Pais protestam contra plano de saúde que nega assistência a bebê

0
Protesto chama a atenção de transeuntes na Francisco Porto (Foto: Grupo WhatsApp JP&Ana)

Os pais de Analu, um bebê de apenas sete meses de vida que necessita de um transplante de fígado, e amigos da família realizaram um protesto no início da tarde desta quarta-feira, 18, na porta do plano de saúde Plamed, que chamou a atenção das pessoas que passaram pela avenida Francisco Porto, em Aracaju. De acordo com a cabeleira Jaqueline Oliveira, mãe da criança, o bebê nasceu com uma má formação no coração e há três meses está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de uma unidade de saúde credenciada pela Plamed.

No entanto, devido à medicação, conforme relatos da cabeleireira, a criança desenvolveu um outro problema que afetou o fígado. “Ela desenvolveu uma cirrose e necessita de um transplante de fígado, serviço que não existe aqui no Estado de Sergipe”, diz. Diante desse quadro, a família está tentando vaga em hospital que disponibilize este tipo de atendimento em outro Estado, mas o plano de saúde nega a prestação do atendimento, informando que o serviço é disponibilizado em Sergipe, segundo a mãe da criança. “A Plamed diz que a rede daqui dispõe de serviços que atende, mas é mentira. Sergipe não faz transplante de fígado”, revela.

Apoio

Os pais estão buscando apoio em diversos segmentos, inclusive já estão dispostos a judicializar a questão. Segundo Jaqueline Oliveira, a Secretaria de Estado da Saúde já disponibilizou transporte aéreo para amparar a paciente e está procurando vaga em hospitais em outros Estados, mas a família fica impossibilitada de prosseguir com essa tentativa porque a Plamed não libera a paciente. “Ou o plano de saúde assume esse tratamento ou diz que não tem condição e larga tudo para o Estado poder assumir”, comenta a cabeleireira.

O grupo tentou chamar a atenção dos dirigentes do plano de saúde, mas não obtiveram êxito. “Não fomos atendidos”, diz Jaqueline. “Queríamos uma negociação, mas ninguém apareceu para nos receber”, comenta.

O Portal Infonet tentou ouvir a direção do plano de saúde. A assessoria de marketing informou que os diretores estariam em reunião e que ainda nesta quarta-feira, 18, se manifestariam sobre a questão. O Portal Infonet permanece à disposição. Informações podem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

por Cassia Santana

Comentários