Abandono do Centro repercute na Alemanha e na Áustria

0

   Dias atrás publiquei matéria, em nosso blog, denunciando o abandono e, mais grave, o desmonte do Centro Esperança de Deus, em Porto

Pe Leeb em ação no Centro Esperança de Deus

do Mato, no litoral sul de Estância, após a saída do padre Leeb, seu fundador, após 30 anos de muita luta e dedicação.
  Sinceramente, não esperava tanta manifestação de apoio à obra transformadora do misssionário austríaco, cuja história contei em resumo na aludida matéria e de repúdio à situação atual.
   Quem quiser saber mais sobre o trabalho do padre Leeb poderá adquirir o livro "A força da Fé – Padre Leeb: uma Vida que faz História",escrita pela professora Geovana de Oliveira Lima, disponível na livraria Escariz. A publicação, de 300 páginas, fartamente ilustrado, traz em detalhes a vida do homem que sempre esteve além do seu tempo, propondo paradignas inovadores dentro da Igreja e da sociedade.
   Desde que tornei público a minha decepção com os rumos do Centro, venho recebendo diversas manifestações de pessoas que leram a matéria, também publicada no Jornal da Cidade, em sua edição dominical, não só de residentes em Sergipe como também de pessoas que moram em outros estados e até de estrangeiros que conheceram o Centro, como é o caso do email que recebi nesta segunda-feira, 17 de junho, assinado por Marianne Christensen e mais 27 signatários, da Alemanha e da Áustria,  que gostaria de transcrever abaixo. Leiam:

………………………..
Prezado Jornalista Lucio Dias,
Quero parabenizá-lo pelo artigo sobre  a situação em que se encontra o Centro  Esperança de Deus, após a saída de Pe. Leeb.

Fiquei muito chocada e  imensamente triste e mais ainda preocupada, ao lado dos  colaboradores abaixo citados, que também leram o artigo e que ficaram abalados aqui na Alemanha/Austria,  pois o Pe. Leeb é uma pessoa muito respeitada no nosso meio e goza da nossa inteira credibilidade e confiança, fruto do grande projeto que ele criou para a populacao carente de Porto do Mato.
Como benfeitora  desta obra por muitos anos, acho que tenho o direito ( e tambem  estou autorizada por esses colaboradores) em alertar as autoridades de Sergipe por esse descaso com a obra de Pe. Leeb, ele que deu a vida por esta projeto que beneficiou milhares de pessoas  e agora ficar da forma como nos podemos ler. A entrega da obra Esperanca de Deus para a Diocese de Estancia merecia  toda  atenção e não deveria ser abandonada. Quero alertar o Poder Publico do Estado de Sergipe para chamar para si urgentemente as redeas dessa  obra, que esta sem controle na destruicao de um patrimonio e trabalho tao serio feito para servir a um povo. Se a Diocese de Estancia  virou as costas para esta trabalho, só usufruindo do seu patrimônio, é hora de arregarçar as mangas e corrigir esta situacao catastrofica.

Prezado Dr. Lucio, peco divulgar o nosso grito de alerta à comunidade sergipana, que conhecemos bem,  em  cujo lugar aprendemos a admirar, respeitar, durante anos seguidos,   com o apoio financeiro, espiritual e humano.

Com os nossos sinceros agradecimentos por nos chamar a atencao para esta grave problema, deixo minhas agradecimentos.

Marianne Christensen
Spraterstr. 14
67067 Ludwigshafen
Tel.: (0049) 0261 5294350
e-mail: mnchristensen@t-online.de

Obs.: Só do meu circulo em relacionameto também escrevo em nome dos seguintes colaboradores:

Erika Kniebel
Gerda Brenzing
Anne Beyen
Hildegard Lenz
Inge Pohle
Martina Scharl
Niels Christensen
Gertrud Christmann
Gusti Lutzenberger
Alfred Lutzenberger
Baerbel Kunisch
Sieglinde Thiel
Magdalene Wabnik
Else Heinze
Andrea Kniebel
L. Stephan
Gerda Meyer
Hilde Huehne
Sigrid Wolf
Helmut Lueder
Trudi     Kotzmann
Eva Klinger
Sigrid Biermann
Maria Friedmann
Achtelik
Ilse Bormann

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários