Quarentena: especialista dá dicas para higienizar patas dos animais

0
Segundo a veterinária, dicas de limpeza devem ser praticadas não somente neste momento de pandemia, mas também depois da volta habitual da rotina (Foto: pixabay)

Com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o cuidado que muitas pessoas têm com a higiene pessoal se intensificou. E essa preocupação também passou para os animais de estimação.

A médica veterinária Amanda Mamoni alerta aos tutores que não é recomendável usar nos animais os mesmos produtos de higienização que os seres humanos estão acostumados, como o detergente e o álcool em gel, sob o risco de causar alguns danos da pele animal.

“Esses produtos podem ressecar a pele do animal e ainda causar algum tipo de dermatite, ou seja, inflamação na pele. Quando o tutor do animal tem dúvidas sobre o que usar, é importante consultar previamente um médico veterinário a fim de preservar a saúde do animal de estimação”.

Amanda explica que as dicas de limpeza devem ser praticadas não somente neste momento de pandemia, mas também depois da volta habitual da rotina. “Dentre as formas de higienização, uma das que eu mais recomendo é a utilização dos lenços úmidos a base de clorexidina”, destaca Amanda.

Segundo ela, o composto possui ação antibacteriana, protegendo o animal de estimação. “Ele elimina todas as bactérias, fungos e sujidades que o animalzinho posso ter”, salienta. Além dos lenços umedecidos, a médica veterinária também aconselha banhos a seco, que geralmente vendem em spray. “A pessoa pode utilizar com um algodão. Passando nas patinhas dos pets”, orienta.

Além dos lenços e do banho a seco, Amanda também apresenta outras opções de higienização, como o shampoo hipoalergênico, próprio para animais. “Como ele é hipoalergênico, não causa danos aos animais, tem propriedades hidrantes. E ainda ajuda os animais que têm problemas de pele”, salienta.

Além dos lenços e do banho a seco, Amanda também apresenta outras opções de higienização, como o shampoo hipoalergênico, próprio para animais (Foto: arquivo pessoal)

Como se vê, há uma grande variedade de produtos que oferecem uma higienização rápida e segura. Contudo, a médica veterinária alerta que após a limpeza das patas dos animais, é preciso cuidado para deixar o local bastante enxuto. “Se ficar úmido, nós teremos a proliferação de fungos e bactérias. Daí o animal acaba desenvolvimento problemas dermatológicos. Portanto, após a limpeza é sempre importante secar”, salienta.

 

por João Paulo Schneider  e Verlane Estácio

Comentários