Covid-19: Aracaju pela Vida já realizou 2,8 mil visitas domiciliares

0
O programa já realizou 2.842 atendimentos, 324 testes rápidos e 812 coletas RT-PCR. (Foto: Marcelle Cristinne/PMA)

Implementado pela Prefeitura de Aracaju e executado pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) há nove meses, o programa ‘Aracaju pela Vida’ já realizou 2.842 atendimentos, 324 testes rápidos e 812 coletas RT-PCR. Nesse período, nove pessoas necessitaram ser encaminhadas para internamento.

Os pacientes assistidos pelo ‘Aracaju pela Vida’ são selecionados a partir do MonitorAju. De acordo com a coordenadora do programa, Sindaya Belfort, são usuários que já foram atendidos e estão cumprindo isolamento domiciliar com exames confirmados ou suspeitos de infecção pela covid-19 e com riscos de agravamento, como idosos ou pessoas com algum tipo de comorbidade.
“O programa é composto por oito equipes multiprofissionais, formadas por médico, enfermeiro e agente de saúde local. As equipes realizam as visitas de segunda a sexta-feira, no horário das 7h às 17h, no mesmo expediente das Unidades Básicas de Saúde. Não existe um quantitativo fixo de atendimentos, visto que depende da localidade e de pacientes que lá residem, mas as equipes realizam entre 12 e 15 atendimentos por turno”, destaca.
Busca ativa
O Aracaju pela Vida é uma busca ativa por pessoas infectadas, porque o risco de contaminação seria maior se essas pessoas saíssem de suas casas para as unidades de saúde.
“Com o programa, a gente consegue expor menos pessoas contaminadas nas ruas, ocasionando uma menor probabilidade de o vírus circular. O nosso objetivo é reduzir ao máximo o número de complicações por covid-19 e consequentemente a necessidade de internamento”, afirma Sindaya.
Cuidados básicos
A coordenadora chama a atenção para a importância das pessoas se conscientizarem no sentido de evitar aglomerações, respeitar o distanciamento social e o mais importante: cumprir a quarentena em casa.
“Queremos reforçar a importância do isolamento domiciliar. As pessoas estão circulando muito nas ruas, inclusive, pessoas que testaram positivo e isso é um risco muito grande. Pode não ser um risco para a pessoa que é, em tese, mais jovem ou que não tem comorbidades, mas é perigoso para outras pessoas. Não se deve pensar individualmente, mas coletivamente, respeitando distanciamento social e utilizando máscara, além de cumprir o período de quarentena”, conclui.
Atendimento Covid
Desde o início da pandemia, a Prefeitura vem atuando para fortalecer a rede de assistência à população. Atualmente, a Secretaria Municipal da Saúde dispõe de quatro Unidades Básicas de Saúde exclusivas para síndrome gripal, com atendimento de domingo a domingo, das 7h às 19h, que são as UBS: Onésimo Pinto (Jardim Centenário), Geraldo Magela (Orlando Dantas), Ministro Costa Cavalcante (Inácio Barbosa) e José Machado (Santos Dumont).
Casos mais graves podem receber atendimento nas portas de urgência e emergência das Unidades de Pronto Atendimento Fernando Franco (zona Sul) e Nestor Piva (zona Norte), que contam com contêineres instalados para atendimento exclusivo 24h.
Vacinação 
O Programa Aracaju pela Vida também está realizando a vacinação dos idosos acamados com 90 anos ou mais que não possuem vínculo com a Unidade Básica de Saúde. Até o momento, dos idosos acamados cadastrados pelo site da Prefeitura, 37 foram incluídos no cronograma de vacinação pelo Programa Aracaju pela Vida.

Fonte: Prefeitura Municipal de Aracaju

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais