SMS intensifica campanha de conscientização acerca do Novembro Azul

0
(Foto: SMS Aracaju)

Com o objetivo de promover a mudança de comportamento dos homens para que incorporem o hábito de consultar um médico e realizar os exames preventivos com maior freqüência, a Prefeitura de Aracaju por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) orienta e alerta sobre à campanha “Novembro Azul” intensificando as ações de conscientização a respeito de doenças masculinas.

A saúde do homem envolve cinco eixos prioritários: acesso e acolhimento; acidentes e violência; paternidade e cuidado; saúde sexual e saúde reprodutiva, e doenças prevalentes na população masculina.

O câncer de próstata no Brasil é o segundo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele não-melanoma, de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA). No entanto, muitos homens deixam de fazer os exames para detectar a doença por preconceito, o que atrasa o diagnóstico e agrava a situação, conforme aponta a Sociedade Brasileira de Urologia.

De acordo com o médico da SMS, William Barcelos, uma vez diagnosticado, em fase inicial através dos exames nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), o tratamento existente hoje, disponibilizado via Hospital Universitário (HU) e Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), são bastante eficazes.  No entanto, a falta de exames influencia para que esta doença seja a segunda causa de óbito entre os homens brasileiros, por isso seu destaque nesse momento.

“A campanha ocorre para chamar atenção para a importância de a população masculina buscar os serviços de saúde antes do adoecimento. Os homens devem buscar atendimento preventivo nas Unidades Básicas de Saúde [UBS], mantendo exames em dia e se cuidando melhor. A indicação é que o exame preventivo para detecção do câncer de próstata seja realizado a partir dos 45 anos”, orienta o médico.

Ainda segundo o médico, na capital sergipana, o exame de próstata pode ser marcado nas Unidades. “Além disso, a mensagem da necessidade de cuidados preventivos com saúde vale para qualquer tipo de condição. O essencial é esclarecer que atendimento médico não deve ser restrito à circunstâncias de emergência, mas fazer parte da rotina de qualquer homem que queira estar bem de saúde”, explica.

Acolhimento no SUS

Em Aracaju os cuidados à saúde do público masculino são ofertados rotineiramente nas UBSs e demais Redes do município. De acordo com a referência técnica da SMS, Vanessa Barreto, os homens só buscam os serviços de saúde quando já estão adoecidos.

“Por isso, aproveitamos o mês e novembro para chamar a atenção deles quanto à prevenção na porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS), que é a Atenção Básica, onde oferecemos os exames de rotina, o pré-natal do parceiro, os grupos de prevenção, e incentivamos a fazerem atividades físicas através dos polos da Academia da Cidade. Muitas doenças prevalentes na população masculina, geralmente estão relacionadas às especialidades médicas, que são cardiologia, gastroenterologia, pneumologia, psiquiatria e a urologia. Para além de fatores genéticos, a saúde é resultado das escolhas e hábitos ao longo da vida”, enfatiza.

Busca por ajuda

Vanessa alerta que, de maneira geral, muitos homens aguardam até o limiar da dor ou, em algumas situações, até o risco de morte, para buscar ajuda de um profissional de saúde. “Daí a importância da conscientização de gestores, profissionais de saúde e da população em geral, para mudarmos essa concepção dos homens de não buscar ajuda, e incentivá-los a cuidarem da saúde antes do adoecimento, pois viver com saúde deve fazer parte do cotidiano de qualquer pessoa”, afirma.

Programação do Novembro Azul

Dia “D” nas datas 09/11 e 23/11, nas UBSs:

Augusto Franco (1ª Região), Geraldo Magela (2ª Região), Hugo Gurgel (3ª Região), Joaldo Barbosa (4ª Região), Dona Jovem (5ª Região), Carlos Fernandes (6ª Região), Anália Pina (7ª Região), e José Calumby (8ª Região).

Serviços disponibilizados nos dias “D”

  • Sala de Espera com temas educativos;

Prevenção de acidentes de trânsito, com a presença das equipes do Núcleo de Prevenção de Violências e Acidentes (Nupeva) e da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Aracaju (SMTT).

  • Acolhimento (Aferição de pressão arterial, testes rápidos HIV, SÍFLIS E HEPATITES, avaliação de IMC e teste de glicemia);
  • Atualização do cartão de vacina;
  • Atendimento clínico (pacote de exames: Hemograma completo, sumário de urina e PSA);
  • Avaliação em Saúde Bucal.

Fonte: SMS

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais