Dia do Basta: trabalhadores fazem ato no Centro de Aracaju

0
Ato foi realizado no Centro de Aracaju (Foto: Portal Infonet)

O Dia do Basta, organizado nesta sexta-feira, 10, pela Frente Brasil Popular em todo o país, foi encerrado em Sergipe com ato dos trabalhadores no Centro de Aracaju. Diversas centrais sindicais, sindicatos e movimentos sociais fizeram uma passeata da Praça General Valadão até a Praça Fausto Cardoso.

Roberto Silva, da CUT, fala sobre o Dia do Basta

acordo com Roberto Silva, secretário de formação da Central Única dos Trabalhadores (CUT) em Sergipe, os trabalhadores vêm no Dia do Basta uma maneira de demonstrar aos candidatos a insatisfação com o Governo atual. “Com o impeachment  de Dilma, Temer assumiu o cargo com um projeto de governo derrotado nas urnas em 2014. Um projeto que é de entrega do patrimônio nacional ao capital estranheiro, de sucateamento do serviço público, de congelamento salarial do servidor, de ataques aos direitos trabalhistas e cortes nos programas sociais. Queremos dar um basta nesse modelo que não interessa aos trabalhadores e mostrar aos candidatos que não aceitamos como proposta a continuidade desse projeto em nosso país”, detalha.

Roberto Silva acrescenta que o ato também tem objetivo de dialogar e convidar a população para se somar às mobilizações. “O ato quer mostrar para a população que há uma insatisfação e convidá-la para compartilhar esse sentimento. A insatisfação com o golpe é algo generalizado em nosso país”, conta o sindicalista.

Por causa do Dia do Basta, diversos atos foram realizados em Sergipe. Houve protesto dos petroleiros contra o fechamento da Fafen, paralisação dos técnico-administrativos da UFS e dos professores do Estado e do Município de Aracaju, ato dos bancários e do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde, Trabalho e Saúde (Sindiprev).

 

por Verlane Estácio

Comentários