Profissionais de saúde iniciam greve nesta quinta-feira, 15

0
Os profissionais de saúde entram em greve por tempo indeterminado nesta quinta-feira, 15 (Foto: Sintasa)

Técnicos e auxiliares de enfermagem da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), e servidores administrativos da Saúde Estadual iniciam greve por tempo indeterminado nesta quinta-feira, 15. Para dar início ao movimento paredista, os trabalhadores farão um ato, a partir das 7h da quinta-feira, em frente ao Palácio de Despachos.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa), a greve foi motivada pelo descumprimento, por parte da Secretaria de Estado da Saúde, em formalizar a proposta do pagamento do ticket alimentação no valor de R$ 600 a partir do mês de setembro. “Estamos aguardando uma proposta concreta por parte do Governo”, afirma Augusto Couto, presidente do Sintasa.

A categoria luta ainda pela criação da comissão para revisão do Programa de Emprego e Remuneração (PER) e Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV); insalubridade, que seja pago pelo salário base e não pelo salário mínimo; e implementação das 30 horas semanais.

FHS

Em nota, a FHS informou que aconteceu uma reunião com o Sintasa no dia 6 de julho e foi tratado os avanços na concessão de tíquete-alimentação e auxílio-creche, e ficou acertado que nesta quarta-feira, 14, após reunião com o Conselho Curador para definição de deliberações, a FHS encaminhará ofício ao sindicato da categoria com os prazos estabelecidos.

A partir do pleito dos trabalhadores, a Fundação Hospitalar elaborou a proposta de pagamento de tíquete alimentação no valor de R$ 600, sendo concedido de forma escalonada, considerando a disponibilidade dos recursos do Estado.

Por Karla Pinheiro

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais