DAGV investiga estupro de criança de apenas dois anos de idade

0
DAGV não revela detalhes para não atrapalhar a investigação
(Foto: arquivo Portal Infonet)

O Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) investiga uma suspeita de estupro que teria sido praticado por um padrasto de uma criança de apenas dois anos de idade. O acusado ainda não foi localizado. O caso está sendo investigado pela delegada Roberta Fortes, do DAGV de Aracaju, que prefere não oferecer detalhes da ocorrência para não atrapalhar a investigação, segundo informações da assessoria de imprensa da SSP.

A criança foi assistida inicialmente pela equipe do Conselho Tutelar do 5o Distrito de Aracaju, que encaminhou a vítima à Maternidade Nossa Senhora de Lourdes e prestou boletim de ocorrência no Plantão do DAGV de Aracaju. De acordo com informações de Lourivânia Prado, responsável pelo Serviço de Violência Sexual e Pronto Socorro da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, a criança foi acolhida na maternidade em dois momentos.

Segundo Lourivânia, por volta das 17h30 do domingo, 27, a criança chegou à maternidade, foi acolhida mas foi liberada com a orientação de que a mãe deveria prestar o Boletim de Ocorrência na Delegacia Plantonista por se tratar de suspeita de estupro. E, posteriormente, por volta das 18h do mesmo domingo a criança retornou, quando novas providências foram adotadas para que a criança fosse submetida a exames específicos realizados por peritos do Instituto Médico Legal, conforme esclarecimentos da servidora da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes.

Segundo Lourivânia, a criança não apresentou quadro que necessitasse de internamento. Liberada, há um novo agendamento para que a criança receba acompanhamento psicológico, médico, enfermagem e laboratorial. O tempo de assistência, conforme Lourivânia, dependerá da reação de cada paciente vítima deste tipo de crime.

O Portal Infonet tentou ouvir o Conselho Tutelar que prestou o primeiro atendimento à criança, mas não obteve êxito. O Portal Infonet permanece à disposição. Informações podem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

Estatística

Este é o 20o caso de violência sexual praticada contra crianças registrados pela Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, somente neste mês de janeiro. No ano passado, conforme a assessoria de imprensa, a maternidade prestou atendimento a 191 crianças vítimas deste tipo de violência. O número de vítimas com idade superior a 18 anos é menor: cinco neste mês e 62 durante o exercício de 2018.

por Cassia Santana

Comentários