, a necessidade de mais atenção aos conselhos tutelares que atuam na capital. A parlamentar relatou a visita realizada a um dos distritos após solicitação dos próprios conselheiros aos parlamentares, onde constatou problemas e demandas.

“Iniciei essa série de visitas pelo 6º Distrito, no Santa Maria, que abrange uma área gigantesca, incluindo o Santa Maria, o 17 de Março, o Aeroporto e toda a Zona de Expansão. Ou seja, um amplo espaço, consequentemente muitas demandas para poucos conselheiros. Por isso a importância da gente visitar para saber o que essas pessoas passam”, afirmou a vereadora.

Sheyla Galba ressaltou que ainda dentro deste mês pretende visitar os demais distritos, para verificar as necessidades de cada um deles. “Eu não conhecia esse lado, as dificuldades enfrentadas pelos conselhos. O 6º Distrito, por exemplo, funciona numa pequena casa alugada, que foi adaptada para ser a sede. Os quartos que foram transformados em escritórios são pequenos e abafados, sem nenhum tipo de ventilação, inclusive o ventilador há muito tempo está quebrado e, mesmo com pedido, não é feito o conserto”, detalhou.

“Quando é necessário atender uma demanda onde a pessoa precise de mais privacidade para que ninguém escute o diálogo, infelizmente tem que ficar do lado de fora porque ninguém aguenta o calor. Infelizmente, não há estrutura para atender a quantidade de pessoas que buscam atendimento, não tem nem segurança”, complementou a parlamentar.

A vereadora destacou a necessidade de mais recursos e estrutura para os conselhos tutelares. “Até mesmo para tirar uma xérox de documentos é uma dificuldade porque há uma limitação de mil impressões e cópias por mês. É preciso mais recursos para que os conselheiros realizem seu trabalho”, frisou.

Por fim, a vereadora Sheyla Galba comprometeu-se em apresentar projetos com o intuito de contribuir com o trabalho dos conselhos. “Precisamos olhar mais e atuar pelos conselheiros tutelares de Aracaju. Eles atuam diuturnamente e não recebem hora extra, nem os 20% pelos plantões e finais de semana que é direito deles estabelecido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA”, concluiu.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais