98% da chapa majoritária pronta, diz Déda

0

Aliados do governador Marcelo Déda (PT) estão satisfeitos com as diversas colegas que o petista teve esta semana sobre as eleições 2010 e a definição da chapa majoritária. Pelo que se sabe está todo mundo satisfeito e contemplado, faltando apenas Marcelo Déda “bater o martelo final” e anunciar a chapa majoritária, com a presença dele, Jackson Barreto, Valadares e Eduardo Amorim.

 

Ontem, 28, ao chegar no município de General Maynard o governador disse 98% do andamento da chapa majoritária está pronta. Quando Déda diz que 98% do andamento da chapa está pronta é porque faltam apenas as últimas conversas com algumas lideranças que formam o bloco de partidos que lhe apóiam.

 

Há o consenso entre os aliados da necessidade, de anunciar o mais rápido possível a chapa majoritária, não só para consolidar os nomes, mas também ajudar na chapa para o Senado Federal, que tem o senador Valadares muito bem nas pesquisas eleitorais e Eduardo Amorim, ainda abaixo, mas que pode subir muito de acordo com a campanha e puxado pelos votos não só de Valadares, mas do próprio candidato ao governo. Até agora Eduardo Amorim tem a perspectiva de candidatura, mas o eleitorado precisa que ela seja efetivamente consolidada.

 

Por outro lado, Déda tem como exemplo o ano de 2006, quando demorou para lançar a candidatura de Zé Eduardo ao Senado esperando um aceno de Albano. E aí foi tarde demais. Mas o governador entende que a demora não prejudicou as candidaturas já que todas estão prepostas. Com a decisão do deputado federal Albano Franco de entrar na disputa para o Senado é preciso que a coligação governista saia unida das convenções e que suas lideranças só aceitem o apoio “casado” em todos os municípios.

 

Quem faz parte de um projeto político de governo não pode vir com a desculpa que deve “satisfação” para aquele candidato que não for da coligação. Essa postura tem que ser forte por parte de todas as lideranças e principalmente do candidato à reeleição Marcelo Déda.

 

E parece que a coligação caminha para este objetivo. As lideranças principais e os membros da majoritária estão eufóricos para colocar o time em campo antes do início da Copa do Mundo. Acham que o time já se preparou demais, não só taticamente, mas fisicamente. É a hora de entrar em campo e esperar o outro time, que por enquanto já tem dois titulares da majoritária: João Alves e Albano Franco. E a disputa será digna de Copa do Mundo.

 

Junho tem 35 dias para os políticos

Começa o mês de junho que apesar dos festejos juninos é longo para a classe política. É o mês que muitos dizem que tem 35 dias por conta dos prazos eleitorais: até o dia 30 as convenções partidárias e mais cinco dias para os registros definitivos. Até lá muito lexotan é vendido.

 

Adesão ao Refis

Do secretário da Fazenda João Andrade no twitter: “A adesão ao Refis dobrou em 1 dia. Chegamos a R$ 68 milhões de dívida negociada, com R$ 10 milhões pagos à vista”. A data limite para o empresário   que desejar aderir ao Refis é a segunda-feira, 31.

 

Missa de 7º Dia – Guido Azevedo

Tertuliano Azevedo, Mª Ester Azevedo Andrade e Guiomar de Azevedo Menezes (irmão e irmãs); Adriano, Adriana, Andrea e Andreza (filho e filhas), Maria Aparecida Ramos, e familiares do ex-deputado estadual Guido Azevedo, ainda consternados com seu sepultamento, agradece a todos que se manifestaram por sua precoce partida, e convidam para a Missa de 7º Dia em sufrágio de sua alma, que realizar-se-á às 19 horas do dia 31.05.2010 na capela do Oratório de Bebé, situado à Av. Desembargador Maynard, bairro Suissa. Desde já, agradecem àqueles que comparecerem a mais esse ato de fé e piedade cristã, reverenciando o amigo Guido Azevedo.

 

Edital para sinalização horizontal na Beira Mar

Através da assessoria de Comunicação do órgão, o Departamento de Planejamento e Sistema da SMTT, informou que já fez o estudo técnico de toda a Avenida Beira Mar e está aguardando a realização do processo licitatório de sinalização horizontal que abrangerá as vias e escolas. O edital será publicado na próxima semana.

 

Sensor no sinal do antigo farol

É preciso que a SMTT coloque um sensor para multar o avanço do sinal vermelho pelos motoristas no sinal do antigo Farol, na Farolândia, no sentido Unit/Beira Mar. Diariamente são vários acidentes, a maioria com danos pequenos. Os motoristas que vêm do farol não respeitam o sinal vermelho e causam os acidentes. A solução passa por um sensor. Tem gente que só respeita a sinalização se for multada.

 

Prefeitura lança Portal da Transparência

A Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) acaba de lançar mais uma ferramenta a favor da democracia e da lisura no uso de recursos públicos. Desde a última sexta, dia 28, já está no ar o Portal da Transparência, no qual a população pode conferir detalhadamente os dados referentes às despesas, receitas e outros pormenores que dizem respeito ao orçamento da gestão pública. Para acessar o endereço, basta entrar no site da PMA (www.aracaju.se.gov.br) e clicar no banner do portal.

 

Colégio Estadual Castelo Branco

As obras de reforma do Colégio Estadual Castelo Branco, um dos mais tradicionais de Aracaju, estão em andamento e devem terminar em 60 dias. O Colégio será um dos mais modernos do estado, com laboratórios e equipamentos de última geração. Estão sendo investidos cerca de R$ 1,5 milhão. Ao visitar a obra, ao lado do secretário da Seed, José Fernandes de Lima, o secretário da Casa Civil, Oliveira Junior, que estudou no Castelo Branco ficou emocionado ao ver a dimensão que a reforma tomou. Lembrou até dos tempos que os alunos depois das aulas freqüentavam a famosa “prainha” do industrial.

 

Visita pavilhão da FITEC

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia, e do Turismo Jorge Santana, visitou todos os stands da Feira da Indústria e Inovação Tecnológica – FITEC – na noite desta sexta-feira.A SEDETEC é um dos principais parceiros da FITEC e o secretário fez questão de conversar com os diretores das indústrias que estão expondo na Feira. Após percorrer todos os stands Jorge Santana fez o lançamento e palestrou sobre o 2º ano do Projeto de Extensão Industrial Exportadora – PIEX.

 

FITEC prossegue até domingo

Ainda resta tempo para visitar a Feira da Indústria e Inovação Tecnológica – FITEC – que acontece no Centro de Convenções até este domingo às 22h. Em sua segunda edição a FITEC tem como objetivo gerar negócios entre as indústrias sergipanas, sendo que a expectativa é de que a Feira movimente valores em torno de R$ 30 milhões. Também é objetivo da FITEC mostrar para o consumidor final tudo que é produzido em Sergipe e que faz parte do seu dia-a-dia, de modo a despertar o interesse por consumir produtos fabricados no Estado, favorecendo a geração de emprego e renda no setor.

 

Excessos

Deu no Periscópio do JC: O vereador Jailton Santana (PSC) revelou ontem que recebeu a informação de que existem cerca de 50 associações de moradores só no bairro Santa Maria. Para ele, esse número excessivo de entidades, criadas em tese para defender os reais interesses da população, acaba por gerar descrédito e até dificulta o trabalho na hora de atender a algumas reivindicações. Se essa quantidade de associações resultasse em benefício, o Santa Maria seria bairro modelo.

 

Jailton tem razão

O vereador Jailton Santana tem razão sobre o excesso de associações no Santa Maria. E fica uma sugestão: que como radialista ele visite a sede de cada uma. Vai ver que a maioria esmagadora não tem sede e são apenas “associações de pastinhas”, cujos seus “líderes”, andam de lá para cá atrás de um político que lhe ajude financeiramente.

 

Esclarecimentos SINDAT

O presidente do SINDAT, Marcos Corrêa Lima prestou os seguintes esclarecimentos sobre o reajuste do servidor estadual: “Afirmo que o SINDAT no mês de março passado, reunião a imprensa num café da manhã e pleiteou um reajuste para o servidor público de 6% ou 7% e 1,5% em setembro + 1,5% em dezembro. O governo do Estado concedeu o reajuste após o início de abril o que não permitiria ser maior que a reposição das perdas. Dissemos via a imprensa que reconhecemos no governo Marcelo Deda, no quadriênio que se encerra, ter o mesmo evitado as perdas do servidor mantendo o seu poder aquisitivo, o que é digno de aplausos do SINDAT”.

 

Hospital Primavera realiza Acolhimento de Integração I

Durante uma semana, o Hospital Primavera realizou o Acolhimento de Integração com o objetivo de congregar os novos colaboradores, entre eles técnicos e auxiliares de enfermagem. Esta é mais uma iniciativa da Gerência Operacional e do Serviço de Educação Permanente do Hospital Primavera. Segundo a enfermeira Ana Cássia Tupiniquim, responsável pela Educação Permanente, a proposta do acolhimento é também apresentar os direitos e deveres de cada colaborador, esclarecendo as normas da empresa e os processos utilizados nos mais diversos setores.

 

Hospital Primavera realiza Acolhimento de Integração II

Ao longo de toda a semana, conforme programação, os responsáveis dos setores de Recursos Humanos, Higienização, Gerência Operacional, Enfermagem, Tecnologia de Informação (T.I.), Nutrição, SADT, Internamento, Banco de Sangue, Engenharia Clínica, entre outros, apresentaram os trabalhos desenvolvidos e os objetivos de cada atividade. “Este primeiro contato é muito importante para que os novos colaboradores possam conhecer todo o funcionamento do Hospital para que, conseqüentemente, possam desenvolver suas atividades com entusiasmo e dedicação”, afirma Ana Cássia Tupiniquim.

 

ARTIGO

 

A indústria das ações contra os blogs – Texto republicado no blog do Nassif. Qualquer semelhança… não é mera coincidência…

 

Perseguido pelo DEM, blog de Mossoró (RN) sofre 20 processos

O Vermelho reproduz abaixo artigo do blogueiro Carlos Santos, de Mossoró (RN), que tem sido alvo de perseguição por parte da prefeita Fátima Rosado (DEM), prima do senador José Agripino (DEM). Segundo o blogueiro, a perseguição é comandada, na verdade, pelo chefe de Gabinete da prefeitura e irmão de Fátima, Gustavo Rosado (PV). “São quase 20 processos judiciais e várias ações de interpelação, porque não aceitam a imprensa livre, o contraditório e o jornalismo que pensa”, protesta Santos. Veja abaixo a íntegra de seu artigo no Blog do Carlos Santos

 

– Carlos Santos, sou eu! É Mário! A voz educada e já bastante conhecida à minha porta, é do oficial de Justiça Mário Hélio. Claro que traz mais uma citação judicial da patota.

 

São quase 20 ações contra este jornalista-blogueiro, do primeiro lote encomendado ao novo escritório de advocacia local. Tudo negociado há quase três meses. Foram dez em apenas um dia (7 de maio último).

 

Bem, o conteúdo da petição inicial é igualzinho aos demais: A prefeita de direito, Fátima Rosado (DEM), ao lado do mano, chefe de Gabinete e prefeito de fato Gustavo Rosado (DEM), queixa-se de “danos morais” e “danos psíquicos”.

 

Os dois pleiteiam em juízo o recebimento de R$ 20 mil, cada um. Subjetivamente dizem que com essa pecúnia podem suprir as lacunas que teriam sido provocadas por texto específico desta página. Estariam constrangidos e tantã, assim se entende.

 

A postagem “Servidora da Saúde sofre perseguição; outros são alvo” (Veja AQUI) é a base da demanda. Uma matéria em que expus no dia 5 de janeiro deste ano, caso de uma servidora do setor, que por ter participado de movimento pelo não-fechamento da Unidade Básica de Saúde do Abolição II, estaria sendo perseguida.

 

Os manos não querem qualquer notícia, insinuação ou opinião que os desagradem e manifestem a realidade das ruas e das entranhas do poder.

 

Acreditam que com processos em massa possam finalmente fechar o Blog e a boca – enorme – do blogueiro-jornalista.

 

Nota do Blog – Sinto decepcioná-los. O Blog tem como slogan a frase “jornalismo com opinião”. Continuará assim, porque pensa e é plural, ofertando espaço para os que pensam diferente e não são apenas maria-vai-com-as-outras.Sei que incomodo e a carrada de processos é a prova de que me escutam, porque penso.

 

Esta página muda e, com prazer, à medida que ofereçam à gestão pública um modelo político-administrativo eficiente, isonômico, democrático e de respeito a tudo e a todos. Só isso. Entretanto não creio que vocês tenham capacidade para tanto. Falta-lhes essência. Não se faz uma gemada sem ovos.E a estratégia surrada de tentar sufocar-me pela quantidade de processos, simplesmente fracassou. Estou apto a me defender no varejo e atacado. Em alto nível.

 

Por Carlos Santos

 

Nassif, bom-dia. Obrigado pela repercussão da postagem que trata da campanha odiosa que se promove contra mim. Não sou vítima, mártir ou heroi. Sou parte minúscula de um elenco de pessoas que pensa e por isso é punida. No Rio Grande do Norte, o assunto é praticamente ignorado pela mídia convencional e uma pequena parte da imprensa alternativa é que reage. Sua voz faz eco e “fura” essa parede de medo e conivência. A caçada que se promove contra mim é, na verdade, atentado à liberdade de expressão-imprensa, primado de qualquer povo que se propõe a ser livre. Obrigado. Carlos Santos.

 

ENTREVISTA

 

Rubens Lisboa fala de novo CD “Arteiro” – Lançamento neste sábado, 29

 

O cantor e compositor Rubens Lisboa lança este sábado, 29, o seu novo CD, intitulado ‘Arteiro’.

Rubens: Arteiro consolida o prosseguimento da minha trajetória.
Este é o quarto álbum da carreira do sergipano. O show de lançamento acontece no auditório da Biblioteca Pública Epifânio Dória, às 21h. A entrada será franca. O show será com base neste novo trabalho do artista, mas ele avisa que também estará passeando por canções dos discos anteriores. Para que saber um pouco mais sobre este novo trabalho o Portal Infonet publica uma entrevista com o cantor e compositor. Confira!

 

Portal Infonet – O que significa para você esse novo disco?

Rubens Lisboa – “Arteiro” consolida o prosseguimento de minha trajetória por meio de uma carreira que vem sendo construída devagarzinho, mas graças a Deus calcada somente na minha perseverança e na força que me passam os meus fãs. Sempre digo que não faço concessões na música. Isso explica o porquê de muita coisa acontecer ou não, mas sigo confiante na qualidade do meu trabalho. Lanço sementes que tenho certeza germinarão, só não sei se a curto, médio ou longo prazo. Minhas canções são feitas com prazer e suor. É metade de inspiração e metade de estiva mesmo. Gosto de burilar cada palavra das minhas letras, de ir atrás do acorde mais preciso. Sei que sou muito mais compositor que cantor, mas canto porque me sinto muito bem quando estou no palco e sei que assim posso levar emoções e vibrações positivas às pessoas.

 

Infonet – Por que a decisão de fazer esse novo CD inteiramente com canções de sua própria autoria?

RL – As coisas na minha carreira nunca são muito planejadas. Acontecem quando e como os deuses da música assim o permitem. Depois de fazer três discos anteriores acompanhado de banda, os quais me deram muitas alegrias, senti a necessidade de fechar um ciclo após essa primeira trilogia. Foi aí que me juntei a um grande músico sergipano, o violonista Saulo Ferreira, e comecei a passar para ele várias novas canções. Depois de dois meses de trabalho intenso, eu tinha mais de quarenta músicas prontas. A ideia de gravá-las surgiu automaticamente e o repertório se fechou por si só.

 

Infonet – Qual a diferença desse CD para os anteriores?

RL – Basicamente ele traz uma sonoridade mais acústica, baseada em violão, baixolão e percussão. Há a inserção de alguns outros instrumentos em uma ou outra faixa, mas eles surgem apenas quando a canção assim exige. No mais, sou eu inteiro como sempre.

 

Infonet – Por que o título “Arteiro”?

RL – É uma palavra forte que sempre me instigou. Coincidentemente, eu ainda não havia pensado em um título definitivo quando, lendo a letra da canção “Coração Tambor”, uma amiga se fixou nessa palavra e me deu o toque. Tem tudo a ver com o projeto e com aquilo que eu quero para mim: fazer música com arte, brincando, sentindo e dando prazer, mas também questionando e cutucando as pessoas através de alguns temas que acho que estão na hora de serem postos.

 

Infonet – E a boa receptividade por veículos de comunicação de São Paulo e do Rio de Janeiro?

RL – Uma alegria enorme! Eles tiveram acesso primeiro ao CD por conta de que ele está sendo distribuído nacionalmente pela Tratore. É mais uma prova de que a gente está no caminho certo.

 

 Infonet – Seu primeiro CD saiu em 1998. Em 2010, você está lançando o quarto trabalho. É uma boa média?

RL – Em termos de música sergipana, acho que sim. Em doze anos, quatro discos, o que dá uma média de um trabalho a cada três anos. Se dependesse tão somente de minha vontade, talvez eu tivesse lançado mais álbuns nesse período, mas o processo não é tão fácil assim… Sei que tenho uma história única dentro da música sergipana, com CD’s lançados de maneira independente e trazendo sempre canções inéditas da minha voz. Creio que estou entre os que mais contribuem para a solidificação do cancioneiro do nosso Estado, não somente pela quantidade de canções já gravadas, mas também por estar sempre buscando um aprimoramento no que diz respeito àquilo que faço.

 

Infonet – E como você classifica sua música?

RL – Plural. Quero poder compor e cantar tudo o que me toca, o que me instiga, o que me desafia. Não curto amarras nem nada que tente me enquadrar. Odeio catalogações e rótulos de qualquer natureza. Aliás, explicito isso em “Contramão”, uma das faixas do novo CD.

 

Infonet – Acha-se um artista moderno?

RL – Não sei o que é isso atualmente em termos musicais. A roda já foi inventada, quem quiser ir além, vai esbarrar na limitação dos 360º graus. Tento ser antenado com que anda ocorrendo por aí, mas prefiro mesmo é buscar a beleza simples das canções. O resto é invólucro. Cada vez mais quero que minhas músicas sejam fáceis de serem assimiladas. Ouvi-las sendo cantaroladas pelo ouvinte comum é o meu maior objetivo. 

 

Infonet – Mudaria alguma coisa na sua carreira?

RL – Absolutamente nada. Orgulho-me de cada faixa que gravei, de cada CD que lancei, de cada show que fiz. Por vezes posso ter me equivocado, mas decerto serviu para que eu crescesse não apenas enquanto artista, mas também como ser humano.

 

Infonet – Quais os planos para daqui em diante?

RL– Ainda este ano deverei lançar um novo produto. Não posso adiantar muita coisa agora, mas tenho certeza de que será uma grande referência não só para a minha obra, mas para a música sergipana como um todo. O que posso assegurar é que nunca antes por aqui algo tão arrojado foi feito. Quem viver, verá!

 

Infonet – Onde os interessados em adquirir o seu CD podem encontrá-lo?

RL – Aqui em Aracaju, ele está disponível na Casa do Artista e na CD Club. Quem preferir comprá-lo via internet, basta acessar os sites da Saraiva, da Siciliano, da Livraria Cultura e das Lojas Fnac. 

 

 

Participe ou indique este blog para um amigo:

claudionunes@infonet.com.br

 

Frase do Dia

“O cansaço físico, mesmo que suportado forçosamente, não prejudica o corpo, enquanto o conhecimento imposto à força não pode permanecer na alma por muito tempo”. Platão.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários