Prefeitura combate zoonoses dedetizando 34 praças de Aracaju

0
Dedetização realizada pela PMA atinge 34 praças de Aracaju periodicamente. (Foto: Sérgio Silva/PMA)

Local de lazer e relaxamento, a praça é um ambiente historicamente marcado como um lugar democrático, onde o acesso é gratuito e disponível para todos. Para que a população possa usufruir plenamente desse espaço público, a Prefeitura de Aracaju desenvolve o Projeto Praça Limpa e Protegida (PPLP), administrado pelo Centro de Controle de Zoonoses (CZZ), em parceria com a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), que realiza periodicamente a dedetização de 34 praças da capital sergipana, resultando em praças mais limpas e frequentadas.

Visitadas uma vez por mês, cada uma das praças credenciadas na ação recebe a dedetização que inibe a presença de animais como ratos, baratas, formigas e cupins, que podem criar ninhos nas praças e, consequentemente, causar problemas para quem frequenta o local. A proliferação desses bichos, além dos empecilhos causados na praça, contribui para a transmissão de doenças, especialmente os roedores, que podem transmitir a leptospirose, hantavirose e a escabiose, conhecida como sarna.

Os agentes, que participam das tarefas da PPLP, não se limitam apenas ao trabalho de dedetização, mas também orientam os frequentadores da praça e comerciantes do local, que é uma parte essencial da ação. De acordo com José Bonfim, supervisor de Endemias do CCZ, o acúmulo de alimento e lixo são os principais atrativos para os animais. Por isso, o diálogo com os donos de quiosques das praças é sempre feito para que haja a colaboração de todos.

Fonte: PMA

Comentários