Abuso do uso do espaço público

0

A cada ano as campanhas eleitorais têm mudanças significativas, como por exemplo, a proibição correta do fim dos showmícios e a distribuição de brindes dos diversos tipos. Particularmente este jornalista entende que camisas e bonés deveriam ser liberados porque têm um custo moderado e podem ser adquiridos por todos os candidatos. Tem muito eleitor que faz questão de vestir uma camisa ou colocar o boné do seu candidato.

 

Por outro lado a Justiça Eleitoral necessita urgentemente disciplinar o uso dos carros de som. Este espaço recebeu reclamações de quase todos os municípios. O barulho ensurdecedor não ajuda, atrapalha significativamente a vida de todo mundo. E grande parte dos candidatos não se toca. Acha que é bonito, que ganha voto e tudo mais. É uma torre de babel, onde mudam as letras das músicas e utilizam todos os tipos de ritmos, principalmente os baianos, que entram pelos ouvidos dos eleitores e por pouco não estouram os tímpanos de todos.

 

Um leitor, Alexandre Luz, abordou com pertinência o assunto escrevendo sobre o abuso do uso do espaço público por parte de muitas campanhas. Escreveu ele:  “Gostaria de destacar os problemas relacionados ao uso de carros de som: carros com uma potência de som muito elevada, passando a todo instante (sim, das primeiras horas da manhã até altas horas da noite). Estive com amigos na orla de atalaia e nossa conversa era interrompida a cada cinco minutos por algum caminhão que despejava em nossos pobres ouvidos alguma musiquinha em volume quase ensurdecedor. Eu me perguntava: qual a contribuição de refrões repetidas à exaustão para  o processo de escolha democrática? Qual a visão que pode nortear a  gestão de quem ocupa o espaço público com este grau de agressividade? Como disse meu filho, do alto dos seus nove anos, com a mão tapando os  ouvidos: “eles dizem que querem melhorar, mas já estão piorando!”

 

O e-mail de Alexandre reflete a opinião de centenas de sergipanos e com certeza, de brasileiros em todo país. Aliás, justiça seja feita. Algumas autoridades de Sergipe já perceberam que o prejuízo que vêm causando os carros de som. Uma delas é o  procurador do Ministério Público Eleitoral em Sergipe (MPE/SE), Paulo Guedes, que em entrevista ao JC, no último final de semana defendeu que,nas eleições de 2010, os candidatos não tenham mais o direito de utilizar carros de som pelas ruas para pedir voto ao eleitor. O incômodo para a população é muito grande. Eu acho que é desproporcional ao direito dos candidatos. O carro de som desconcentra as pessoas nos seus trabalhos e incomoda na vida particular”, salientou o procurador, lembrando que o alto som tira o sossego, sobretudo de crianças e idosos.


A Justiça eleitoral poderia determinar que cada candidato proporcional tenha direito a apenas um carro de som e que o majoritário tenha um trio elétrico e um mini-trio. Seria um grande avanço. Os candidatos precisam entender que o uso do espaço público precisa ser disciplinado.

 

Quem sabe em 2010, o período eleitoral não será marcado por tanto barulho e incômodo. Que a Justiça Eleitoral ouça e atenda, sem fazer barulho, essa reivindicação que é de todos.

 

Augusto está muito nervoso

As provocações descabidas do deputado Augusto Bezerra (DEM), direcionadas ao líder do governo, Francisco Gualberto (PT), por muito pouco não acabaram em pancadaria durante a sessão de ontem, 16, na Assembléia Legislativa. Informado pela presidenta da mesa, deputada Angélica Guimarães, de que não poderia utilizar o tempo do Grande Expediente para discursar na tribuna, por falta de quorum no plenário, Augusto Bezerra revoltou-se contra Gualberto e passou a insultá-lo de maneira deselegante. “Você puxa facão é para sindicalista. Comigo é diferente, pois eu sou um deputado e exijo respeito”, esbravejou Bezerra, claramente nervoso.

 

Provocações para Gualberto

De forma até certo ponto tranqüila, Francisco Gualberto dirigiu-se às imediações da tribuna, encarou Bezerra e limitou-se a fazer um pedido: “Pare de provocar”, disse, sem ser atendido. Percebendo que o clima poderia esquentar ainda mais, a turma do “deixa-disso”, formada por Venâncio Fonseca e Garibaldi Mendonça, encostou em Gualberto para segurar uma possível fúria contra o desafeto Bezerra. Daí, o jeito foi retirar às pressas o deputado provocador do alcance das mãos do líder do governo, já que pelo visto desta vez não seria preciso mostrar facão algum.

 

Falta de quorum e uso da tribuna

O problema é que pela segunda vez, a presidente em exercício, deputada Angélica Guimarães (PSC), mesmo sem quorum concedeu o tempo para Augusto Bezerra falar. Se tivesse cumprindo o regimento o incidente não teria ocorrido.

 

Comissão de Ética

Só em Sergipe a maioria dos deputados tem medo de tomar uma providencia enérgica com Augusto Bezerra. Um deputado que se perder a imunidade parlamentar todo mundo sabe o que acontece. Já pela manhã, por conta do fim das quotas de publicidade, tem empresário chateado que, literalmente, loteou um horário cativo para Bezerra em sua rádio. Sei não, depois da campanha muita coisa pode mudar…

 

É legal desconto apenas para taxistas?

Vários motoristas de táxis e trabalhadores autônomos, resolveram aderir ao GNV para reduzir as despesas. Pois bem, vários postos de combustíveis estão dando desconto apenas para taxistas. É os outros motoristas, não são trabalhadores não? Muitos deles usam seus veículos para se deslocarem diariamente por várias vezes. É legal esse desconto apenas para uma categoria? Com a palavra o MP, o PROCON e quem puder fazer algo para beneficiar todos que aderiram ao sistema GNV.

 

Augusto quer fiscalizar institutos

O deputado estadual Augusto Bezerra (DEM) lamentou o que ele mesmo intitulou de “farra das pesquisas eleitorais” em Sergipe. O Democrata cobrou do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE/SE) que haja uma fiscalização maior sobre os institutos que estão fazendo pesquisas eleitorais no Estado.  Um jornal de circulação no Estado divulgou uma pesquisa do Instituto Soma em Propriá e eu acredito que os números serão desmoralizados quando da apuração das urnas. Digo isso porque uma pessoa representando o instituto Soma foi até o gabinete de Mendonça Prado (DEM) solicitar “X” em dinheiro para aumentar o percentual d

ele. Isso não existe e a Polícia Federal precisa agir”, cobrou o Democrata.

 

Farra de pesquisas no interior

Augusto Bezerra continuou denunciando dizendo que “a verdade tem que ser dita: está uma verdadeira farra de pesquisas no interior do Estado. Colocam insistentemente que determinado candidato vence a eleição, mas a gente não conhece a metodologia destas pesquisas. Continua o deputado: “defendo que o presidente do TRE/SE convoque os responsáveis por cada uma das coligações na capital para que seja estabelecida uma metodologia de pesquisa para que os institutos façam juntos a avaliação. Caso contrário, vão continuar fazendo política de uma forma grosseira, tentando induzir o eleitorado”, disse. (Fax Aju).

 

Encomenda num município da região sul

Sobre o caso das pesquisas Augusto tem razão, tem para todos os gostos. Num município da região sul, por exemplo, foi oferecida uma pesquisa a um candidato. Ele não aceitou então passaram a pesquisa para o adversário. Deve sair no início da próxima semana. Enquanto a Justiça Eleitoral não estabelecer uma norma rígida, com uma metodologia única, estabelecida por ela, a farra continuará…

 

Interesses pessoais acima de tudo

Por conta de algumas notas publicadas esta semana este blog recebeu muitos e-mails com informações interessantes sobre uma área governamental. Todos os e-mails estão sendo checados, desde um pedindo para vascular um galpão cheio de cestas básicas (em Aracaju) até outros, com os nomes de cargos comissionados que estão até mesmo “licenciados” do cargo para se dedicarem a uma campanha política. Tudo está sendo chegado, mas pelas denúncias nota-se claramente como os interesses pessoais estão acima do compromisso com a causa que um setor tanto alardeia?

 

Comissionados fazem paralisação

Parece brincadeira, mas não é que tem gente da direção da SEED que aproveitou a paralisação do magistério ontem, 16, pela implantação do piso nacional da categoria para deixar de trabalhar? Um absurdo. Parece que esquece que a SEED não pode parar e que cargo comissionado tem que cumprir sua função. Ou porque está na direção pode tudo?

 

MPF tem que ficar de olho em Ilha das Flores

O blog vem recebendo diversas denúncias do abuso do poder econômico no município de Ilha das Flores. Segundo as denúncias, o candidato que aportou do Estado de Alagoas, da família Beltrão, está fazendo uma farra com distribuição de material de construção e tudo mais. Está trocando até mesmo para que os eleitores retirem o nome do outro candidato que está pintado em suas casas. Pelo jeito o candidato está pensando que está nas cidades de Alagoas onde esta prática é muito comum, ainda mais ameaça quem pegar alguma coisa dele. Com a palavra a fiscalização da Justiça Eleitoral.

 

Senhores juízes, fiscalizem materiais de construção

Se os juízes eleitorais de todo o Estado desejarem reduzir a compra de votos e até mesmo impugnar diversas candidaturas é fácil. É só fiscalizar as casas de materiais de construção em vários municípios e a entrada e saída de caminhões. Está faltando caminhão para frete em alguns locais. É uma loucura. No mês anterior da eleição, praticamente vende-se de material o que é vendido durante todo o ano. E ninguém faz nada!

 

Dedé do Inhame voltará ao poder

Não é que o ex-prefeito de Malhador, Dedé do Inhame, está com força total nesta eleição. Indicou a filha, Elaine Araujo, como candidata a vice-prefeita de Jadinho, do PRB. Não deu outra, basta dá uma passada no município.

 

CUT/SE não acredita em aposentadoria para Flávio

A Central Única dos Trabalhadores de Sergipe – CUT/SE -, já definiu sua posição acerca da repercussão na imprensa dando contas do desfecho do processo administrativo do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe contra o conselheiro afastado Flávio Conceição de Oliveira Neto, o qual poderá terminar em grande pizza amanhã de manhã. Segundo comenta-se, o TCE concederá aposentadoria precoce ao conselheiro.Se isto realmente acontecer, a CUT/SE entrará imediatamente com ação contra o órgão, junto com outras entidades. Somente depois da indignação da sociedade e de várias manifestações é que o TCE abriu o processo administrativo contra Flávio Conceição. “É um absurdo que um trabalhador tenha que trabalhar duro por 35 anos e cumprir com mais uma série de exigências para ter o direito à aposentadoria, e que Flávio Conceição, em menos de seis meses no cargo, exercendo com conduta incompatível, seja premiado com uma gorda aposentadoria”, afirma o presidente da CUT/SE, Antônio Carlos Góis. O presidente estadual da CUT não acredita que o TCE vá aposentar Flávio Conceição. “Isso seria um tiro no pé de um órgão que tem a imagem tão desgastada perante a população. É um momento ímpar que tem os membros do TCE para minimizar os efeitos negativos, que a cada dia que passa tende a se alastrar”, diz. (Jornal da CUT).

 

Brincar é coisa de criança: doe um brinquedo

O Tribunal de Justiça, através da Diretoria de Comunicação, está promovendo a partir dessa sexta-feira, dia 19, a campanha “Brincar é coisa de criança” que visa arrecadar brinquedos entre os Servidores e Magistrados para as crianças abrigadas em Sergipe . Os brinquedos serão arrecadados em diversos postos instalados nos fóruns do Estado e serão distribuídos na semana da criança. A Presidente do Tribunal de Justiça, Desembargadora Célia Pinheiro, que administra o Poder Judiciário com o slogan “Semeando em terreno fértil”, um trabalho voltado para proteger crianças e adolescentes, solicitou o apoio dos Magistrados e Servidores  para o sucesso da campanha. “ Nos abrigos de nosso Estado temos em média 300 crianças; se os Magistrados e Servidores doarem um brinquedo conseguiremos um numero expressivo, e assim  dar um pouco de alegria para nossas crianças numa data tão importante, como é o dia delas”, destacou. As pessoas interessadas em colaborar com a campanha terão disponíveis ainda esta semana os pontos de arrecadação. (Ascom/TJ).

 

Mendonça defende educação no trânsito

O candidato a prefeito de Aracaju, Mendonça Prado (DEM) pretende colocar em pratica um Plano Diretor de Trânsito sob a coordenação de uma eficiente engenharia de tráfego que irá se dedicar a uma política voltada para a educação do cidadão e não para a punição pura e simples, como vemos hoje com a fiscalização eletrônica atual na cidade. No centro da cidade Mendonça pretende reorganizar o tráfego e, dentre as primeiras providências, vai extinguir definitivamente o contrato dos parquímetros “que tornaram as vias centrais da cidade verdadeiros caça-níqueis para uma empresa privada acumular lucros de milhões de reais cobrando até de quem estaciona em frente à sua própria casa “, afirma o candidato. Ele não se conforma com o fato de que o contrato que criou os parquímetros reserva 94% do faturamento para uma empresa privada cujo proprietário ninguém conhece, enquanto a prefeitura fica com apenas 6% do valor total. “É um absurdo que tenha mudado a administração da prefeitura e não tenha sido tomada nenhuma providência”, diz.(Da assessoria).

 

Vaqueirama em Nossa Senhora da Glória

Será realizada no próximo dia 25, a tradicional Vaqueirama do município de Nossa Senhora da Glória com destino a Porto da Folha para a 38ª Festa do Vaqueiro. Sob o comando de Ernando da Oficina, os representantes do  município fará a sua 2ª Cavalgada em cima dos seus animais cortando o sertão sergipano para juntos participarem da maior concentração de vaqueiros do Nordeste. A saída dos bravos cavaleiros acontecerá em frente ao bar do finado “Dedé de Rolinha” a partir das 8hs do dia 25. O grupo primeiro sairá com destino à igreja Matriz de Nossa Senhora da Glória para receberem a benção do Padre Márcio, de onde seguirão em estradas vicinais e caatinga sergipana. Não precisa ser nenhum especialista no assunto para constatar a felicidade que eles (Vaqueiros), sentem em participar dessa viagem onde batem papo, alimentam-se, tomam uma cachacinha e etc. Sempre respeitando o ambiente e o nome dos cavaleiros que estão presente e ouvindo o repentista Manoel do Burro com suas brincadeiras e versos.

 

Novos editais de incentivo da Fapitec/SE I

Novos editais da Fapitec/SE incentivam a Comunicação Científica em Sergipe Com o objetivo de apoiar projetos de divulgação científica ou tecnológica, com ênfase nas atividades de pesquisa desenvolvidas em Sergipe, e de incentivar publicações não periódicas na área de ciência e tecnologia, a Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec/SE) lançou os editais de Popularização da Ciência e de Apoio à Publicação Científica e Tecnológica. As propostas qualificadas em ambos os editais serão financiadas com recursos do Fundo Estadual para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funtec), sob a gestão da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia, pasta a qual a Fapitec/SE é vinculada.  Para o edital de Popularização da Ciência foi disponibilizado um valor total de R$ 75 mil alocados em até duas parcelas, em 2008 e 2009.  Ele se destina à divulgação regular e atualizada em diferentes meios de comunicação, como jornais, revistas, rádio, TV, internet e afins. Entre os itens financiáveis estão: material de consumo, serviços de terceiros – pessoa física e jurídica, diárias, despesas bancárias, e despesas com transporte e equipamentos.

 

Novos editais de incentivo da Fapitec/SE II

Além disso, serão oferecidas bolsas de Iniciação Tecnológica Industrial (ITI) que darão suporte à realização dos projetos. O prazo limite para a apresentação de propostas é dia 14 de outubro.   O edital de Apoio à Publicação Científica e Tecnológica, por sua vez, prevê apoios de até R$ 10 mil por proposta, perfazendo um total de R$ 100 mil. O intuito é difundir conhecimentos, técnicas ou tecnologias que sejam relevantes para o Estado de Sergipe e seu desenvolvimento científico. São passíveis de financiamento serviços referentes à revisão gramatical e ortográfica, digitação, normalização, programação visual, editoração, impressão e acabamento. Também poderão ser financiadas despesas bancárias e com serviços de terceiros. A apresentação das propostas pode ocorrer até o dia 23 de outubro. Os editais, na íntegra, podem ser visualizados no sítio da Fapitec. Mais informações pelo telefone (79) 3259-0363 ou através do e-mail comunicacao@fapitec.se.gov.br.

 

DO LEITOR

 

Candidato abusa, para dizer que é perseguido

Tenho acompanhado sua coluna  diariamente, inclusive o episódio “leitor de Itabaiana” – minha solidariedade. Estou preocupado com os rumos da campanha eleitoral em Aracaju, senão vejamos: Um certo candidato que vem se dizendo vítima de tudo e de todos devia orientar melhor sua poderosa e rica equipe , pois presenciei hoje pela manhã, 16, um micro ônibus plotado com sua “bela” foto parado indevidamente em frente a uma casa comercial na Avenida Saneamento, fechando a entrada do estacionamento. Buzinei aguardando que o motorista o retirasse e não obtive êxito. Parei adiante, fiz minha compra e ao final conversei com o gerente do estabelecimento que de pronto me respondeu: “se eu chamar a SMTT eles vão alegar mais uma vez que estão sendo perseguidos, fui embora e o micro continuava no mesmo lugar”.

 

Sobre candidaturas no PT I

Do advogado José Carvalho Júnior, Membro da Executiva Municipal do PT e da corrente Articulação de Esquerda: “A proximidade das eleições está deixando muitas mentes inquietas e esta instabilidade, como dizem, não traz bons conselhos. Caro colunista, enquanto membro do PT e da Articulação de Esquerda, lhe digo, tenho e a corrente a qual componho, também tem, respeito pelos membros das outras correntes do PT. É bem verdade que temos diferenças políticas e em alguns pontos, diferenças profundas. Mas é importe afirmar que hoje muitos candidatos do PT, não possuem nenhuma identidade com o que o PT sempre defendeu.São candidatos que usam a legenda do PT para projetos pessoais de poder.O PT, para mim e para muitos outros petistas, não pode ficar refém de interesses de grandes empresários, sob pena de não ter a independência necessária para defender os interesses dos trabalhadores.Por isso os candidatos da Articulação de Esquerda não recebem dinheiro de grandes empresários”.

 

Sobre candidaturas no PT II

Continua José Carvalho:Caro colunista, nossas campanhas são financiadas pelos nossos militantes e por pessoas que acreditam na nossa trajetória, com uma simples metodologia, quem ganha mais contribui com mais, quem ganha menos, contribui com o que pode.Somado a isso realizamos eventos para arrecadar recursos, como Feijoadas e Cozidos.Talvez seja mais fácil acreditar, que o que afirmei não é verdade, e o dinheiro no fundo, vem mesmo é do sindicato, mas acreditando ou não, os membros da Articulação de Esquerda são pessoas sérias, que respeitam o dinheiro dos trabalhadores. É clara que não é fácil vencer uma eleição desta forma, exige muito trabalho, dedicação, responsabilidade, coerência para fazer com que as pessoas acreditam no que agente fala e faz. Caro colunista, a nossa diferença é que fazemos política convencendo as pessoas e não comprando-as. Talvez sejamos os últimos românticos, uma espécie em extinção, como o ultimo Samurai, mas é assim que somos, pois preferimos perder fazendo a luta justa, da forma certa, do que vencer e governar de cabeça baixa, contra aqueles que nos elegeu”.

 

Disputa em São Cristovão

Do leitor Ramon Pimentel: “Vejo que infelizmente nunca irá acabar essa briga que antecede as Eleições municipais em todo estado, mais em São Cristóvão não podemos dizer que são “”Brigas”” , e sim desrespeito à todos os moradores que ali residem, seja na cidade de São Cristóvão ou no Grande Rosa Elze, sou morador do Conj. Eduardo Gomes, que neste Domingo 14/09 aconteceu como de costume todos os anos o Desfile cívico, eu estava presente quando vi um cidadão que atende pelo nome de “”Sidney”” que trabalha para um certo candidato  à Prefeitura de São Cristóvão agredindo à todos que estavam assistindo o desfile, inclusive menores de idade, venho aqui expressar também minha indignação sobre os fatos que vem acontecendo diariamente por causa de certos Cabos eleitorais deste mesmo candidato, peço aqui como morador e eleitor, que Política se faz com Respeito e Ética não só aos adversários, mais também para toda população, e queria pedir aos órgãos competentes de Justiça Policial e Justiça Eleitoral que prestem bastante atenção a estes acontecimentos, pois aqui é um Lugar onde vive Famílias e precisa no mínimo de Segurança!!! e que no dia da Eleição estejam pronto para o pior se não for tomada as devidas providências para estes acontecimentos”.

 

Adelson é atingido por pedrada

E-mail recebido: “Gostaria de avisar-lhe o ocorrido ontem dia 15, segunda-feira, pouco antes das 22HS no conjunto  Albano Franco (Nossa Senhora do Socorro). Depois da caminhada feita  naquela comunidade ao fazer um pequeno discurso próximo a praça da  entrada do conjunto, o deputado e candidato a prefeito do município de  Socorro Adelson Barreto foi atingido por uma pedrada a qual furou a  cabeça dele, inclusive outra pedra atirada atingiu da mesma forma o Torroio, participante do programa Tolerância Zero, o qual estava  próximo a Adelson. Os dois estão com curativos nos locais atingidos.   Ressaltando que essa foi a segunda vez que ocorreu no Albano, sendo  que na primeira atingiu um veículo. Detalhe: Em entrevista concedida a um jornal o candidato do prefeito disse ser vítima de  campanha suja por parte de Adelson, quem conhece o modelo de política do parlamentar sabe que é mentira e desespero, pois com a campanha  riquíssima que estão fazendo não precisam agir de tal forma”

 

Frase do Dia

“Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e  de repente você estará fazendo o impossível.” São Francisco de Assis.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários