Equipe observa aumento de casos da Covid-19 em São Cristóvão

0
Os dados do Boletim Epidemiológico apontam um aumento da curva de incidência e média móvel de casos novos. (Foto: Ascom/SMS)

A equipe de investigação e monitoramento de São Cristóvão observou um aumento significativo de casos da COVID-19 no município nos últimos dias. Os dados do Boletim Epidemiológico apontam um aumento da curva de incidência e média móvel de casos novos, que registrou somente nesta última semana um total de 172 casos novos da doença. Este número se iguala ao que foi registrado no pico da pandemia na cidade, no mês de junho, quando o município também registrou 172 casos.

Pelo gráfico observamos que houve no mês de julho uma semana (06 a 12/07) com 199 casos novos no município, entretanto, esse número não reflete o pico da pandemia, tendo em vista que este dado representa um resultado de demanda reprimida do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) naquela semana.

Segundo o Gerente de Epidemiologia e Informação em Saúde de São Cristóvão, José Marcos Santos, “São Cristóvão registrou o pico da pandemia na primeira onda da COVID-19 entre 15 e 21 de junho de 2020. Seguindo com padrão de redução nas curvas epidemiológicas de casos novos até 13 de setembro e, a partir desta data, observou-se estabilização nestes indicadores. Entretanto, nas duas últimas semanas avaliadas, foram registrados novos aumentos significativos na média móvel de casos novos e na taxa de incidência da COVID-19 no município”, alerta.

Diversas medidas de contenção do vírus, que foram adotadas na cidade desde o início da pandemia, agora estão sendo reforçadas junto à população. Entre elas, a conscientização da população quanto às formas de prevenção, a adoção do isolamento social, a testagem das pessoas com sintomas gripais e contatos de casos confirmados junto ao monitoramento destes casos.

Monitoramento dos casos

A secretaria de saúde do município adotou recentemente uma nova estratégia de investigação, identificação e acompanhamento de pessoas que tiveram contato com casos positivos, através de uma política de rastreamento dos contatos.

O monitoramento é realizado por telefone ou busca ativa dos casos confirmados (pessoas que positivaram para COVID-19), suspeitos (pessoas com sintomas da COVID-19) e contatos de casos confirmados (pessoas que tiveram contato próximo com caso confirmado durante seu período de transmissibilidade viral, ou seja, entre 02 dias antes ou até 10 dias depois da data de início dos sintomas, se sintomático, ou da data da coleta, se assintomático). Essa medida de rastreio torna eficaz a identificação dos contatos com casos ativos da COVID-19, pois todas as pessoas identificadas que tiveram contato com casos positivos da doença são monitoradas diariamente pela equipe da secretaria de saúde e encaminhadas para testagem. O objetivo maior é orientar e testar através do exame de RT PCR essas pessoas e assim interromper a cadeia de transmissão do vírus, controlando a pandemia a nível local.

Segundo a Coordenadora da Equipe de Investigação e Monitoramento de São Cristóvão, Duanne Marcelle,  “o monitoramento dos contatos é de fundamental importância para informar à população acerca dos cuidados e prevenção à COVID-19. Além disso, eles são orientados quanto ao tempo de isolamento adequado para evitar a propagação do vírus, no caso dos sintomáticos e assintomáticos”.

Além disso, a equipe realiza as orientações necessárias acerca do isolamento domiciliar, as medidas de prevenção contra a transmissibilidade do vírus e sobre a atenção que deve ser redobrada quanto aos sintomas que possam surgir.

É considerado “contato” para o monitoramento qualquer pessoa que esteve em contato próximo a um caso confirmado da COVID-19. Nesse contexto, considera-se contato próximo todos os que estiveram a menos de um metro de distância, por pelo menos 15 minutos, ou teve um contato físico direto, como um aperto de mãos, com um caso confirmado. Também é considerado contato próximo o profissional de saúde que teve contato com casos positivos sem os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e as pessoas que moram com pessoas positivadas. Para mais informações, a população pode acionar o número WhatsApp (79) 99883-6201 da secretaria de saúde para tirar dúvidas sobre o novo coronavírus.

Fonte: Ascom/Prefeitura de São Cristovão

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais