Atitudes positivas durante quarentena favorecem equilíbrio emocional

0
Iniciativas solidárias, como ajudar um vizinho ou ligar para um colega, podem amenizar a carga psicológica durante o período (Foto: Ascom/Unit)

A necessidade de permanecer em casa e em distanciamento social por causa da pandemia do novo coronavírus trouxeram à tona uma nova realidade para toda a sociedade. Foi preciso uma readaptação nas formas de trabalho, de se relacionar, de praticar atividade física e, até mesmo, o simples fato de ir ao supermercado e à farmácia, os chamados serviços essenciais, ganhou cuidados inerentes à prevenção da Covid-19.

A rotina mudou e os hábitos das pessoas também. Com isso, pequenas gentilezas e o ato de ajudar ao próximo se tornaram essenciais durante a quarentena. “A questão da solidariedade neste período é de fundamental importância. A gente parte do princípio que o ser humano só existe para o outro e com o outro. Então, se sentir útil faz com que as pessoas tenham mais energia, mais motivação e que desenvolva um sentimento mais empático, principalmente para a atualidade”, comenta a psicóloga Jacqueline Caldeira, professora e coordenadora da clínica de Psicologia da Universidade Tiradentes.

“Este momento requer a compreensão de novos tempos, nova forma de vida, porque foi uma surpresa para todos. É um período que estamos vivenciando e que mexeu com tudo, economia, costumes, saúde física e, consequentemente, a saúde emocional”, acrescenta.

Para a especialista, atitudes positivas e iniciativas solidárias, como ajudar um vizinho ou ligar para um familiar ou colega, podem amenizar a carga psicológica durante a quarentena. “Sempre trago a importância de manter as suas relações. Não dá para zerar tudo e esperar a pandemia passar e depois reconstruir os laços. O importante é que você mantenha o contato e vínculo afetivo com pessoas que fazem parte da sua vida, mesmo de maneira virtual, seja por e-mail, mensagem ou até mesmo uma ligação”, enfatiza.

“Temos visto bastante ações de pessoas que se dispõem a ajudar os grupos de risco, por exemplo. A questão da solidariedade também vai muito além das doações físicas e financeiras. Mensagens afetuosas, estar solidário em ouvir o outro, traz resultados positivos, torna o dia mais brilhante e sublime e fará com saiba agir melhor com suas emoções”, complementa a psicóloga.

De acordo com Jacqueline, a possibilidade em ajudar ao outro traz, acima de tudo, a oportunidade de ajudar a si próprio. “O empenho energético e emocional faz com que a ansiedade diminua e tudo isso se transforme em um ato rotineiro, trazendo benefícios e equilíbrio do comportamento”, afirma.

“Muito provavelmente, todos sairemos mais generosos, mais empáticos, valorizando e dando ênfase ao que não fazíamos antes com um olhar mais panorâmico para nossa família, nossas amizades e condições profissionais. Esse momento coletivo faz com que o ser humano tenha a chance de se tornar ainda melhor. Nunca se viveu e ninguém esperava passar por um momento como este, e isso pode ser um agente de transformação na vida de todas as pessoas”, finaliza.

Atendimento psicológico na quarentena

Com o objetivo de fornecer apoio psicológico durante a quarentena, a Clínica de Psicologia da Unit disponibilizará, ainda este mês e de forma gratuita, atendimentos on-line com estudantes do curso e supervisão de professores. A psicoterapia será voltada para os colaboradores da instituição de ensino e comunidade de forma geral.

Os agendamentos serão realizados pelo e-mail clinicapsiunit@hotmail.com ou pelo telefone 9.8107-9590.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Unit
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais