Samu: número de trotes totaliza 1.629 chamadas

0

Ainda foram contabilizadas 2.233 ligações feitas por engano (Foto: Arquivo Infonet)

Entre os dias 30 de abril e 6 de maio, o Sistema de Dados e Informações (SDI) do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), em Sergipe, registrou 898 atendimentos, sendo eles de suporte avançado ou básico. No entanto, o número de ligações falsas destinadas à Central de Regulação de Urgências (CRU) totalizou 1.629 chamadas, 45% a mais, comparado ao total de atendimentos. Os registros que englobam as chamadas sem utilidade não param por aí. Ainda foram contabilizadas 2.233 ligações feitas por engano para o 192, ramal utilizado para solicitação de assistência pré-hospitalar.

Dos principais atendimentos a causas externas, as quedas lideram nas estatísticas, totalizando 97 ocorrências. Dessas 49 relacionadas a acidentes com motos, 10 provenientes da própria altura e ainda cinco atendimentos ocasionados por acidentes com bicicletas. As colisões, por sua vez, surgem em seguida, com 24 registros de atendimentos, sendo 14 entre carros e motos e as demais entre motos. Os ferimentos por arma branca e por arma de fogo somaram 23 atendimentos, a maior parte desses provocados por arma de fogo.

Maio Amarelo

O SDI contabilizou também oito casos de atropelamento, três atendimentos por agressão, dois casos de capotamento e dois casos de intoxicação. O Samu, através do seu Núcleo de Educação Permanente (NEP) ainda marcará presença nos eventos realizados em Sergipe, alusivos ao Maio Amarelo. Trata-se de um movimento mundial que visa chamar a atenção sobre a importância da mudança de atitude nos deslocamentos, evidenciar que as mortes causadas por acidentes de trânsito precisam ser freadas e lembrar que cada um é responsável por mudar esse cenário adotando novos comportamentos.

Segundo o gerente do NEP do Samu, Ronei Melo, inicialmente, duas ações serão desempenhadas pelas equipes de assistência pré-hospitalar. No próximo dia 15, a partir das 16h, uma palestra será ministrada no auditório do SESI/Senai, localizado na Avenida Tancredo Neves.

“Instruiremos as crianças, adolescentes e jovens para que se tornem protagonistas na tarefa de contribuir para um trânsito mais seguro, no sentido de prevenir acidentes. Como futuros condutores e influenciadores dos próprios pais ou responsáveis, eles se configuram como peças importantes nesse processo”, considerou Ronei.

Mobilização Pública

Além da palestra, o NEP do Samu ainda estará presente numa mobilização que envolverá os demais órgãos engajados no movimento Maio Amarelo, em Sergipe, entre eles, Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran), Escola Pública de Trânsito (EPTran) do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/SE), Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRv) e Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT/Aju). A mobilização, intitulada ‘Saúde e Trânsito no Centro’, acontecerá no próximo dia 25, a partir das 8h30, na Praça General Valadão, Centro de Aracaju.

Fonte: SES

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais