Prefeitura divulga ações estratégicas de vacinação desta semana

0
Unidades Básicas de Saúde (UBS)estão com horário ampliado até as 20h (Foto: SMS)

A Prefeitura Municipal de Aracaju, por intermédio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), vem montando estratégias para atingir a meta da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que é imunizar 90% do público-alvo, ou seja, 146 mil pessoas na capital. O horário foi estendido das 17h às 20h nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) Amélia Leite e Augusto Franco, na última terça-feira, 7, e prossegue até esta quarta, 8.

Outra estratégia montada pela SMS foi utilizar o transporte do Programa Consultório na Rua como unidade itinerante para vacinar as pessoas nas praças de maior fluxo em Aracaju. A ação teve início na semana passada, na praça Zilda Arns, no bairro Jardins. Na última terça-feira, 7, e , esta quarta, 8, é a vez da praça do final de linha do Bugio.

“Com as estratégias de horário estendido nas unidades e da unidade itinerante na praça do Bugio, imunizamos 221 pessoas, sendo 160 ontem. Na praça, hoje pela manhã, foram mais 61 pessoas. Nesta quarta-feira, nossos técnicos continuam disponíveis até as 20h para vacinar as pessoas nas duas UBS, Amélia Leite e Augusto Franco”, informou a coordenadora de Imunizações e Doenças Imunopreviníveis da SMS, Ilziney Simões.

Vale lembrar que os técnicos da SMS estarão disponíveis para vacinar contra a gripe nos dois shoppings da capital (Jardins e Riomar) no próximo sábado, 11, das 10h às 17h.  “Só não iremos imunizar as crianças, porque requerem uma logística maior, mas os demais grupos do público-alvo iremos vacinar”, esclareceu a coordenadora.

Público-alvo e documentação

O Ministério da Saúde recomendou que fossem imunizados os seguintes grupos prioritários: crianças maiores de seis meses e menores de seis anos; gestantes; puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); indivíduos com 60 anos ou mais; trabalhadores da saúde na ativa; professores de escolas públicas e privadas; povos indígenas; pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais; adolescentes entre 12 e 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, que serão vacinados nos respectivos estabelecimentos penais; policiais civis, militares e bombeiros ativos das forças de segurança e salvamento.

A Campanha contra a influenza segue até o dia 31 de maio, vacinando os grupos nas UBS e no Ipesaúde. Para receber a dose, é importante levar o cartão de vacinação e documento de identificação. Pacientes com comorbidades devem levar receita médica; puérperas devem levar o comprovante de nascimento da criança; doentes crônicos, o relatório médico, e trabalhadores da saúde, professores e os profissionais das forças de segurança e salvamento, o comprovante de trabalho.

Fonte: PMA

Comentários