Governo leva carros-fumacê aos municípios com alto risco para dengue

0
A ação irá acontecer simultaneamente em Glória, Siriri e Salgado durante quatro semanas (Foto: SES)

A partir da próxima segunda-feira, 27, carros-fumacê da Secretaria de Estado da Saúde (SES) estarão atuando em três dos quatro municípios apontados como de alto risco para dengue pelo Levantamento Rápido de Infestação do Aedes Aegypti (LIRAa), realizado na semana de 6 a 10 deste mês. Em um ciclo de quatro semanas, inseticida será lançado em áreas urbana e rural dos municípios de Nossa Senhora da Glória, Siriri e Salgado, com o objetivo de matar o mosquito em sua fase adulta.

O quarto município, Simão Dias, ficou de fora da atual programação por ter sido recentemente contemplado com a estratégia do fumacê, que exige um tempo de seis meses para a sua reaplicação. A ação irá acontecer simultaneamente nos três municípios durante quatro semanas, segundo informou a gerente do Núcleo de Endemias da Secretaria de Estado da Saúde, Sidney Sá, acrescentando que s carros-fumacê atuarão a partir da madrugada, das cinco às sete horas, e no final da tarde, das 17 às 19h.

“É claro que apenas a aplicação do carro-fumacê não vai conter o avanço dos casos e da circulação do vetor. Por isso é importante que, simultaneamente à aplicação do inseticida, os gestores municipais continuem a exercer o trabalho de intensificação nas áreas de maior risco junto com os seus agentes, considerando que o fumacê  só atinge o mosquito na fase adulta. Se trabalhamos as duas fases, adulta e larva, deixaremos de ter ou diminuiremos expressivamente a presença do vetor no território, porque nosso objetivo é o controle do Aedes”, alertou Sidney Sá.

Ela informou que os três municípios receberão também a partir da próxima segunda-feira, 27,  a Brigada Itinerante de Combate à Dengue, que vai atuar junto à população, visitando os domicílios com a missão educativa no que diz respeito aos cuidados domésticos preventivos, e com a função de identificar e eliminar os criadouros do mosquito.

Cuidados

Sidney Sá acha importante alertar as famílias para que não deixem suas crianças nas ruas durante a atuação dos carros-fumacê para evitar que elas corram atrás dos veículos, desse modo evitando acidentes e incidentes, considerando que o inseticida é um veneno. “Pedimos ainda às famílias que deixem portas e janelas abertas no momento da passagem do fumacê para que possamos alcançar o maior número possível de Aedes”, concluiu.

Fonte: SES

Comentários