Pais correm aos postos em dia ‘extra’ de vacinação contra sarampo

0
Crianças foram vacinadas na manhã deste sábado, dia extra de vacinação (Fotos: Portal Infonet)

O planejamento inicial era de que a campanha de vacinação contra o sarampo e poliomielite terminasse na última sexta-feira, 31. Mas, como a meta estimada pelo Ministério da Saúde e Secretaria Municipal de Saúde (SMS) não foi atingida, a campanha já deu o primeiro indício de que pode ser estendida. O último levantamento da SMS apontou que 7.500 crianças entre 1 a 5 anos ainda não haviam recebido a imunização. Neste sábado, 1º, três unidades de saúde funcionaram até as 12h especificamente para aplicação da vacinas: o posto Sinhazinha, no bairro Grageru; José Machado de Souza, no Santos Dumont; e Oswaldo Leite, no Santa Maria.

A Camila aproveitou a oportunidade deste sábado para levar o filho ao posto Sinhazinha. “Nós estávamos viajando e perdemos o prazo. Mas hoje deu para trazer ele (o filho)”, afirmou. Pesou na decisão da mãe a preocupação com as suspeitas de casos de sarampo em Sergipe. “As crianças são frágeis. A gente fica preocupado e por isso foi importante vir”, frisou.

Maíra sobre extensão da campanha: vamos aguardar posição da SMS

A estimativa do Ministério da Saúde, para todo país, era vacinar pelo menos 95% do público-alvo. Em Sergipe, apenas 72% do público específico foi atingido. A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) ainda não se manifestou sobre a extensão da campanha ou disponibilidade das vacinas a partir da próxima semana.

Maíra Nascimento, gerente da unidade de saúde Sinhazinha, reforçou o empenho das equipes de saúde durante a campanha. “Tivemos o dia D no dia 18 de agosto, estendemos o horário nos dias 23 e 24. sempre no intuito de bater a meta. É o que esperamos também com esse dia de hoje. Depois aguardaremos novos encaminhamentos da Secretaria (de Saúde)”, afirmou a profissional.

Por Ícaro Novaes

Comentários