Em parceria com SMS, 43 servidores do IML são imunizados contra Covid

0
A vacinação aconteceu em parceria com o Programa de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, na sede do IML. (Foto: SSP/SE)

Os profissionais do Instituto Médico Legal (IML) também fazem parte do grupo prioritário da vacinação contra a Covid-19 em Sergipe, já que, nas suas atividades diárias, estão em contato direto com corpos que tiveram causa da morte identificada como decorrente do coronavírus.

Assim, na manhã desta quarta-feira, 27, estão sendo imunizados 43 servidores da instituição. A imunização ocorreu mediante a apresentação da carteira funcional e número do cartão SUS.

A vacinação aconteceu em parceria com o Programa de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, na sede do IML, em Aracaju. O diretor do Instituto Médico Legal, Vitor Barros, destacou que a imunização é fundamental para os servidores da instituição, já que há proximidade com os corpos das vítimas tanto de casos leves, quanto de ocorrências graves da Covid-19.

“A vacinação vem num bom momento. E nossos profissionais atuam na linha de frente fazendo o transporte de corpos com diagnóstico confirmado de Covid-19. Vale lembrar que as vítimas incluem também casos graves da doença. Esse transporte e exames nos corpos levam a um grande risco biológico. Agradeço à Secretaria Municipal de Saúde, que foi sensível ao nosso pleito, e concedeu a vacinação a esses profissionais que estão na linha de frente”, enfatizou.

Os grupos prioritários estão sendo eleitos pelos membros do Programa de Imunização, e apenas eles estão sendo vacinados, já que o quantitativo de vacinas desse primeiro lote é bastante limitado. Dentre os servidores que estão sendo imunizados contra a Covid-19 estão os técnicos de necropsia, técnicos de radiologia médica, chefes de plantão, peritos, médicos e odontolegistas.

A secretária municipal de saúde de Aracaju, Vaneska Barbosa, esteve presente na vacinação dos servidores do IML e destacou que a segunda dose também está assegurada para os profissionais da linha de frente, inclusive do IML. “A segunda dose está garantida para todos aqueles profissionais que tiveram essa primeira dose. A adesão tem sido muito boa. O que nos move é fortalecer ainda mais os critérios estabelecidos”, complementou.

O primeiro funcionário do IML a ser vacinado contra a Covid-19 foi o agente de necropsia George Fernandes. Ele reiterou a necessidade do imunizante para os profissionais do Instituto Médico Legal diante da chegada de corpos de vítimas do coronavírus. “Enfrentamos diversos desafios, principalmente na questão de contato com corpos contaminados. A Secretaria Municipal de Saúde nos gratificou em fornecer a vacina, visto que laboramos diariamente próximo a esse vírus”, assinalou.

Fonte: SSP/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais