2022: desespero de Edvaldo Nogueira começa a irritar aliados

0

                                                Blog Cláudio Nunes: a serviço da verdade e da justiça
              “O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

A oposição ao prefeito Edvaldo está ultimando uma lista com diversas obras da Prefeitura que tiveram o ritmo reduzido, e até mesmo paralisado, para que possam ser concluídas apenas no início do próximo ano, que, por pura coincidência é eleitoral. Sem contar as promessas da campanha do ano passado e a obras maquiadas que se dissolvem, principalmente se cair uma chuva forte.

Já os aliados já não aguentam mais a enxurrada de pesquisas toda semana mostrando que no bloco aliado ele está na frente. Lembram que o prefeito desde o início do ano virou “divulgador” da agenda da vacinação da Covid-19 e aparece diariamente “recitando” o calendário. Isso tudo para fizer a imagem dele junto ao eleitorado. Qualquer assunto envolvendo a PMA era vira porta voz. O mago Cauê fez apenas copiar o que o trágico cómico João Dória faz em São Paulo diariamente.

Aliás, Edvaldo Nogueira e João Dória têm muito em comum: são gestores das obras maquiadas, dos efeitos do marketing. Não se sustentam em um debate sobre gestão. Aliás, Dória já definhou em São Paulo e para não ser desmoralizado numa derrota fragorosa à reeleição prefere disputar a presidência como prêmio de “honra.”

Aqui, Edvaldo não tem o apoio de nenhuma liderança do bloco. Apenas de alguns “gaiatos” que vivem em torno da Prefeitura como sanguessugas.

A maioria da base aliada conhece bem Edvaldo e nem cogita o nome dele para o governo. Aliás, ele mesmo disse que em 2022 não seria candidato e cumpriria o mandato, porém o mago Cauê começou a compará-lo com Déda – pode Arnaldo? Comparar Edvaldo com Déda! Menos, muito menos….

Edvaldo precisa voltar a administrar Aracaju, esquecer 2022, deixar uma marca em Aracaju e quem sabe em 2026 não consiga o apoio de todos para disputar o Senado, já que serão duas vagas.

Já tem até algumas piadas contadas nos bastidores por aliados quando Edvaldo chega para pedir o apoio mostrando pesquisas. Se autorizarem o blog vai começar a publicar as piadas, pelo menos aquelas que são publicáveis…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Denúncia investigada por órgão federal E o blog foi informado que um assunto que vem sendo comentado há muito tempo nos bastidores – da pressão partidária num órgão de fiscalização em cima de alguns gestores – virou uma denúncia com provas e foi recebida por um importante órgão federal. A denúncia prova que um gestor para conseguir uma certidão –  que tinha direito – teve que garantir o apoio de dois vereadores para ajudar na eleição de um parente do chefão. Quem ouviu garante que desta vez a casa cairá… Vixe Nossa Senhora da Piedade… Rogai por Nós…

É hoje, 25: IV Encontro de Escritores acontecerá em Monte Alegre de Sergipe Hoje, 25, o município de Monte Alegre de Sergipe, localizado no alto sertão sergipano, estará completando 68 Anos de Emancipação Política e para comemorar este momento significativo ocorrerá o IV Encontro de Escritores Monte-alegrenses & Convidados. Na ocasião será lançada a Antologia do Encontro com textos nos gêneros contos, crônicas e poemas.

Textos de 97 escritores Desde 2015, a Comissão Organizadora, formada por Carlos Alexandre, Izaque Vieira, Márcia Fernanda e Marcos Antônio, vem promovendo o Encontro e o Concurso Literário, sendo o primeiro em anos ímpares e o segundo em pares, reunindo escritores de diversos municípios sergipanos e estados brasileiros. Nesta edição, há textos de 97 escritores e 13 dos ganhadores do III Concurso Literário de Monte Alegre de Sergipe, ocorrido em 2020, virtualmente.

Programação O evento será realizado na quadra do Centro de Excelência 28 de Janeiro, às 18h30. Haverá recitações de poemas e música para abrilhantar a cerimônia. Esta edição conta com o apoio da Lei nº 14.017, de 29 de junho de 2020, conhecida como Lei Aldir Blanc, que destinou ações emergenciais do setor cultural em virtude da pandemia do Covid-19 através do Governo Federal, Secretaria Especial da Cultura, Prefeitura Municipal de Monte Alegre de Sergipe e Secretaria de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo. Uma das contrapartidas é a doação de uma quantidade de exemplares para a Secretaria Municipal de Educação distribuir nas escolas municipais. Assim, crianças e jovens conhecerão as produções dos escritores locais e convidados. Em nome da Comissão Organizadora, o professor e membro Carlos Alexandre N. Aragão. convida os amantes das letras a participarem deste momento.

R$ 23 milhões em emendas para saúde em 2022 Em suas redes sociais, o deputado federal Fábio Reis (MDB-SE) anunciou ontem, 24, que estão garantidos recursos de emendas no valor de R$ 23.171.857,00 para a área da saúde no estado de Sergipe ano que vem. Segundo Fábio, são recursos que serão destinados para o Piso da Atenção Básica (PAB), para a Média e Alta Complexidade (MAC), para aquisição de equipamentos e também para a construção do Hospital de Amor, no município de Lagarto. “As emendas impositivas irão chegar a partir do ano que vem na conta de diversas prefeituras, hospitais, instituições filantrópicas e demais unidades de saúde em mais de uma dezena de municípios sergipanos”, escreveu.

Chapa 1 é eleita para conduzir o CRCSE no quadriênio 2022-2025 Com 1.109 votos, a Chapa 1, representada pela contadora Salete Barreto, foi eleita para conduzir o Conselho Regional de Contabilidade de Sergipe (CRCSE) no quadriênio 2022-2025. A eleição foi realizada virtualmente entre as 8h da terça-feira, 23, e as 18h da quarta-feira, 24, de forma ininterrupta. O pleito marca a renovação de 2/3 (dois) terços dos membros do Plenário do CRCSE.

Agradecimento “Gratidão é a única palavra capaz de definir o que sinto neste momento. Sou grata por cada voto que recebemos e por todo acolhimento dos colegas durante os mais de 40 dias de campanha. Por onde passamos, na capital e no interior do estado, fomos recepcionados com imenso carinho. O apoio que nossa categoria manifestou, desde os profissionais mais experientes e até os mais jovens, foi sem igual”, destaca Salete Barreto.

Experiência e inovação De acordo com a presidente eleita, a nova gestão irá mesclar experiência com inovação para que a classe continue avançando. “Desde o início assumi esse desafio tendo como maior motivação a luta por mais valorização e pelo fortalecimento da classe perante a sociedade. Tenho todos os colegas como parceiros e unidos iremos trabalhar em prol da contabilidade sergipana. Queremos que o profissional contábil de Sergipe cresça e encontre no CRCSE o apoio necessário para isso”, afirma Salete.

Propostas A chapa vitoriosa é composta por 16 integrantes, entre eles técnicos de contabilidade, contadores, professores, auditores e peritos contábeis, que tomaram posse em janeiro de 2022. As propostas defendidas pelo grupo versam sobre o registro e a fiscalização da profissão; a educação continuada; a gestão responsável e transparente; o fortalecimento das relações institucionais e a valorização da imagem profissional.

Federação promove ação para servidores em Riachão do Dantas A Federação dos Servidores Públicos Municipais de Sergipe, NOVA CENTRAL ,CSB, Clube AmigoZ e o Sindserv de Riachão do Dantas promovem um dia de ação do Dantas com consulta com um oftalmologista realizando exames e gratuitas para todos os servidores públicos da Prefeitura de Riachão do Dantas. Em contato com a prefeita, Simone Andrade, os sindicalistas tiveram a garantia que a Prefeitura vai o Plano do Clube de Benefícios AmigoZ, que será de grande importância para os servidores e seus dependentes.

São Cristóvão: vereador denuncia coação para aderir ao PDV A notícia de que os servidores públicos aposentados do município de São Cristóvão estão sendo coagidos para aderir ao Pedido de Demissão Voluntária (PDV) sob pena de serem dispensados sem recebimento dos direitos trabalhistas causou surpresa na cidade histórica. De logo, o vereador Neto Batalha (PP) declarou apoio à categoria e se solidarizou com os trabalhadores que acumulam tantos anos de prestação de serviço público.

Receio Segundo o vereador, a ameaça está partindo da gestão do prefeito Marcos Santana desde o início da semana. Os servidores aposentados receberam a notícia por meio de uma carta sem qualquer cerimônia. Receosos em perder o emprego no meio de uma pandemia, muitos aposentados procuraram a Câmara de Vereadores de São Cristóvão para pedir ajuda e evitar o PDV de forma truculenta, maldosa e ditatorial. “A informação que chegou para nós é que todos serão mandados para rua no dia 31 de dezembro deste ano, caso não façam adesão ao programa do governo. Um absurdo”, lamentou Neto Batalha.

Assessoria jurídica O vereador usou as redes sociais para se colocar à disposição da classe, bem como ofereceu a própria assessoria jurídica para buscar uma solução administrativa num primeiro momento, e se necessário usar as vias judiciais para coibir essa prática discriminatória, humilhante e ditatorial. “Tomara que o prefeito volte atrás e não dispense ninguém sem garantia dos direitos trabalhistas. Ademais, PDV é uma escolha e não obrigação”, finalizou.

Hoje, 25, a partir das 17h: homenagem a Hunald Alencar na Quinta Juriscultural do TJSE O Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe realiza nesta quinta-feira, 25, às 17 horas, no memorial do Poder Judiciário, localizado na praça “Olímpio Campos”, 417, centro de Aracaju, a 5ª edição do Projeto “Quinta Juriscultural”. Com o tema “A Solidão das Palavras”, o sarau Litero Musical homenageará o professor de língua portuguesa, literatura brasileira, poeta e dramaturgo Hunaldo Fontes de Alencar.

Presencial e pelas redes sociais O evento será presencial, mas, respeitando e obedecendo aos protocolos sanitários, e contará também com transmissão ao vivo pelo Instagram oficial do Poder Judiciário (@tjseoficial) e o do Memorial do Poder Judiciário do Estado de Sergipe (@mpjse). Na programação constam declamação de textos e poemas do autor homenageado, intervenção artística do ator Eli Barcellar e apresentação musical com o músico torquato.

Valorização O Projeto “Quinta Juriscultural” acontece sempre às últimas quintas-feiras de cada mês, no memorial do Poder Judiciário, e tem como objetivo principal valorizar e levar ao público todas as expressões artísticas e culturais do Estado de Sergipe, nas suas mais variadas formas, tais como música, artes plásticas, literatura, dança, fotografia, artesanato, folclore e tantas outras. Além disso, cultuar e propagar valores e figuras exponenciais do nosso Estado ligadas às artes e à cultura jurídica.

EVENTOS ONLINE – É SÓ ENVIAR PARA DIVULGAR NESTE ESPAÇO

Hoje, 25, a partir das 19h, lançamento do livro “Minha companheira de Dentro” da professora Lilian Rocha. Com a participação do jornalista e publicitário, Pedro Carregosa e apresentação de Letícia Sobral. Neste canal do youtube: https://www.youtube.com/watch?v=0S9kuk00d28

O convite da autora do livro “Faço parte daquela parcela de gente que conseguiu ver a pandemia por outro ângulo. Que viu vida além das mortes, que viu no isolamento outras maneiras de se fazer presente, que viu oportunidades quando parecia não haver possibilidades. Pra mim, foi um renascimento em todos os aspectos. Aprendi a viver com menos e descobri que não precisava de mais da metade do que possuía. Na verdade, precisamos de muito pouco para sermos felizes. Senti medo, mas em nenhum momento me senti desamparada. Voltei a ver Deus nas pequeninas coisas do meu dia e por isso, passei a celebrar cada novo dia. Deixei de pintar meus cabelos e vi surgir no espelho “a velhinha” que já habitava em mim e que eu tentava esconder. Fiz as pazes com ela e celebramos, juntas, o adeus às tintas de cabelo e a liberdade de sermos, simplesmente, aquilo que somos. E se há uma coisa boa na velhice, essa fase de nossa vida em que tudo se torna mais lento e difícil, eu afirmo que é essa liberdade. A velhice nos liberta de tudo. É como se de repente a gente estivesse num lugar bem alto e começasse a enxergar a vida lá de cima. Tudo fica pequeno, sobretudo os problemas. O tempo é a gente quem faz. Nada mais é “pra ontem”, a pressa nos faz mal. Perdemos “o filtro”, deixamos de ter medo do que as pessoas podem pensar da gente. Isso não faz mais nenhum sentido.
Enfim, passamos grande parte de nossa vida tentando ser jovens, tentando ser magras, tentando ser eficientes, tentando esconder nossos defeitos, fingindo que somos perfeitas. Por fora, um corpo que briga com o tempo, sufoca a alma e finge ser o que não é; por dentro, uma alma que não conhece o desgaste do tempo e deseja apenas ser o que sempre foi.
Foi este o grande presente que a pandemia me deu: a oportunidade de fazer as pazes comigo mesma, com “a minha companheira de dentro”.
É este o meu novo livro. Através dele, vocês vão conhecer muitas histórias da minha vida, desde a infância até hoje. Quem escreveu foi esta “senhora de meia idade”, com a cabecinha toda branca. Mas quem narrou as histórias, foi ela, minha alma adolescente, que teima em não crescer e a quem eu chamo, carinhosamente, de “minha companheira de dentro”…
Espero vê-los quinta-feira, dia 25 de novembro, às 19h, para o lançamento do livro. Resolvi optar pelo lançamento virtual, no Youtube, pois do contrário, “minha companheira” não poderia estar presente, por razões óbvias… E senta, que lá vem história…” (Lilian Rocha – 23.11.21)

Hoje 25, e amanhã, 26: V Xirê da Consciência Negra traz debates sobre produção de conhecimento na luta antirracista

O Ilê Axé Alaroke promove, nos dias 25 e 26 de novembro, a 5ª edição do Xirê da Consciência Negra, com o tema ‘Saberes e Produção de Conhecimento na Luta Antirracista’. O evento será realizado online, gratuito, via Instagram (https://www.instagram.com/alaroke/ ), a partir das 21h, sendo voltado à sociedade em geral. O objetivo é comemorar o Dia Nacional da Consciência Negra, compartilhando conhecimento e fomentando o debate que perpassa pelo enfrentamento da intolerância religiosa no Brasil.

Programação No dia 25, o Xirê traz para discussão o tema: Os “De Comer” no Candomblé: Encantamentos e Saberes, com a participação do babalorixá do Ilê Axé Alaroke (Sergipe), Juracy Júnior Xaguinandji, que é mestre em Ciências da Religião pela Universidade Federal de Sergipe (UFS); da iyalorixá do Ilê Axé Yapondá Bamirê (Rio de Janeiro) Maria Auxiliadora Batista Yapondá; e do babalorixá do Ilê Obá L’Okê (Bahia), Vilson Caetano, que é professor doutor da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e autor de livros como ‘Comida de Santo que Se Come’ e ‘Na Palma da Minha Mão: Temas Afro Brasileiros e Questões Contemporâneas’. A mediação da Mesa fica por conta de Lina Delé Nunes, mestra e doutoranda em Antropologia, atuando em pesquisas sobre alimentação e religiosidade na UFBA.

Programação II Já no dia 26, a Mesa de debate é sobre Educação Decolonial e Epistemologias de Terreiro na Luta Antirracista, reunindo o babalorixá do Ile Ase Sango (São Paulo) Sidnei Nogueira, que é doutor em Semiótica e Linguística Geral pela Universidade de São Paulo e autor de livros como ‘Intolerância Religiosa’, obra finalista do Prêmio Jabuti; a doutora em Educação e professora da UFS Marizete Lucini e o babalaxé Fernando Aguiar, doutor em Educação e professor da UFS. A mediação será feita pelo ogã Ramon Diego, que é mestre em Ciências da Religião pela UFS.

Xirê da Consciência Negra

Eventos O Xirê da Consciência Negra tem se consolidado, nos últimos cinco anos, como importante evento realizado pelos povos de terreiro com viés de resistência, gerando debates sobre enfrentamento ao racismo e à intolerância religiosa e propondo políticas públicas voltadas à garantia dos direitos dos adeptos de religiões de matriz africana. A iniciativa não conta com nenhum tipo de financiamento, sendo executada por meio de parcerias feitas entre as comunidades de terreiro, pesquisadores, intelectuais e artistas. As três primeiras edições aconteceram de forma presencial, enquanto, em 2020, as atividades passaram a ser virtuais, por conta das restrições impostas pela pandemia. A primeira edição, realizada em 2017, contou com uma mesa redonda sobre os Terreiros como Espaços de Preservação da Identidade, uma exposição de telas e fotografias com a temática ‘Axé’, oficinas de textura e turbante e um Encontro de Terreiros, com debates sobre Empreendedorismo nas Casas de Axé, os Direitos dos Povos de Terreiros e a Preservação do Meio Ambiente.

Eventos II Na edição de 2018, a programação do Xirê da Consciência Negra disponibilizou oficinas de turbante, estamparia, dança afro e percussão; feira preta; apresentações culturais e debates acerca da cultura negra, dos povos de terreiros e do racismo, com mesas redondas sobre temáticas como “Mulher Negra, Estética e Representatividade” e “Pluralidades do Racismo Contra os Negros e Contra os Povos de Terreiro no Brasil”. O III Xirê, promovido em 2019, teve como tema ‘A memória e a Identidade do Candomblé em Sergipe’, enquanto que o IV Xirê, edição de 2020, trouxe para discussão a “Filosofia Africana como Contributo para as Comunidades de Terreiros”, e outras mesas sobre “Povos de Terreiro, Comunidade e Ancestralidade” e “Educação Intercultural, Educação nos Terreiros e Protagonismo Negro”. Também foi dado espaço para Comunicações Coordenadas sofre Artes Afrocentradas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Da série de fotografias do cidadão Wanderson Andrade: https://www.instagram.com/wander.bastoss/  Garotinha quilombola do MOCAMBO, em trajes típicos do samba de coco, dentro de canoa a flutuar sobre as águas do São Francisco.


PELO E-MAIL nunesclaudio@infonet.com.br E FACEBOOK

 ETERNA E PLANETÁRIA   Por Clarkson Moura

UM LEGADO PRECIOSO E HISTÓRICO

EIS ANGELA DOROTHEA MERKEL, PROTÓTIPO DE VERDADEIRA ESTADISTA E DE INATA LÍDER, A QUAL ESTÁ CONCLUINDO UMA TRIUNFAL, PARADIGMÁTICA, LONGEVA E CONTÍNUA TRAJETÓRIA DE QUATRO QUADRIÊNIOS DE PRIMEIRA-MINISTRA — CHEFE DE GOVERNO — DA REPÚBLICA FEDERATIVA DA ALEMANHA, DEMOCRÁTICA E MERITORIAMENTE — ATÉ NOS PARECEU, “AD AETERNUM”.

COM UMA IDIOSSINCRASIA SINGULAR, UMA EMPATIA INVEJÁVEL, UMA GOVERNANÇA CONGÊNITA E UMA SIMPATIA CONTAGIANTE, A CHANCELER ALEMÃ SEGUE A GOSTAR DE TERNOS, RARAMENTE USA BOLSA E NÃO TOLERA AFETAÇÕES ENTRE SEUS COLABORADORES, SEJAM HOMENS OU MULHERES.

POMPA?

É RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA DO BATALHÃO DA GUARDA.

DE 2005 A 2021, 16 ANOS DE EXERCÍCIO DO PODER ESTATAL NA ALEMANHA, COMO A “MULHER MAIS PODEROSA DO MUNDO” — SEGUNDO A REVISTA FORBES MAGAZINE — E, DIGA-SE DE PASSAGEM, AO LONGO DE SUA EXITOSA VIDA DE CRIATURA HUMANA PREDESTINADA, DISCRETA, SIMPLES, DE INVEJÁVEL E REVOLUCIONÁRIA CIDADÃ, E DE PROFISSIONAL GRADUADA E PÓS-GRADUADA EM ENGENHARIA QUÍMICA — ESSA PRÓ-MULHER GERMÂNICA NUNCA SE DEIXOU DOMINAR OU LEVAR POR OSTENTAÇÕES, ARROUBOS, VANGLÓRIAS, VAIDADES NEM POR BENS MATERIAIS, COMO CARROS, PALÁCIOS, MANSÕES, ROUPAS DE GRIFE, JOIAS E OBJETOS ORGANOLÉPTICOS ETC.

TANTO É ASSIM, QUE, NA FOTO ABAIXO (QUE FALA POR SI SÓ), A PREMIÊ TEUTÔNICA FOI FLAGRADA EM COMPRA, NUM SUPERMERCADO POPULAR DE BERLIM, CONDUZINDO UM CARRINHO DE MÃO, SEM QUALQUER APARATO DE SEGURANÇA À VISTA.

AH! SE O MUNDO TIVESSE MAIS EXEMPLARES PERFEITOS DESSA INSUBSTITUÍVEL, BRAVA E INCANSÁVEL EXAMULHER PÚBLICA, POR CERTO, A COMUNIDADE INTERNACIONAL DE ESTADOS LIVRES, DEMOCRÁTICOS E SOBERANOS SERIA MAIS NUMEROSA E MAIS VERDADEIRA!

PARABÉNS! VERAZ ESTADISTA FEMININA, LOGO, LOGO, NOS FARÁS MUITA FALTA!

SOU-LHE FÃ DE CARTEIRINHA CONFESSO E JURAMENTADO!


Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter




Frase do Dia
“É melhor morrer de vodka do que de tédio.” Vladimir Maiakovski.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais