Dia “D” mobiliza crianças e jovens para vacinação contra o sarampo

0
Dia “D” ocorreu neste sábado, 15 (Foto: arquivo SMS)
Movimento foi intenso na unidade Dona Sinhazinha

Todas as Unidades Básicas de Saúde de Aracaju abriram na manhã deste sábado, 15, para o dia “D” de vacinação contra o sarampo, que neste fase visa imunizar pessoas com idade entre 5 e 19 anos. Por ser uma mobilização nacional, os postos de saúde costumam registrar um movimento intenso.

Foi o caso da Unidade Dona Sinhazinha, que fica na avenida Hermes Fontes, onde até às 11h, pelo menos 100 pessoas haviam sido vacinadas. “Por ser um local estratégico e conhecido pelas campanhas de vacinação, a unidade costuma receber muitas pessoas no dia D. Trata-se de  um dia específico para que a população dê uma atenção especial à vacinação e venha à unidade de saúde no sábado, quando não tem escola ou trabalho, para fazer a imunização contra o sarampo”, explica Priscila Costa, que é gerente da unidade de saúde.

Dia “D” também atendeu pessoas em busca de atualização na vacinação

Apesar de estar focado na imunização de pessoas entre 5 e 19 anos, o dia “D” também atendeu pessoas que necessitavam de atualização na caderneta de vacinação. Quem não pôde ir hoje aos postos, pode se vacinar durante a semana. “As pessoas com idade entre 1 e 49 anos que estão com o cartão de vacinação desatualizado podem se imunizar durante a semana nos postos de saúdes, que em sua maioria, funcionam das 7h30 às 16h30″, explica a coordenadora de Imunização da SMS, Ilziney Simões.

Ilziney orienta que as pessoas mantenham a caderneta da criação ou cartão de vacinação em local seguro, evitando perdas. “Trata-se de um documento para a vida toda. Várias vacinas na fase adulta podem ser evitadas se no cartão de vacinação constar a aplicação das doses na fase infantil. Se a pessoa perde seu cartão, ela vai ter que iniciar a vacinação novamente, pois entendemos que se não há registro, não houve imunização”, completa.

Campanha de vacinação

A campanha de vacinação segue até o dia 13 de março, conforme calendário do Ministério da Saúde, quando a meta em todo o país é vacinar 3 milhões de pessoas na faixa etária de 5 a 19 anos. O grande objetivo é conter o avanço de casos e óbitos pela doença.

Dados da doença

Em 2019, Aracaju teve seis casos notificados, quatro casos descartados e dois confirmados. Destes, um dos pacientes não era residente no Estado.

por Verlane Estácio

 

Comentários