Prefeitura assegura vacinação em 40 Unidades de Saúde de Aracaju

0
O usuário que necessita receber alguma dose, ou ainda atualizar o calendário vacinal, deve se dirigir a uma UBS próxima à sua residência. (Foto: Sergio Rocha/PMA)

A vacina é uma das formas mais seguras para evitar doenças virais. As imunizações de rotina, tão importantes em diversas fases da vida, estão disponíveis, gratuitamente, em qualquer tempo, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) geridas pela Prefeitura de Aracaju, por meio do Programa de Imunizações da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o qual disponibiliza, via Sistema Único de Saúde (SUS), mais de 500 mil doses por ano.

Nesse sentido, visando a imunização de crianças, adolescentes, adultos e idosos contra dezenas de doenças virais, a SMS oferta 44 salas de vacinação devidamente equipadas, dispostas nas UBS. Contudo, por conta da pandemia, quatro dessas UBS – Geraldo Magela, Ministro Costa, Onésimo Pinto e José Machado – restringiram o atendimento para casos de síndromes gripais, e não estão vacinando.No momento, 40 UBSs estão com salas de vacinação funcionando de forma rotineira, das 8h às 16h30, exceto as unidades que estão com horário de atendimento estendido: UBSs Hugo Gurgel, Augusto franco, Francisco Fonseca, Fernando Sampaio, Dona Jovem, Max Carvalho, santa Terezinha, Antônio Alves, Manoel de Souza, Joaldo Barboza, Cândida Alves e José Calumby. Nestas Unidades, as salas de vacina funcionam até às 19h.

De acordo com a coordenadora do Programa de Imunização da SMS, Ana Paula Machado, a vacinação de rotina é um serviço porta aberta, e o usuário que necessita receber alguma dose, ou ainda atualizar o calendário vacinal, deve se dirigir a uma UBS próxima à sua residência. No entanto, como o serviço é porta aberta, o usuário pode ser atendido e vacinado em qualquer UBS.

“O usuário que precisar se vacinar deve procurar uma unidade mais próxima de sua residência, porque lá vai constar o cadastro permanente e a vacina que receberá será registrada no prontuário eletrônico. No entanto, a vacina é porta aberta, ou seja, não precisa necessariamente morar no local para tomar vacina naquele posto de saúde. Para ter acesso, o usuário é orientado a apresentar o cartão ou caderneta de vacinação e o cartão SUS. É importante que o usuário chegue à unidade pelo menos uma hora antes do fechamento da sala de vacina, para que o acesso ao serviço não seja prejudicado”, destaca a coordenadora.

Tipos de vacinas

Ana Paula explica que, nas UBS, são disponibilizadas 18 vacinas de rotina. Mas o cidadão também tem acesso a duas vacinas de campanha, que são a Influenza e a Pneumo 23. A Secretaria disponibiliza ainda, em Unidades de Pronto Atendimento, três tipos de soros: antitetânico, antiescorpiônico e antirrábico, além de Imunoglobulina anti-hepatite B, disponibilizada somente em maternidades.

Entre as vacinas de rotina disponibilizadas nas UBSs estão: BCG, VIP, VOP, DTP, HPV, DT, Influenza, Pentavalente, Meningo C, Meningite ACWY, Pneumo 10, Rotavírus, Tríplice viral, Hepatite A, Hepatite B, Varicela, dTpa, Febre Amarela, Antirrábica.

Estrutura

Conforme a coordenadora, a gestão municipal realizou, nos últimos anos, diversas melhorias nas estruturas das unidades para acomodar as vacinas, a exemplo da compra de câmaras frias, além da capacitação dos profissionais.

“Hoje, nós temos uma realidade bem diferente nas salas de vacinas. Atualmente, temos em todas as salas de vacinação câmaras frias, aquisição muito importante feita pela atual gestão. Essas câmaras têm uma boa capacidade interna de armazenamento, a temperatura é bem estável. Temos também termohigrômetro, caixas térmicas novas, um bom arsenal de material e de insumos”, elenca.

Capacitação

Ana Paula salienta ainda que, recentemente, a SMS realizou uma capacitação com os profissionais que atuam nas salas de vacinação, visando aprender a manusear e a conservar as câmaras frias. Mas as aulas foram realizadas por meio de videoaula, visando evitar aglomerações em virtude da pandemia da covid-19.

“Pegamos dois representantes de cada unidade. Essa capacitação visa ensinar os profissionais a utilizar corretamente as câmaras frias. É importante frisar que a vídeoaula está disponível para os profissionais das UBS a qualquer tempo, ou seja, os próprios funcionários podem assistir, quando tiverem dúvida no dia a dia e, inclusive, para treinar um funcionário novato”, esclarece a coordenadora.

Fonte: Prefeitura de Aracaju

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais