Unidades de Saúde de Sergipe passam por fiscalização do Cofen

0
(Foto: Cofen/SE)

Diversas unidades de Saúde de Sergipe estão recebendo ações da Força Nacional de Fiscalização (FNFIS) do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen). A estimativa é que, apenas esta semana, cerca de 20 instituições recebam a visita da equipe acompanhada pelo Conselho Regional de Enfermagem do Estado (Coren/SE). 

O objetivo da ação é identificar e corrigir irregularidades que possam ser encontradas nessas unidades e que afetam o atendimento de Enfermagem à população. Além de focar no combate a pandemia da Covid-19, a equipe produzirá um diagnóstico situacional da Enfermagem no estado. 

As instituições são escolhidas com base em alguns critérios. “A escolha se dá de acordo com o índice de procura por parte da população, instituições de saúde que já apresentaram inconformidades em momentos anteriores em fiscalizações realizadas pelos regionais e o grande número de concentração de profissionais em atuação. As denúncias recebidas pelo Conselho Regional também podem ser fatores importantes”, explica Marisa de Miranda, chefe de Divisão do Exercício Profissional do Cofen/Corens.

As irregularidades mais frequentes estão na ausência de cálculo de dimensionamento e na anotação da responsabilidade técnica, que informa ao Conselho Regional a atual situação da instituição em atividade. “Este é um ponto importante a ser observado para garantir que não há subdimensionamento de profissionais naquela instituição de saúde”, assegura Evaldo Lima, enfermeiro fiscal do Coren/SE.

“A ação da fiscalização nacional é primordial para alcançarmos os resultados almejados para as instituições de saúde em nosso Estado, assegurando mais qualidade na assistência prestada para a população”, afirma Conrado Marques, presidente do Coren/SE.

A equipe já visitou a UPA 24h – Dr. Francisco Rollemberg, em Porto da Folha; o Hospital Renascença; o São Lucas; o Hospital Universitário e a Santa Helena, em Aracaju. Nos municípios interioranos, o Hospital Universitário Monsenhor João Batista, em Lagarto, e o Hospital Municipal Zulmira Soares, em Poço Redondo, receberam a visita da equipe. 

Não é a primeira vez que essa fiscalização ocorre aqui no Estado. Em maio deste ano, dezenas de unidades em oito municípios receberam a equipe de fiscalização. Denúncias e sugestões poderão ser realizadas através do site do Coren/Se (www.coren-se.gov.br), por meio da Ouvidoria. De acordo com o órgão, os relatos são analisados pelo setor responsável que verificará a necessidade da fiscalização.

 

Por Luana Maria e Verlane Estácio com informações do Coren/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais