Wanderlê propõe plebiscito sobre usina nuclear

0

Começou a tramitar na Assembléia Legislativa nesta segunda-feira, 22, a proposta de emenda constitucional 01/2010, de autoria do deputado estadual Professor Wanderlê (PMDB), que altera o parágrafo 8º do artigo 232 da Constituição do Estado de Sergipe.

Pela proposta, ficam condicionados à realização de plebiscito a construção de usinas nucleares e depósitos de lixo atômico no território estadual, bem como o transporte de cargas radioativas, exceto quando destinadas a fins terapêuticos, técnicos e científicos, obedecidas as especificações de segurança em vigor.

De acordo com Wanderlê, que é radicalmente contrário à introdução da energia nuclear na matriz energética brasileira, como o atual texto constitucional sergipano proíbe a instalação de usinas nucleares no território estadual, seria necessário que se alterasse a constituição para tornar possível tal empreendimento. “Diante de toda a polêmica existente em relação a este assunto, o nosso entendimento é de que a decisão mais acertada a se tomar é colocar colocar a questão para ser decidida de forma democrática pelo povo sergipano, através de um plebiscito”, afirmou.

Na avaliação do parlamentar sancristovense, através de um processo plebiscitário será possível fazer uma série de esclarecimentos à população em geral sobre os prós e contras da energia nuclear, na medida em que o debate terá que ocorrer de forma ampla. “Temos convicção de que a energia nuclear é inviável sob vários aspectos, sejam eles de cunho ambiental, econômico ou de segurança, pois, como já afirmei em diversas ocasiões, desde o início do meu mandato, trata-se de uma opção cara, suja e insegura”, concluiu.

Comentários