Alma penada

0

Alma penada

 

Pelo que andam dizendo os advogados do agiota Floro Calheiros, morto domingo em confronto com a Polícia, o defunto vai continuar ‘falando’ e tirando o sono de muita gente em Sergipe. É que, enquanto esteve foragido, Floro teria preparado um vasto dossiê contando histórias cabeludas de várias autoridades sergipanas. Não é novidade que em vida Calheiros sempre fez uso da chantagem para se beneficiar, mas daí a se dar ouvidos às ameaças veladas feitas pelo advogado Fernando Muniz já é demais da conta. Ora, se o agiota preparou o tal dossiê, que este venha à tona para que as acusações nele contidas sejam apuradas, doa a quem doer. O que não pode é a sociedade sergipana ficar refém de uma alma penada, como pensam ser possível seus familiares e advogados. Fosse um cidadão de bem, como alguns tentam fazer crer, Floro teria se apresentado à Justiça para se defender e apresentar as acusações que dizia possuir contra seus desafetos. O resto é receitar defunto.

 

Não fala

 

Procurado ontem pela imprensa para falar sobre a morte de Floro Calheiros, o desembargador Luiz Mendonça preferiu o silêncio. Quando era presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o desembargador foi vítima de um atentado a tiros na avenida Beira Mar, em Aracaju. As investigações policiais acusaram Floro como mandante do crime, coisa que este sempre negou. Também ontem, a nova presidente do TRE, desembargadora Suzana Carvalho, disse que o órgão não vai se desfazer dos dois carros blindados adquiridos após o atentado contra Mendonça.

 

Aposta na laranja

 

Sergipe e Bahia pretendem se firmar como o segundo polo brasileiro produtor de suco de laranja, atrás apenas de São Paulo. Os dois Estados possuem uma área de produção citrícola superior a 110 mil hectares. A expectativa para este ano é de que a área cresça em média 50%, atingindo aproximadamente 160 mil hectares. Sergipe e Bahia têm um projeto em conjunto para incentivar o cultivo de laranja e a produção de mudas. Hoje a Bahia é o segundo maior produtor nacional e Sergipe é o terceiro.

 

Desconversou

 

O presidente do Sindicato dos Jornalistas de Sergipe, George Washington Oliveira, se retratou perante a Justiça das acusações feitas ao deputado federal Márcio Macedo (PT). O sindicalista acusou o parlamentar de, na condição de secretário estadual do Meio Ambiente, ter recebido doação financeira eleitoral para conceder licença ambiental a uma empresa. Processado, George Washington voltou atrás: “Venho retratar-me com o deputado Márcio Macedo, com vistas a impedir ou prevenir qualquer conclusão apressada que possa lhe prejudicar a honra e a imagem”. Diante da retratação, o petista retirou a ação.

 

BB com prefeitos

 

O Banco do Brasil reúne nesta terça-feira os prefeitos sergipanos para discutir sobre ações conjuntas para assessorar a gestão pública no sentido de captar recursos. Será a partir das 8h no Hotel Quality Aracaju. Entre os assuntos a serem discutindo estão as operações de crédito para investimentos na educação, obras viárias, transporte escolar, entre outros, além do apoio da Fundação Banco do Brasil a projetos de Tratamento de Resíduos Sólidos.

 

Vai ficar

 

Não adiantou o esperneio dos vereadores e de outros pedetistas menos votados: Antônio Samarone vai continuar na presidência do PDT aracajuano. A decisão é do presidente estadual do partido, Fábio Henrique. “Na pressão não dá. O cidadão não pode dizer saia, e eu saio”, disse Fábio ao Jornal da Cidade. Ele acha ser preciso dinamizar o PDT na capital até por conta das eleições municipais de 2012, porém não acha que para tanto seja necessário botar Samarone para correr. Resumo dessa ópera bufa: o PDT aracajuano vai continuar um saco de gatos.

 

Nova secretaria

 

A Câmara de Vereadores de Aracaju deverá receber amanhã projeto de lei criando a Secretaria Municipal de Esportes. Com a criação da nova Pasta, o prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) pretende honrar o compromisso firmado com o vereador Fábio Mitidieri (PDT) durante a eleição para a escolha da atual Mesa Diretora do Legislativo aracajuano. Pelo entendimento, o pedetista se afastará da Câmara para assumir a nova Secretaria.

 

Posse marcada

 

O ex-secretário estadual de governo, Bosco Mendonça, deve assumir a presidência da Deso na próxima quinta-feira. Horas antes, o Conselho de Administração da Estatal se reunirá para aprovar sua indicação como presidente. Bosco vai substituir o engenheiro Max Montalvão, que deverá assumir outro cargo no governo estadual. É que, segundo publica hoje no Jornal do Dia a colega Rita Oliveira, o governador Marcelo Déda não conseguiu nomeá-lo para uma diretoria da Codevasf.

 

Mais ICMS

 

O volume de arrecadação do ICMS em Sergipe foi 20,9% maior em fevereiro passado quando se compara com o mesmo mês de 2010. Em valores absolutos, o montante arrecadado no segundo mês deste ano chegou a mais de R$ 152,9 milhões. Confrontando os valores de fevereiro último com igual período de 2009, verificou-se crescimento de 33,9% sobre a soma arrecadada naquele ano. Já em relação ao primeiro mês deste ano, houve redução de 16,7% no recolhimento do ICMS, sem descontar a inflação. Os dados são do Boletim Econômico Fies/UFS.

 

Do baú político                         

 

Um sergipano natural de Frei Paulo, que começou a vida como caixeiro viajante, se tornou o fiel escudeiro do ex-líder político Antônio Carlos Magalhães no Oeste baiano. Era Baltazarino Araújo Andrade. Ele chegou naquela região na década de 40 e logo ingressou na política para se eleger três vezes vereador pelo município baiano de Cotegipe. Depois, resolveu se mudar para Barreiras, onde começou a trajetória do maior líder político da região. Eleito prefeito pela primeira vez em 1973, Baltazarino procurou difundir a expansão rural. Com a chegada do 4º Batalhão de Engenharia e Construção, o sergipano de Frei Paulo realizou inúmeras obras de Infraestrutura, que deixaram o município em condições adequadas para receber novos investidores e consolidar o desenvolvimento regional. Após dois mandatos como prefeito, o ex-caixeiro viajante se elegeu deputado estadual em 1994. Irmão do saudoso advogado Jaime Araújo, Baltazarino morreu com 80 anos de idade, em 12 de agosto de 2007. Ainda hoje este sergipano é lembrado em Barreiras como empreendedor e grande liderança política.

 

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários