Maio Amarelo: SES chama atenção para os acidentes no trânsito

0
O intuito é enraizar as boas condutas para reduzir o número de acidentes. (Foto: Ascom/SES)

O Maio Amarelo é o mês de intensificação das ações voltadas à prevenção de acidentes no trânsito, e tem como propósito chamar atenção para os altos índices de mortes e feridos. Decretado pela Organização das Nações Unidas (ONU), a campanha  mundial acontece desde 2011. Este ano com o tema central ‘Respeito e responsabilidade:  pratique no trânsito’, o intuito, mais uma vez, é enraizar as boas condutas para reduzir o número de acidentes.

A referência técnica de Vigilância e Prevenção de Violência e Acidentes da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Karla Anacleto, conta que a  abertura da campanha no Estado foi realizada no dia 03 de maio e contou com os órgãos de trânsito de Sergipe. “O mês é extremamente importante para expandir o diálogo sobre a necessidade de respeitar as leis de trânsito. A má conduta ao dirigir impacta diretamente nas vidas das pessoas”, disse.

Nesse sentido, a referência técnica chama atenção para um fato, em Sergipe, dados coletados pelo Programa Vida no Trânsito, do setor de Vigilância Epidemiológica da SES, apontam que em 2020, ao total 416 pessoas foram a óbito vítimas de acidentes no trânsito, desse percentual, 91% foram homens. “É um  quantitativo exorbitante, isso se dá pelas condutas de riscos que alguns homens adotam, como a velocidade excessiva, beber e dirigir, que são os fatores  de riscos trabalhados em todo o país”, enfatiza.

O grupo de vítimas que mais morrem em acidente de trânsito são os jovens, de 20 a 39 anos, que geralmente são economicamente ativos. “Além do impacto emocional, muitas vezes a família depende financeiramente desse jovem. Também tem casos em que o jovem que sofreu o acidente fica  impossibilitado de desenvolver as atividades, às vezes fica parado em média um ano, sem poder trabalhar”, conclui.

Ações 

Para conscientizar a população  a SES vem realizando durante o ano, ações junto aos municípios. “Sempre estamos em diálogo com os municípios sobre os índices. Este ano estreitamos laços  com  os municípios do interior, através das regiões de saúde. Fizemos  um grupo para planejar ações e sensibilizar  a população do Estado inteiro. Entregamos material educativo para os municípios desenvolverem ações educativa”, disse.

A SES por meio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), realiza o projeto ‘Amigo do Samu’, e atua através de blitz educativas, com a finalidade de manter um contato direto com os condutores e conscientizá-los em relação às leis de trânsito. Inclusive  no dia 19 deste mês, o Samu e a Vigilância Epidemiológica vão realizar uma ação, com adesivagem de veículos e entrega de material informativo para  chamar a atenção das pessoas sobre o assunto.

Fonte: Ascom/SES

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais