23 anos da AMO: Portal Infonet recebe troféu de Destaque Solidário

0
A instituição comemora nesta quinta-feira, 21, 23 anos de fundação (Foto: Portal Infonet)

A Associação Amigos da Oncologia (Amo) realizou na manhã desta quinta-feira, 21, a primeira edição do Prêmio Destaque Solidário 2019 em comemoração aos 23 anos da instituição. Empresas, entidades e veículos de comunicação foram homenageados. O Portal Infonet foi um dos destaques da imprensa sergipana.

Portal Infonet recebeu o troféu de Destaque Solidário 2019 ( Foto: Portal Infonet)

A presidente da Amo, Maria Conceição Balbino, explica que o prêmio Destaque Solidário 2019 foi uma maneira encontrada pela instituição para agradecer o apoio dos parceiros. “Solidariedade faz parte da nossa história, e essas empresas, pessoas e profissionais que estão sendo homenageadas entendem a importância do nosso trabalho, da nossa causa e nada mais justo do que reconhecer esse apoio através desse troféu. Todos aqui construíram conosco histórias e vitórias”, afirma.

Presidente da AMO, Conceição Balbino, agradeceu a parceria da Infonet (Foto: Portal Infonet)

Conceição conta que o Portal Infonet contribuiu muito com a Amo ao longo desses 23 anos. “ O troféu é destaque de 2019, mas para a Infonet o destaque é de uma vida toda. A Infonet sempre esteve sensível a nossa causa desde o início nos ajudando a divulgar o nosso trabalho”, ressalta.

AMO

Fundada em 21 de novembro de 1996, a Amo atende pessoas carentes com câncer de todas as idades. Atualmente 572 pessoas são assistidas pela instituição, mas ao longo desses 23 anos quase 5 mil pessoas já foram beneficiadas direta e indiretamente pela trabalho desenvolvido pela entidade.

Dona Maria José é assistida da AMO há três anos (Foto: Portal Infonet)

Dona Maria José Viera, aposentada, é assistida da instituição desde 2016 e conta que a Amo foi fundamental na sua recuperação. “ Eu tive câncer de mama em 2016, fiz todo o tratamento e em 2017, na revisão, descobri outro câncer na outra mama, mas recebi muito apoio no momento que mais precisei, recebi assistência e hoje felizmente estou curada. Instituições como a Amo são essenciais para nossa cura”, afirma.

Por Karla Pinheiro

Comentários