Com 28 óbitos, Santos Dumont segue no auge da contaminação da Covid

0
Bairro preocupa e número de óbitos é considerado alto (Foto: Divulgação/UFS)

O monitoramento de casos da Covid-19 no bairro Santos Dumont, na Zona Norte de Aracaju, tem recebido uma atenção especial, nos últimos dias, pelo cenário de avanço da doença entre sua população. Apesar de não ser o território com mais casos da Covid-19, na capital, o Santos Dumont é disparado o bairro com mais óbitos provocados pela doença. Já 1.237 casos de infecções e 28 mortes registradas. Há, ainda, 16 pessoas do bairro internadas em leitos hospitalares, na luta contra a Covid-19.

A preocupação já havia sido levantada há uma semana, através de avaliação período da Secretaria Municipal de Saúde. Junto com o bairro Soledade, o Santos Dumont apresentou mais crescimento de casos num intervalo de 15 dias: foram 387 novos registros. Segundo a SMS, o monitoramento de casos foi reforçado na região, através do programa Aracaju pela Vida, do acompanhamento das equipes de saúde da família junto as pessoas infectadas e orientação sobre distanciamento e necessidade do uso de máscaras.

Depois do Santos Dumont, os bairros que mais apresentam óbitos, até o momento, são o 18 do Forte e São Conrado, com 15 óbitos cada.

Os bairros Farolândia e Jabotiana, da Zona Sul de Aracaju, continuam como líderes de casos da doença. São 2.042 casos e 14 mortes na Farolândia; e 1633 casos e 12 mortes no Jabotiana. Aracaju tem, em sua totalidade, 28,7 mil casos registrados, 544 óbitos e 17,8 mil recuperados.

Por Ícaro Novaes

Comentários