A “terceira via” está chegando

0

Pode estar surgindo nesta semana que hoje se inicia a chamada “terceira via” para as eleições de outubro deste ano. O Senador Antônio Carlos Valadares, com o intuito de viabilizar a candidatura do próprio filho, o deputado federal Valadares Filho, ao governo do Estado, estaria formalizando um acordo com o PRB de Heleno Silva e de Jonny Marcos. Assim, o PSB já aliado a Rede Sustentabilidade tornar-se-ia parceiro do PRB. Neste caso, o Senador Antônioi Carlos Valadares abriria mão de sua quarta reeleição ao Senado Federal. O posto de candidato ao Senado ficaria com o Pastor Heleno. A segunda vaga ao Senado poderia ficar com a Rede, se, naturalmente, tiver interesse. De concreto o que exista qaté o momento é que Heleno Silva que tinha compromisso com o Senador Eduardo Amorim em apoiá-lo para o governo do Estado retrocedeu nos últimos dias.  O PRB não tem sequer conversa com os oposicionistas, como André Moura e  e Eduardo Amorim. Mas tem dialogado com muita frequência com o PSB de Antônio Carlos Valadares. Assim, a terceira via seria formalizada com o deputado federal Valadares Filho, candidato ao governo do Estado; Heleno Ávila, candidato ao Senado; Dr. Emerson Ferreira, candidato a vice-governador (ou até mesmo ao Senado, na segunda vaga). Pela situação, a chapa ao Senado estaria formada: Jackson Barreto e Dr. Rogério Carvalho, como os dois candidatos ao Senado e Eliane Aquino, do PT, como candidato a vice-governadora. Na Oposição, a indefinição persiste, mas está se aproximando o momento de anunciar o Dr. Eduardo Amorim como candidato ao governo  e André Moura como candidato ao Senado. Os fofoqueiros de plantão já preveem uma dobradinha não-oficial entre os candidatos ao Senado Jackson Barreto e André Moura. E ainda tem os candidatos de partidos nanicos para o mesmo pleito de outubro próximo.

Rede não confirma

O coordenador de Organização do partido Rede Sustentabilidade, Fernando Luiz, entrou em contato com a equipe de jornalismo do Portal Infonet na manhã desta segunda, 14, para informar que não existe nenhuma tratativa de coligação dentre o PSB e a Rede. Ele enfatiza que a sigla já tem pré-candidato ao governo do Estado. “Não iremos abrir mão de Dr Emerson como pré-candidato ao governo nas eleições deste ano”, ressalta.

Críticas de Lula a Gleisi Hofman

O ex-presidente Lula da Silva, ora cumprindo pena em cela especial da Polícia Federal, em Curitiba, não perdoa a presidente do seu partido, o PT, a Senadora Gleisi Hoffman e a ela tem dirigido críticas, entremeados com muitos palavrões. É a reação de Lula à promessa de Gleisi de parar o País, a partir do momento em que ele fosse preso. Como o País não parou em momento algum, Lula credita “à incompetência da Gleisi”. Lula tem insistido com o pessoal do PT que consegue visitá-lo na cadeia em Curitiba, que é candidato a Presidente da República e que fará campanha mesmo estando preso. “Tem que deixar meu nome circulando”, insiste Lula. Na hipótese de não puder ser candidato, Lula apontaria um nome para sucedê-lo. O nome aventado, o de Ciro Gomes, não foi bem recebido no PT. Ele gostaria que fosse Boulos que é candidato do PSOL. Mas quem está se preparando para a corrida presidencial é o ex-governador da Bahia, Sr. Jacques Wagner; na hora que Lula disser “boca de forno”, Wagner gostaria de ter tudo preparado para ir às ruas, com slogans e jingles.

O Podemos vai de Emília Correia

Embora partido com pouco tempo de atuação no mercado político, o Podemos já tem como certa a presença da vereadora Emília Correia como candidata ao Senado nas eleições de 2018. Para o Podemos Emília correia representa a nova política, não somente pela sua jovem trajetória política, como pela lealdade a suas convicções e princípios éticos e morais que norteiam suas ações políticas.  “Penso que o quadro político do Estado está sem definição clara de candidatos com o perfil esperado pelo eleitor que busca honestidade, confiança e passado ilibado. Dessa forma, a vereadora Emília Correia  se consolida como primeira opção”, disse o sr. João Nascimento, presidente do Podemos em Sergipe.

Ministro vem lançar programação do São João

O Ministro da Cultura do Brasil, Sr. Sérgio Sá Leitão, estará no próximo dia 25 de maio em Aracaju para fazer o lançamento da programação do Forró de Sergipe, que engloba o Forró-Caju e outras festas de São João no interior do Estado. O Ministério garantiu uma verba de 16 milhões de reais para todo o Estado visando os festejos de São João. Ao Forró Caju foram destinados três milhões de reais, o que deixou o Prefeito Edvaldo Nogueira bastante animado a ponto de anunciar festas de São João em vários bairros. A programação será lançada em Aracaju no dia 25 de maio próximo com a presença do Ministro da Cultura. Será o início dos festejos juninos. A solenidade acontece na Rua São João, nas proximidades do bairro Santo Antônio.

A coluna sofreu acréscimo às 09h52 desta segunda-feira para acréscimo da nota do coordenador da Rede.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários