Lacen fará sequenciamento genômico de amostras de covid-19 em SE

0
A previsão do Lacen é que o sequenciamento comece em janeiro do ano que vem (Foto: Ascom/SES)

Um novo equipamento capaz de fazer o sequenciamento genômico de amostras de covid-19 será instalado nesta quinta-feira, 21, no Laboratório Central de Saúde Pública de Sergipe Lacen).

Com o novo equipamento, Sergipe começará a fazer o sequenciamento genômico a partir de janeiro de 2022, não sendo mais necessário enviar amostras para a Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro.

“A instalação será feita nesta quinta-feira, 21, mas só começaremos a fazer os sequenciamentos aqui em Sergipe em janeiro do próximo ano, porque estamos aguardando a chegada de materiais e insumos. Até o final do ano, as amostras continuam sendo enviadas para a Fiocruz”, explica Cliomar Alves, superintendente do Lacen.

Além de fazer a análise de amostras da covid-19, que identifica as variantes do vírus, o novo equipamento irá possibilitar a análise de amostras de outras doenças. “ Com esse equipamento, vamos conseguir selecionar as amostras que serão analisadas e o tempo resposta será bem menor, além de podermos sequenciar amostras de outras doenças, a exemplo da dengue e da influenza. Os benefícios são muito positivos”, destaca.

Treinamento

Cliomar explica que os exames mais complexos dentro do laboratório serão realizados nesse equipamento e que, por causa disso, é necessário que profissionais do Lacen passem por treinamento específico para manuseio do equipamento. “Dois biomédicos foram para Minas Gerais fazer o treinamento de bioinformática e farão outros treinamentos, a cada 15 dias, até o final da implantação do equipamento”, conta.

Por Karla Pinheiro

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais