Cremese identifica problemas de escala na área de urologia do Huse

0
De acordo com o Cremese faltam encontradas irregularidades nas escalas médicas (Foto: Ascom/SES)

O Conselho Regional de Medicina de Sergipe (Cremese) deu prazo de 30 dias para que o Hospital de Urgência Governador João Alves Filho (HUSE) ajuste as escalas médicas da área de urologia. O descumprimento pode acarretar na interdição ética do trabalho dos profissionais.

A vistoria do Cremese no Huse aconteceu no último dia 19 e, na ocasião, foram constatadas irregularidades para o desempenho do trabalho médico na especialidade de urologia, no que diz respeito as escalas médicas que apontam falta de profissionais.

O Cremese informou que a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e o Ministério Público de Sergipe (MPSE) receberam cópia do relatório da vistoria e foram informados da possibilidade de interdição ética, caso o Huse não resolva as pendências dentro de 30 dias.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que alguns dos pontos levantados na inspeção do Conselho e apresentados à pasta, já estão sendo solucionados.

Por Karla Pinheiro

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais