Projeto ConVIDA Gestante ocorrerá no Santos Dumont e Santa Maria

0
Ações ocorrem no sábado, dia 23 (Foto: SMS)

No próximo sábado, dia 23, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a Prefeitura de Aracaju dará continuidade ao Projeto ConVIDA Gestante, que visa a alertar mulheres grávidas sobre a necessidade de realização do pré-natal. A proposta é estreitar o acompanhamento no período de gestação, com ações que garantam um pré-natal qualificado e evitem complicações durante e após o parto.

O projeto será realizado nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) Celso Daniel e José Machado de Souza, das 7h às 13h, com ações de acolhimento às mulheres, realização dos primeiros encaminhamentos ou mesmo atualização do pré-natal, com consultas médicas, odontológicas, vacinas indicadas para o período e para as crianças que forem com as gestantes, além de exercícios de alongamentos, e testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C.

A secretária municipal da Saúde, Waneska Barboza, afirma que o projeto foi elaborado a partir da análise dos indicadores de mortalidade materna e infantil, os quais mostraram, ainda, números referentes às mulheres que não buscaram atendimentos nas UBS antes do parto.

“Por serem as localidades com as maiores taxas de mortalidade infantil e também gravidez na adolescência, os bairros Santa Maria e Santos Dumont foram escolhidos. Queremos a assistência completa a essa mulher durante a gestação e, após o parto, o acompanhamento completo dessa criança até os dois anos de idade, no mínimo”, garante.

A técnica da Área Programática e Estratégica (APE), Jennifer Sobral, explica que a atuação SMS tem como foco a prevenção, promoção, o diagnóstico de doenças, além da garantia de acesso ao pré-natal de qualidade.

“Queremos ampliar o acesso e a visibilidade das gestantes do território que estejam com número baixo de consultas quando comparada à média Municipal que é 61,98%. O Santa Maria está com 41,2% e o Santos Dumont está com 53%, por isso essas comunidades foram as escolhidas. Durante essas ações, a Prefeitura buscará promover um acolhimento diferenciado, possibilitando assim que os encaminhamentos futuros sejam realizados de maneira mais eficaz”, acrescenta a técnica da SMS.

Pré-natal do parceiro
O projeto engloba também o parceiro como parte da Política de Atenção Integral à Saúde do Homem. Jennifer Sobral ressalta que o parceiro deve acompanhar a gestante e, para isso, terá acesso a todos esses serviços, pois faz parte dessa política a paternidade responsável.

O ConVIDA Gestante conta com guia do pré-natal do parceiro, não só para os cuidados físicos, mas também para que os pais possam participar de todo o processo. “O homem precisa ter esse alerta e o pré-natal ajuda nessas três frentes: a vinculação do homem com a UBS, a vinculação dele com a chegada de um filho para a postura de pai, e o tratamento também das doenças que possam vir a infectar a gestante e, consequentemente, o bebê”, frisa Jennifer.

Fonte: PMA

Comentários