SE ocupa 8ª posição no ranking nacional de vacinação com a 1ª dose

0
Segundo dados do observatório de Sergipe compilados até o último dia 13 de junho, o estado passou da 12ª para a 8ª posição no ranking de pessoas vacinadas com a primeira dose (Foto: SES)

A Secretaria de Estado da Saúde já recebeu até o presente momento, um pouco mais de um milhão de imunizantes, desse número, 971.970 doses foram enviadas aos municípios sergipanos. Em todo o território, contabiliza-se a aplicação de 622.954 em primeira dose e 216.942 em segunda dose. De acordo com o observatório, mais de quinhentas e oitenta mil pessoas tomaram a primeira dose de vacinas contra a Covid, o que corresponde a um pouco mais vinte e cinco por cento da população e cerca de nove por cento dos sergipanos tomaram a segunda dose.

O diretor de Vigilância em Saúde da SES, Marco Aurélio Góes, atribui a evolução de Sergipe no ranking da vacinação nacional a alguns aspectos, dentre eles, a abertura para a vacinação por idade. “A gente tem esse avanço, principalmente, nessa fase em que há abertura para vacinar por faixas-etárias. Desse modo, a vacinação se torna mais fluida porque não há necessidade de tantas comprovações para verificar se a pessoa está incluída em algum grupo prioritário. Para receber a vacina por idade, basta a identificação do indivíduo, o que tem possibilitado a ampliação da imunização nos municípios”, explica.

Para Marco Aurélio, em relação à aplicação da segunda dose, o número de vacinados sobe mais lentamente nas estatísticas porque muitos municípios acabaram de receber os imunizantes. “Em relação à segunda dose temos muito a avançar, estamos trabalhando para isso. Mas também é preciso que as pessoas retornem para completar o ciclo vacinal. A gente tem muita vacina do tipo Astrazeneca para ser aplicada como segunda dose e algumas pessoas podem ficar receosas, pois, uma pequena parcela da população experimentou efeitos adversos como febre, frio, mal-estar. Porém, esses são efeitos transitórios, passam rápido. É importante que voltem para a segunda dose, somente assim terão a imunidade completa e ficarão protegidos contra a Covid-19”, enfatiza o diretor da SES.

Fonte: SES

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais