Cirurgias plásticas: médico cita principais cuidados pós-operatórios

0
Pacientes devem seguir orientações dos médicos (Foto: Freepik)

Não dá para negar os excelentes resultados das cirurgias plásticas. Mas para garantir a satisfação, o paciente precisa seguir à risca todas as recomendações médicas. As dicas são simples, mas não seguí-las pode prejudicar a cicatrização. Tiramos todas as nossas dúvidas com o cirurgião plástico, Ricardo Araújo. Confira!

Portal Infonet – Quais as cirurgias plásticas mais comuns? Quais aquelas que exigem mais cuidados no pós-operatório?

Ricardo Araújo: No meu caso, as cirurgias mais comuns são prótese de mama, lipoaspiração, cirurgia de calvície e abdominoplastia. Aquelas que exigem mais cuidados são a abdominoplastia e a mamoplastia redutora por possuírem cicatrizes maiores.

Infonet: Em geral, quais as restrições alimentares no pós-operatório. Quais os riscos de não cumprir essas recomendações?

Ricardo Araújo: Existem diversas crendices e mitos, como não comer carne de porco, ovo, presunto, coentro. Mas o que de fato é baseado em literatura é que mariscos são inflamatórios. Então, pedimos para não comê-los durante 60 dias após a cirurgia. Também orientamos a beber muito líquidos para diminuir o edema de pós-operatório.

Infonet: Os cuidados são maiores no caso de pessoas que têm diabetes ou pressão alta e fizeram algum tipo de procedimento estético?

Ricardo Araújo: Pacientes diabéticos e hipertensos precisam está com suas patologias bastante controladas para realizarem suas cirurgias. Caso contrário, correm risco de sofrer com hematomas, abertura de cicatrizes e infeções.

Infonet – Porque em alguns casos são necessárias massagens ou drenagens? O uso de cinta também é necessário?

Ricardo Araújo: Nas cirurgias que têm grandes descolamentos de tecidos, como lipoaspiração e abdominoplastia, esses procedimentos são fundamentais e inclusive fazem parte do tratamento. As cintas são obrigatórias para a pele reduzir o edema mais rápido e recair melhor, inclusive a cinta vai sendo apertada com o passar dos dias.

Infonet – A depender da cirurgia, também são necessários “cuidados emocionais”, ou seja, acompanhamento psicológico?

Ricardo Araújo: Qualquer cirurgia pode levar o paciente, principalmente na primeira semana, a um estado de fragilidade e ate depressão ou de arrependimento. Mas esse sentimento passa normalmente após a primeira semana sem a necessidade de acompanhamento psicológico.

Infonet: Quais são os principais cuidados com a cicatrização e com os curativos?

Ricardo Araújo: No caso das mamas, o principal cuidado é não movimento muito os braços. No caso do abdome, é manter-se abaixado para não tensionar a cicatriz e ela abrir. Atualmente, não uso curativo, mas uma cola que mantenho por 25 a 30 dias. Isso facilita, pois o paciente pode tomar banho sempre que quiser e molhar a incisão. Após esse tempo, utilizamos pomadas clareadoras.

 

Comentários