PMA explica importância de tomar a 2ª dose da vacina contra covid-19

0
(Foto: Marcelle Cristinne)

As duas vacinas aplicadas no país, a CoronaVac e a AstraZeneca, necessitam de duas aplicações para que a pessoa vacinada tenha a imunidade garantida às variações do novo coronavírus.

Neste sentido, a Prefeitura de Aracaju tem disponibilizado toda a estrutura necessária para facilitar o acesso dos vacinados à segunda dose (D2), além de alertar sobre a necessidade de se vacinar novamente após o prazo de cada imunizante.

O primeiro cuidado a ser tomado é a atenção quanto às datas de retorno para cada tipo de vacina, pois não tomar a segunda dose dentro do prazo recomendado pode comprometer a eficácia, fazendo com que a pessoa que tomou a primeira dose (D1) continue vulnerável ao vírus.

O ciclo de vacinação da D2 de CoronaVac vai de 21 a 28 dias após a D1. Já o da AstraZeneca é de três meses. Apenas após essas etapas, o corpo da pessoa vacinada duas vezes produzirá a quantidade de anticorpos suficiente para garantir a imunidade.

“É a segunda dose que aumenta a imunidade, que assegura que a eficácia garantida pelos fabricantes aconteça. É importante que a população tenha essa consciência, pois a pandemia só começará, de fato, a ser controlada quando a maior parte da população estiver vacinada com a segunda dose da vacina”, alerta a secretária da Saúde de Aracaju, Waneska Barboza.

Grupos
Atualmente, Aracaju está imunizando idosos a partir de 61 anos (D1 e D2), profissionais de saúde (D1 e D2), pessoas com síndrome de down e transtorno do espectro autista (D1), e profissionais das forças armadas, de segurança e salvamento (D1).

Idosos e profissionais de saúde que tomaram a vacina no posto volante do Parque da Sementeira devem retornar ao mesmo local com o código utilizado, documento com foto e cartão vacinal. Já os profissionais também têm a opção de tomar a segunda dose na Escola Municipal Presidente Vargas, no bairro Siqueira Campos.

Os idosos que foram imunizados nas Unidades Básicas de Saúde devem retornar à mesma unidade para receberem a segunda dose portando documento com foto e cartão de vacinação. A apresentação do cartão vacinal é imprescindível porque nele constam as informações da primeira dose.

Fonte: AAN

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais