A força feminina da informática

0

O que temos visto nos últimos anos é uma diminuição cada vez maior da participação feminina na área de informática. Isto é ruim, pois deixa o mundo corporativo muito masculinizado, o que por si só já o deixa muito mais agressivo e com o sentido de competição. A presença feminina humaniza o ambiente deixando-o mais equilibrado.

Ao contrário do que muita gente pensa (que as mulheres não têm jeito com informática), sempre acreditei que deveria ter alguma razão para ter tão poucas mulheres na área. Nunca achei que fosse questão de inteligência, até porque tenho encontrado muitas mulheres inteligentes na área (até acabei me casando com uma). Ao longo dos anos que passei como professor pude constatar que são tão competentes quando os homens e com uma vantagem: são muito mais concentradas. Entretanto, o motivo da escassez sempre ficou martelando na minha cabeça.

Vendo uma reportagem com uma gerente de recursos humanos da IBM obtive a resposta. Ela falou que numa pesquisa, conduzida por Harvard, indicou que as mulheres escolhem sua carreira buscando ajudar a humanidade, ou seja, dando um sentido humano para a sua profissão. Dessa forma, as ciências exatas sempre levam desvantagem. Isto confirma o motivo da área da saúde ser tão populada pelo mundo feminino. Outro ponto colocado pela pesquisa é que as mulheres gostam de fazer amizades com outras mulheres dentro da profissão. Como é cada vez menor o número de mulheres atuando em informática, a tendência é que haja uma diminuição ainda maior.

O que nós podemos fazer para reverter essa situação? O que precisamos fazer nos pré-vestibulares é ressaltar as qualidades da área. Temos que mostrar que informática tem sentido e que as mulheres poderão ajudar a mudar o mundo a sua volta. Ainda podemos mostrar que é possível atingir muito mais pessoas do que, por exemplo, uma dentista ou uma médica. Nós podemos atingir centenas ou milhares de pessoas com o nosso trabalho, ou seja, podemos ajudar muito mais gente.

Bem, hoje está claro o motivo de não ter tantas mulheres na área. Entretanto, vou continuar contando aquelas piadinhas do XOR (ou exclusivo), onde ou é bonita ou é inteligente. Afinal de contas, a vida precisa ter um pouco de graça.

Até a próxima semana!

 

Em tempo: Minha irmã está à beira de fazer vestibular e ela já escolheu que quer fazer informática. Parabéns Elisa, você está escolhendo uma profissão que ainda tem muito futuro pela frente. Tenha boa sorte e conte comigo para o que precisar.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários