A capital da qualidade de vida

0

 

 

Para quem não assistiu, o trecho do Globo Repórter de ontem, 04,  um especial sobre saúde exibindo os dados de uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, encomendada pelo Ministério da Saúde, mostrando que Aracaju é a capital da qualidade de vida do país. Leia toda matéria:

 

A saúde está na praça, bem ao lado de casa. A qualquer hora do dia, professores de educação física estão a postos para orientar milhares de alunos – e de graça. É muito fácil espantar a preguiça quando se vive em Aracaju. “Se a gente ficar em casa quietinha daqui a pouco está com depressão e estresse. E aqui ninguém tem estresse nem dores”, afirma dona Maria José de Santana, de 64 anos. “Eu me preocupo muito. O povo pensa que saúde é ir para o médico, trazer um monte de comprimido e tomar. Saúde é à base de alimentação e ginástica. O comprimido é em último caso”, ensina dona Juliana dos Santos, de 64 anos.

 

O hábito de usar a bicicleta ganha incentivo extra quando se tem quase 40 quilômetros de ciclovia. A vida é mais tranqüila em uma cidade com pouco mais de 500 mil habitantes. E a saúde agradece quando são poucos os fumantes e se consome gordura e álcool com moderação. Junte a isso frutas, verduras e exercícios físicos e é possível chegar ao topo do raking da qualidade de vida. Foi onde chegou a capital sergipana. Com exclusividade para o Globo Repórter, o Ministério da Saúde traçou o ranking das capitais mais saudáveis do país. Os pesquisadores ouviram 54 mil pessoas nas 26 capitais e no Distrito Federal.

 

A pesquisa mostrou que Natal é a capital brasileira com menor número de fumantes. Goiânia é onde mais se come hortaliças no país. Vitória é a cidade do exercício físico. As mulheres da capital do Tocantins estão com as menores taxas de excesso de peso. Já os homens da capital catarinense são os menos sedentários. Mas foi em Aracaju que a soma de todos os “bons comportamentos” alcançou a pontuação mais alta. “O exemplo de Aracaju pode ser seguido por qualquer município. Está nas nossas mãos construir políticas públicas saudáveis, investir na promoção e na prevenção”, aconselha a coordenadora da pesquisa, Deborah Malta.

 

O primeiro lugar foi conquistado com a adoção de novos hábitos e a preservação de velhas tradições. “Para tudo eu tenho remédio: hortelã, malva, titoco”, enumera Juliana. No quintal dela, disputam espaço ervas medicinais e frutas poderosíssimas, como a romã. “É próprio para fazer gargarejo. Se a pessoa tiver tossindo, é só pegar um pedacinho da casca e começar a mastigar que passa. É uma farmácia no quintal”, diz. A sabedoria popular já foi comprovada pela ciência. A romã não faz bem só para a garganta. Ela tem um altíssimo potencial antioxidante, combate o envelhecimento e contribui na prevenção de doenças graves como o câncer. Dona Juliana também tira do quintal tudo o que precisa para fazer o suco de limão e capim-santo, que garante energia extra.  “Esse suco ele serve para a pressão e para o intestino. É calmante e gostoso de tomar”, afirma dona Juliana.

 

Assim como a dona de casa, o executivo também aposta no que é mais natural para manter a saúde. “Eu acho que a gente pode escolher como quer envelhecer. Eu acho que cuidando do corpo agora podemos ter um envelhecimento mais saudável”, diz o empresário Alexandre Wendel. Alimentação saudável aliada a exercícios físicos de três a cinco vezes por semana. Em 15 espaços públicos de Aracaju funciona a Academia da Cidade, projeto que já colocou o exercício na vida de cinco mil pessoas. A Universidade Federal de Sergipe (UFS) entra com os professores de educação física e os profissionais de saúde. A população se mobiliza.

 

“Nós temos indicadores de impactos bem marcantes. As pessoas já diminuem a freqüência às unidades básicas de saúde e a ingestão de medicamentos. Elas manifestam uma qualidade de vida melhor e se auto-percebem com uma saúde melhor”, afirma Antônio César Cabral, idealizado da Academia da Cidade. “Hoje no Brasil nós temos, por exemplo, 30% de pessoas sedentárias. Certamente é possível mover essas pessoas, transformá-las em pessoas menos sedentárias e mais ativas”, acredita Deborah Malta. “Tem final de semana que saio na sexta-feira, no sábado e no domingo. E na segunda-feira estou aqui de volta, com todo pique”, afirma dona Maria José de Santana. O pique de um junto com o pique de muitos. Ações que ajudam na promoção da saúde. É assim, com a soma de atitudes saudáveis, que cada um pode mudar a própria vida e melhorar até uma cidade inteira. (Fonte: GR).

 

Nota deste blog: uma matéria que orgulha não só os aracajuanos, mas todos os sergipanos e serve de incentivo para que mais pessoas pratiquem bons hábitos. Parabéns Aracaju!

 

 

 

Enfim, a lista sêxtupla da OAB I

A Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Sergipe (OAB/SE) encerrou a consulta direta aos advogados para formação da lista sêxtupla que norteará o Tribunal de Justiça e o governador Marcelo Déda na escolha do novo desembargador. A lista ficou formada pelos advogados Edson Ulisses de Melo, Emília Correia, Aida Mascarenhas Campos, Gilmar Dias, José Alvino e Jorge Rabelo. Edson Ulisses foi o candidato mais votado, tendo 652 votos. No total 836 advogados em Aracaju e Itabaiana, votaram nos seis nomes de sua preferência, dentre os 16 candidatos. Além do nome de Edson, compõem a lista: Emília Correia (407), Aída Campos (273), Gilmar Dias (228), José Alvino (227) e Jorge Rabelo (180). A lista será homologada pelo Conselho da OAB em reunião no próximo dia 14, em seguida será  enviada ao Tribunal de Justiça (TJ). Em posse da lista, o TJ irá indicar três dos seis nomes para enviar ao Governador Marcelo 

 

Enfim, a lista sêxtupla da OAB II

O presidente da OAB, Henry Clay Andrade, se diz contente com o resultado final das eleições. “Quem ganhou foi a OAB, que teve uma eleição democrática. A decisão de que essa eleição não teria quórum mínimo foi certa, porque dessa vez tivemos menos quórum do que nas duas primeiras tentativas”, ressaltou. Para o candidato escolhido, Edson Ulisses, o resultado da eleição refletiu o trabalho realizado. “Colhemos agora os frutos daquilo que foi plantado. Com a eleição toda a democracia na OAB ganha”, afirmou. (Infonet).

 

CUT/SE envia ofício ao secretário Nilson Lima I

Em virtude dos protestos e greves que estão pontuando a vida dos servidores públicos de Sergipe, das inúmeras irregularidades, dos descasos e da falta de negociação entre sindicatos e Governo, a Central Única dos Trabalhadores de Sergipe protocolou ofício, encaminhado ontem, 3, ao secretário de Estado da Fazenda e coordenador da bancada governamental na Mesa de Negociação Permanente, Nilson Lima, cobrando providências relativas ao andamento da mesma. O documento foi criado pela bancada sindical, em reunião, na sede da CUT/SE. Leia o ofício: Na forma do Decreto no 24.507 de 16 de julho de 2007, que instituiu a  Mesa de Negociação Permanente (MNP) no âmbito da Administração Direta, Autárquicas e Fundacional do Poder Executivo do Estado de Sergipe e em conformidade com o seu regimento pelo presente vem informar e em seguida solicitar conforme agora segue: 1)Que o fato de transcorrer todo o mês de março sem que houvesse reunião da Mesa de Negociação Permanente (MNP), gerou uma série de problemas na relação entre dirigentes sindicais e dirigentes de órgãos do estado, no que se refere a instalação das Mesas de Negociação Setorial;

 

2)Que embora tenha sido definido na última reunião da Mesa de Negociação Permanente (MNP), realizada em 25 de fevereiro de 2008, a instalação das Mesas de Negociação Setorial, conforme relato de várias entidades, várias ainda não foram instaladas, em desrespeito à determinação do referido instrumento de negociação coletiva;

 

Palestra sobre propaganda política

A Escola Judiciária do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe realizará palestra a ser proferida pelo renomado Professor Thales Tácito Pontes Luz de Pádua Cerqueira, Promotor Eleitoral do Estado de Minas Gerais, às 15h do dia 7 de abril, no Auditório do TRE/SE. A palestra terá como tema os “Aspectos materiais e processuais da propaganda política e o poder de polícia do Juiz Eleitoral”.

 

Febrac realizar maior evento do setor de serviços e limpeza

A Febrac, entidade presidida pelo empresário Laércio Oliveira e que adotou recentemente o nome de Federação Nacional das Empresas de Serviços e Limpeza Ambiental, realiza na próxima semana o maior evento do setor – o Encontro Nacional das Empresas de Asseio e Conservação (ENEAC). Este ano, será no paradisíaco resort Costão do Santinho, em Florianópolis (SC), que deve reunir cerca de 1500 empresários do segmento de todo o Brasil.

 

Fiel da balança em Carmópolis

Em reunião na última sexta-feira,04, à noite, em Carmópolis envolvendo dirigentes e simpatizantes dos partidos aliados do governo estadual foram traçadas algumas metas no município. A disputa eleitoral está polarizada entre o PT (Esmeralda França) e o PP (Leninha da Graça), mas para onde pender o PSB (João Gilberto-Gil, filho do ex-prefeito Theotônio Neto) será definida a eleição. Carmópolis é considerada politicamente uma das cidades estratégicas para o PT Governador Marcelo Deda.

 

Pressões em Aracaju

Perguntar não ofende: será que o prefeito Edvaldo Nogueira e o governador Marcelo Déda vão ceder as pressões do PSDB em Aracaju? Os recados são mandados diariamente pelo porta voz oficial na imprensa. Tem jeito não. Tem gente que não sai da barra da saia do poder por nada neste mundo…

 

CUT/SE envia ofício ao secretário Nilson Lima II

3)Que há ainda órgãos e secretarias que pretendem instalar a Mesas de Negociação Setorial de forma irregular, em desrespeito ao decreto e regimento supracitados; 4)Que o não funcionamento desse instrumento de negociação coletiva, tem gerado uma visível insatisfação entre os servidores, dos quais já há greve deflagrada, manifestações com indicativo de greve; 5)Que mesmo havendo solicitado desde setembro do ano passado, as informações requeridas para subsidiar à bancada sindical e ao funcionamento da própria Mesa, até o momento não foram apresentadas; 6)Que há ainda a necessidade da formulação e definição de uma Política Salarial para os servidores públicos estaduais, sem que até o presente houvesse sinalização dos representantes do governo neste sentido;  7)Que o governo precisa apresentar os dados das finanças do estado, bem como a projeção para o exercício 2008; Neste sentido, após reunir com representantes das entidades sindicais que integram a Mesa de Negociação Permanente (MNP), vimos solicitar também uma reunião da referida Mesa a ser marcada o mais rápido possível, de modo a avançar no estabelecimento de uma nova relação do Estado com os servidores, evitando o descrédito desse instrumento de negociação coletiva que fora instituído.  Sendo só o que nos apresenta para o momento, subscrevemo-nos. Antônio Carlos da Silva – presidente da CUT/Sergipe.

 

 

Presas provisórias recebem títulos eleitorais

Objetivando assegurar o direito ao voto às detentas provisórias que estão sob a custódia do Estado no Presídio Feminino de Aracaju, a 2ª Zona Eleitoral de Sergipe, sediada em Aracaju, regularizou a situação eleitoral das mesmas perante o Cadastro Nacional de Eleitores, por intermédio de operações de inscrição, transferência ou revisão eleitoral.  Tal iniciativa culminou com a entrega dos títulos eleitorais às referidas detentas, em evento realizado na manhã do dia 31 de março, que contou com as presenças da juíza eleitoral daquela zona, Rosa Brito, Luiz Ferreira, chefe de Cartório, Gleide Nascimento, auxiliar de Cartório, além da diretora do Prefem, Jeane Tavares. O novo local de votação, Presídio Feminino de Aracaju, resulta da transferência da 452ª Seção, outrora localizada na Casa de Detenção de Aracaju, desativada, e estará disponível para as internas e para toda a comunidade do Bairro América. Segundo a juíza da 2ª Zona Eleitoral, os membros da mesa receptora da referida Seção serão indicados pela OAB, a exemplo dos anos anteriores. “A importância deste fato, é garantir o direito que as internas têm de votar”, afirmou Rosa Britto. A diretora do Prefem, Jeane Tavares ressaltou a importância da iniciativa para que as internas se sintam cidadãs. “Que a urna traga o exercício da cidadania para as internas”, afirmou.

 

Própolis contra Dengue I

Texto que circula na Internet e já foi publicado em vários jornais do país: Segundo um pesquisador de Florianópolis, basta tomar algumas gotas diárias para que o mosquito nem se aproxime! Ninguém divulga porquê não há interesse, a própolis é barata e não enriquece ninguém, as indústrias farmacêuticas ganham fortunas com remédios para amenizar os sintomas da dengue, a Johnson ganha fortunas vendendo o Off, que é repelente de insetos. Biólogo explica como usar Própolis contra Dengue – O biólogo Gilvan Barbosa Gama, de Florianópolis, explica como usar a própolis contra a dengue. Segundo ele, a própolis exala na sudorese dois dos seus princípios ativos (flavona e vitamina B) que repelem os insetos. Composição da Própolis – A própolis é uma cera produzida pelas abelhas a partir cascas, resinas e botões de flores. Sua composição: além das vitaminas do complexo B, C, H e O, a própolis também possui em sua composição a Flavonóides, galangia, resinas com bálsamo, cera e pólen.

 

Própolis contra Dengue II

Uso Preventivo – A tintura de Própolis na prevenção aos mosquitos da dengue, deve ser ingerida da seguinte forma: Adultos: de 30 a 40 gotas diluídas em água (ausente de cloro). Um copo a cada 6hs. Crianças: crianças de 0 a 10 anos deverão tomar a metade do peso corporal em gotas diluídas em água sem cloro (quantidade a critério). Uso com a Dengue Instalada (TRATAMENTO RADICAL) – Adultos: tomar 7,5ml do extrato de própolis diluído em água (sem cloro). 1/2 copo na crise febril, ou seja, quando a febre se mostrar mais elevada. A partir daí, repetir esta mesma dosagem mais 3 vezes a cada 2hs. Crianças: – crianças de 0 a 3 anos: 1,5 ml do extrato de própolis diluído em água sem cloro (quantidade da água a critério) quando a febre se mostrar mais severa. A partir daí repetir esta mesma dosagem mais 3 vezes a cada 2hs. – crianças de 3 a 6 anos: 3,0 ml do extrato de própolis diluído em água sem cloro (quantidade de água a critério) quando a febre se mostrar mais severa. A partir daí repetir esta mesma dosagem mais 3 vezes a cada 2hs. – crianças de 6 a 10 anos: 5,0ml do extrato de própolis diluído em água sem cloro (quantidade de água a critério) quando a febre se mostrar mais severa. A partir daí repetir esta mesma dosagem mais 3 vezes a cada 2hs.

 

Própolis contra Dengue III

OBSERVAÇÕES IMPORTANTÍSSIMAS – Gilvan alerta, para não esquecer de fazer o teste ALÉRGICO para ver se quem vai tomar a própolis não é alérgico a ela. É muito rara esta sensibilidade mas pode ocorrer. Caso queira trocar a água sem cloro pela água de coco, é uma excelente pedida.

 

 

Emendas sobre mercado de crédito de carbono I

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CMADS) da Câmara Federal incorporou três emendas do deputado Iran Barbosa (PT-SE) ao projeto de lei 493/2007, aprovado esta semana. O PL disciplina a organização e a regulação do mercado de créditos de carbono na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, através da geração de Redução Certificada de Emissão (RCE) em projetos de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL). Iran Barbosa lembra que, segundo as metas firmadas pelo Protocolo de Kyoto (1997), para a redução de emissões de gases de efeito estufa, no período de 2008 e 2012, países considerados não poluidores, a exemplo do Brasil, podem vender quotas de redução de emissões – as chamadas RCEs. “Por isso o Brasil é tido como um dos maiores potenciais geradores de Reduções Certificadas de Emissões”, afirma Iran.

 

Emendas sobre mercado de crédito de carbono II

Uma das propostas acatadas modifica o texto do parágrafo único do artigo 2º do PL. A emenda determina que a RCE será certificada por Entidade Operacional Designada (EOD), credenciada pelo Conselho Executivo do Mecanismo Limpo, no caso o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro). Também disciplina que são obrigatórias as seguintes etapas de validação: concepção do projeto, validação e aprovação do projeto, registro do projeto, monitoramento da atividade de projeto durante a sua realização, verificação e certificação do projeto e emissões das reduções certificadas de emissão.  A segunda emenda, determina que as RCEs estão sujeitas à Lei 6.385/76 (dispõe sobre o mercado de valores mobiliários e cria a Comissão de Valores Mobiliários), quando ofertadas publicamente. A terceira emenda disciplina que as operações de RCE são isentas de tributação de qualquer natureza.

 

União indeniza jornalistas do “Pasquim” em R$ 1 mi cada I

A Comissão de Anistia do Ministério da Justiça aprovou o pagamento de R$ 11,7 milhões em indenizações a 20 jornalistas que sofreram perseguições políticas durante o regime militar (1964-1985). Fundadores do semanário “O Pasquim”, em 1969, Ziraldo e Jaguar (Sérgio Jaguaribe) receberão os maiores valores. Jaguar receberá R$ 1.027.383,29 e Ziraldo, R$ 1.000.253,24. Terão direito ainda a vencimentos mensais até a morte de R$ 4.375,88. Ziraldo, que estava na sessão, disse que não aceita críticas por ter buscado reparação pelas perseguições que sofreu dos governos militares, como três prisões, demissões e fechamentos de jornais e revistas que fundou ou em que trabalhou. Segundo ele, quem contesta seu direito à anistia e à indenização é “cagão” e nunca “botou na seringa”. “Minha aposentadoria é de R$ 1.200. Essa indenização será a minha aposentadoria. Fiquei emocionadíssimo. O Brasil me deve essa indenização.”

 

União indeniza jornalistas do “Pasquim” em R$ 1 mi cada II

Para receber a quantia, Ziraldo e os demais terão de responder à comissão, por escrito, se concordam com a indenização ou se devem recorrer do valor. Se concordarem, o pagamento será feito neste semestre. Jaguar não esteve na sessão. Seu advogado lembrou que o cliente foi preso e demitido do jornal “Última Hora”, onde trabalhava, e que, quando dirigia “O Pasquim”, a sede da publicação sofreu atentados praticados pela extrema-direita a serviço de militares. Entre os jornalistas indenizados está Ricardo Moraes, ex-militante do Partido Comunista Brasileiro, hoje assessor do ministro da Fazenda, Guido Mantega. (FSP).

 

Frase do Dia

“A qualidade da vida de uma pessoa é diretamente proporcional a seu comprometimento com a excelência, independentemente do campo de atividade escolhido por ela”. Vince Lombardi.

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais