Após suspensão, maternidade regulariza atendimento

0

Maternidade do Hospital Santa Isabel teve plantão suspenso nesse domingo, 29 (Fotos: Portal Infonet)

Após a ausência de um anestesista no último domingo, 29, parturientes que recorrem à maternidade do Hospital Santa Isabel voltam a receber atendimento. Segundo informações adquiridas por um profissional da unidade de saúde, o anestesista que compõe uma equipe formada por dois obstetras e um pediatra, não compareceu ao serviço, o que ocasionou a suspensão do plantão.

Cartazes foram afixados na porta do hospital e pacientes tiveram que voltar para suas residências ou recorrer à outra unidade. De acordo com a assessora de comunicação do hospital, Rafaela Rodrigues, a direção não dispôs de tempo hábil para substituição do profissional ausente.

“Recebemos a ligação do anestesista num momento em que não havia como realizar a substituição, daí a suspensão do plantão que seria das 7h às 19h. Somente as pacientes que já estavam em trabalho de parto foram atendidas. As que apresentavam pouca dilatação e que não davam indícios de que evoluiria para um parto normal ou cesariana, não

José Willams conseguiu atendimento para a filha às 3h desta asegunda, 30

passavam pela admissão”, declarou a assessora.

Rafaela ainda destaca que o procedimento está relacionado à responsabilidade assumida pela direção do hospital em não colocar em risco a vida de pacientes que poderiam necessitar dos serviços de um anestesista. “Além dessa medida, recorremos imediatamente a outras unidades, como o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, a fim de que o maior número possível de pacientes obtivesse apoio”, acrescentou Rafaela, que garante regularização do atendimento às 19h do último domingo.

O motorista José Willams Silva, que conduziu a filha até a maternidade às 3h desta segunda-feira, 30, assegura que quando chegou o atendimento já havia sido normalizado. “Minha filha já estava em trabalho de parto quando chegou e só veio em função da ausência de profissional da saúde na maternidade de Lagarto.

Maternidade volta a realizar atendimentos após a suspensão do plantão

Além disso, soube que em Itabaiana também não tinha uma equipe de saúde completa”, ressaltou Willams.

Outro acompanhante que não quis se identificar também chegou às 3h desta segunda-feira, 30, e conseguiu atendimento médico para a esposa que, segundo ele, foi bem atendida. “Não sabia que ontem o plantão havia sido suspenso. Minha esposa já teve o bebê e tudo ocorreu com normalidade”, afirmou o acompanhante.

Segundo um profissional, o plantão na maternidade do Hospital Santa Isabel foi suspenso a partir das 8h desse domingo, conforme recomendação do obstetra de plantão. Ele havia, inclusive, recebido informações de um técnico de enfermagem proveniente do município de Lagarto, que a paciente que conduzia até o hospital chegara em função da ausência de obstetra em uma unidade de saúde da localidade.   

Por Nubia Santana

Comentários