Pediatria do Huse atenderá casos prioritários de alta complexidade

0
Atendimento passa a ocorrer dia 5 de novembro (Foto: arquivo/SES)

A partir do dia 5 de novembro, a Pediatria do Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse) passará a atender prioritariamente pacientes regulados pelo SAMU ou pela Central de Regulação de Leitos, oriundos de hospitais e UPAs de todo estado. A mudança de funcionamento se dará com o início das atividades no Hospital da Criança Drº José Machado de Souza, inaugurado pelo Governo do Estado, no dia 25 de outubro.

“O Huse é uma unidade de atendimento terciário que recebe pacientes de alta complexidade e a partir do momento que o Hospital da Criança estiver funcionando, o paciente pediátrico que for direcionado ao Huse, deverá vir regulado de outra unidade hospitalar de menor complexidade. Nós iremos acolher os pacientes que chegarem e caso eles não se enquadrem no quadro grave, os mesmos serão redirecionados a uma das outras unidades de porta aberta para atendimento pediátrico”, explicou a coordenadora da Pediatria do Huse, Christianne Barreto.

O Hospital da Criança chega para reforçar a Rede de Assistência Pediátrica no Estado, vai atuar junto com outras unidades hospitalares para garantir, cada vez mais, o direito fundamental à saúde para as crianças sergipanas.  A Unidade Hospitalar funcionará de forma ininterrupta, 24h por dia, sete dias por semana e será referência em atendimento de baixa e média complexidade e sua implantação objetiva ampliar a oferta de leitos por demandas espontâneas e referenciadas de urgências pediátricas, nas especialidades clínicas e cirúrgicas.

Atualmente, a Pediatria do Huse, que atenderá, em breve, apenas casos de alta complexidade, funciona seguindo a classificação do Protocolo de Manchester que classifica o risco dos pacientes em Vermelho, Laranja, Amarelo, Verde ou Azul. “Com o início do atendimento no Hospital da Criança, a Pediatria do Huse ficará responsável pelo atendimento dos pacientes classificados como Vermelho e Laranja, já os pacientes classificados como Amarelo, Verde e Azul devem procurar a Unidade de Pronto Atendimento Fernando Franco (localizado no Augusto Franco), o Hospital Santa Isabel e o Hospital da Criança. Para os usuários que residem fora de Aracaju, esses devem buscar assistência nos Hospitais Regionais ou nas UPAs do seu município de origem”, pontuou Christianne Barreto.

A Pediatria do Huse atende cerca de 15 mil usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e, com o início do funcionamento do Hospital da Criança Drº José Machado de Souza, a pediatria passará por algumas adequações em seu Pronto Socorro, ampliando o número de leitos críticos, para o qual será destinado o seu público. As unidades críticas contam com 6 leitos na Amarela e 7 na Vermelha, com o novo fluxo a unidade passará a ter 20 leitos (10 para Vermelha e 10 para Amarela).

Classificação de Risco

Classificação de Risco é um procedimento onde a criança acompanhada será avaliada por um enfermeiro que, baseado em um protocolo científico dos sinais e sintomas que a criança está apresentando, determinará a prioridade de atendimento em uma escala de cores. A Pediatria do Huse atende exclusivamente crianças classificadas como Vermelha ou Laranja e que sejam referenciadas de outro serviço pediátrico do estado de Sergipe.

A Escala de Manchester funciona da seguinte forma: Vermelha é destinado para pacientes da emergência, neste caso o paciente necessita de atendimento imediato (regulado para o Huse); Laranja é destinado para paciente de extrema urgência, necessitando de atendimento o mais rápido possível (regulado para o Huse); Amarela é destinada para paciente urgente, não é considerado uma emergência já que possui condições clínicas de aguardar (Hospital da Criança ou Santa Isabel); Verde é destinado para paciente pouco urgente, casos menos graves que exige atendimento médico, mas pode ser assistido ambulatorialmente na unidade básica (Hospital da Criança, Hospital Santa Isabel, UPA Fernando Franco); Azul é destinado para paciente não urgente (Hospital da Criança, Hospital Santa Isabel, UPA Fernando Franco).

Fonte: SES

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais