Hospital Unimed encontra dificuldades para abrir novos leitos de UTI

0
Situação do hospital é de alerta máximo, segundo o comunicado (Foto: divulgação/ Unimed Sergipe)

Em comunicado oficial emitido neste sábado, 6, o Hospital Unimed diz estar com dificuldades para abrir novos leitos de UTI para tratar pacientes diagnosticados com o novo coronavírus (Covid-19). Segundo a unidade hospitalar, o sistema de saúde está em alerta máximo, ou seja, passando por momento crítico, o que vem dificultando a adesão de novos leitos devido à escassez de recursos humanos e por vezes insumos.

“A Unimed Sergipe informa que o Hospital Unimed, funciona, neste momento, em estado de alerta máximo devido ao aumento expressivo dos casos da Covid e, consequentemente, da ocupação dos seus leitos. Há mais de uma semana foram suspensas as cirurgias eletivas”, diz o texto inicial do comunicado.

Ainda segundo o Hospital, apesar do momento mais crítico, a cooperativa reafirma o compromisso com a sociedade sergipana e continuará atuando incansavelmente para salvar vidas e atender às necessidades de todos os clientes. “O corpo clínico e técnico está indo à exaustão mas manterá a dedicação e priorização da assistência aos usuários enfrentando todas as barreiras. A cooperativa pede a colaboração de todos neste momento, pois é a ajuda necessária para vencer este inimigo”, salienta

Por fim, o Hospital Unimed finaliza pedindo a compreensão dos seus clientes e clama por conscientização por parte da população que deve seguir as recomendações dos órgãos de vigilância sanitária, “principalmente no que se refere ao uso de máscaras, distanciamento social e uso de álcool em gel”, conclui o comunicado.

por João Paulo Schneider 

Com informações da Unimed Sergipe

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais