Ânimo para empresários de SE

0

  Em meio a tantas mazelas na área política de Sergipe, com o envolvimento de autoridades na Operação Navalha que investiga fraude em licitações de obras públicas, a coluna abre um espaço hoje para destacar os números positivos das exportações de Sergipe que cresceram surpreendentemente nos últimos meses. O leitor não se preocupe amanhã tem a decisão do processo de André Moura no TRE e depois a denúncia ao STJ, pela Procuradoria Geral da República, contra cerca de 40 pessoas envolvidas na Operação Navalha.

 Ontem, 13, o governo estadual divulgou release mostrando que Sergipe é o Estado que mais cresce em exportações no Brasil. De acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, o Estado foi o que mais cresceu nesse setor no período de janeiro a maio de 2007. O crescimento é de 261,5%, seguido do Distrito Federal, com 93,5%, e Rondônia, com 57,2%. Durante o período, as exportações sergipanas totalizaram US$ 67,5 milhões. No mesmo período de 2006 o valor era de US$ 18,5 milhões.

  É claro que estes números não podem e não devem ser creditados apenas ao novo governo. Os números demonstram que a economia sergipana experimenta os reflexos do excelente momento pelo qual passa a economia brasileira – queda dos juros, investimentos públicos do PAC e outros – e mundial, através do aquecimento do comércio exterior entre as nações e a valorização dos preços das commodities (quem conhece um pouco do mercado financeiro sabe como elas são importantes no resultado final).

  Outro ponto também é que na Região Nordeste, há que se considerar a elevação dos níveis de

consumo, acima da média nacional, especialmente das classes D e E, como conseqüência de expressivo aumento da massa salarial decorrente da recuperação do salário mínimo. Com isso os números do comércio exterior de Sergipe nesse começo de ano estão animadores, apontando para a superação, com folga, da barreira dos US$  100 milhões de exportações no ano.

  A meta do governo do Estado, através da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia, é nivelar-se com os Estados vizinhos de economias parecidas, como a Paraíba, o Rio Grande do Norte e  Alagoas, que exportaram mais de US$ 200 milhões no ano passado. Para isso o desafio consiste em diversificar a pauta de exportações, concentrada hoje em suco de laranja e cimento.

  Na prática o governo já começou a trabalhar. Semana passada, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio  Exterior, e diversas outras instituições e entidades empresariais, realizou em Aracaju o Encontro de Comércio Exterior (Encomex), cujo objetivo foi incentivar as empresas sergipanas a buscarem mercados  internacionais para seus produtos.

Durante o Encomex o governo patrocinou a instalação da Comissão de  Comércio Exterior, ampla e participativa, que tem como objetivo servir  de fórum permanente para a formulação e acompanhamento das políticas de comércio exterior. Presente ao evento, o presidente da Federação das  Indústrias, Eduardo Prado, registrou a confiança do setor industrial no  novo governo, elogiando o fato dos programas da Secretaria estarem sendo  elaboradas ouvindo as entidades empresariais.

  O atual momento econômico brasileiro, com o fortalecimento do real e do comércio exterior, foram importantes para que o novo governo tivesse estes primeiros números positivos. Por outro lado, é preciso fortalecer a confiança dos empresários local. Este trabalho vem sendo feito pelo secretário do Desenvolvimento Econômico, Jorge Santana – que foi uma das surpresas do atual secretariado – que deixou a Associação Comercial de Sergipe, com o respaldo da classe e vem cumprindo uma agenda para fomentar o investimento privado, já que a queda de juros é um atrativo para o mercado financeiro. A maior novidade é que grande parte dos governos anteriores não tinha preocupação em envolver os empresários sergipanos, já que a prioridade era para a tese ultrapassada de que os investimentos privados teriam que vir sempre de grupos de fora do Estado. Mudar essa realidade é um desafio que o atual governo começa ganhando através dos números anunciados ontem.

 

Leitor critica silêncio do governo sobre auditoria

De um leitor:Do dia 29/03 até agora são  78 dias que o TCE proibiu a realização da auditoria nos contratos da Deso. São 78 dias de completo silêncio do governo, dos parlamentares e da direção da Deso. Afinal de contas queriam ou não queriam fazer a tal auditoria? Ou seria apenas jogo de cena? O silêncio é comprometedor. Permite até a um Augusto Bezerra cobrar a auditoria na Deso, desde que comece pelos R$ 600 mil pagos recentemente pela Deso. Isso ocorreu na Assembléia Legislativa, e para tristeza geral ninguém se manifestou. A decisão do TCE é ilegal, e medida ilegal ninguém tem obrigação de cumprir. O silêncio torna-se mais comprometedor ainda quando pode dar razão a Flávio Conceição. Conforme interceptação ou escuta telefônica realizada pela Polícia Federal do dia 02/04/2007 às 17:19 h Flávio Conceição afirma que …a auditoria foi insistência do nº 1… fala que futuramente seria ruim para o nº 1, porque iria juntar todo mundo…Será? Quem é este número 1?”

 

Protocolado Pedido de abertura da CPI da Navalha

O grupo de oposicionistas conseguiu a adesão de 172 deputados, um a mais do que o mínimo necessário, e 30 senadores. Caso dois deputados ou três senadores retirem seus nomes, a CPI, destinada a investigar a relação de políticos com empreiteiras e lobistas, não sairá do papel. É possível retirar assinaturas até a meia-noite do dia em que o requerimento for lido em plenário. O próximo passo para a instalação é a conferência de assinaturas e análise do “fato determinado”. (FSP).

 

Eduardo Pelella explica representação

Ontem,13, o procurador regional eleitoral Eduardo Botão Pelella, respondendo a uma representação do promotor de Justiça Luiz Alberto Moura Araújo, instaurou um Procedimento Administrativo Eleitoral para averiguar os fatos envolvendo o julgamento do caso André Moura no TRE.A representação está sendo movida pelo promotor de Justiça Luiz Alberto Moura Araújo, pois, de acordo com dados da Operação Navalha, feita pela Polícia Federal em conjunto com o Ministério Público Federal, o julgamento da cassação no TRE/SE teria sido influenciado por ações externas, não estando descartada inclusive a participação de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe. . “O que posso fazer, enquanto procurador regional eleitoral em Sergipe, é instaurar o procedimento administrativo, verificar o que temos disponível de provas e encaminhar tudo isso à autoridade competente para proceder às investigações, que, neste caso, é o procurador geral da República”, declarou Pelella. Ele disse também que as interceptações telefônicas mostram que existe uma conversa explícita envolvendo Flávio Conceição e o próprio André Moura em relação ao julgamento.

 

TV Atalaia e TV Sergipe veiculam diálogo

Os telejornais da TV Atalaia e da TV Sergipe de ontem, 13, à noite, veicularam um diálogo entre o conselheiro Flávio Conceição e o deputado André Moura onde conversam sobre o julgamento e possíveis contatos com magistrados. Em Sergipe, apenas as duas emissoras de televisão têm os diálogos da Operação Navalha. Elas conseguiram diretamente com as redes Record e Globo. Alguns meios de comunicação tentaram conseguir cópias do dvd com as gravações junto ao MPF/SE, mas o procurador Eduardo Pelella não repassa enquanto não acabar todo o processo. Já na PF a dificuldade é a mesma. No final da tarde de hoje a desembargadora Madeleide Gouveia anuncia o voto de Minerva dela sobre o julgamento do recurso do MPF no caso André Moura.

 

Operação Caipora

Partiu do MPF de Sergipe, através do jovem procurador Ruy Melo toda a Operação Caipora que resultou na prisão de várias pessoas ontem em Sergipe, São Paulo e no Paraná. Toda operação de escuta e pedido de prisão dos indiciados partiu do MPF de Sergipe. É bom alguns colocaram as “barbas de molho”, porque tem mais operações por aí. Tem uma, na área da saúde, que tem um nome bastante sugestivo….

 

 

Governador participa de procissões

O governador Marcelo Déda (PT) participou ontem à tarde da procissão de Santo Antônio na cidade de Itabaiana. Foi recepcionado pela prefeita Maria Mendonça e recebeu carinho da população itabaianense. No início da noite Déda chegou a Aracaju onde participou da procissão do Santo Antônio, no bairro do mesmo nome.

 

Avanço com a bilhetagem eletrônica em Aracaju I

O sistema de transporte de Aracaju entra numa nova fase com o anúncio da bilhetagem eletrônica, ontem, 13, pelo prefeito Edvaldo Nogueira. A substituição do uso do vales-transporte e passes-escolares pelo cartão significará mais segurança, rapidez e acabará com o mercado paralelo existente neste setor. Sem dúvida é o segundo marco importante depois da implantação do sistema integrado que começou com José Carlos Teixeira em 85 e consolidou-se com Jackson Barreto a partir de 1986. O mais importante foi à garantia que nenhum cobrador será desempregado com o novo sistema. Quem perder o cartão pode pedi o bloqueio e adquirir outro sem perder as passagens. A fase experimental do sistema começa já, mas em agosto, no dia 11, Dia do Estudante, Edvaldo quer colocar em pratica para os estudantes.

 

Avanço com a bilhetagem eletrônica em Aracaju II

Só para lembrar: o atual prefeito, Edvaldo Nogueira é oriundo desta luta. Quando presidente do DCE da UFS comandou uma luta pela implantação da meia-entrada e o aumento da tarifa. Teve um quebra-quebra histórico na praça Olimpio Campos com a participação de Edvaldo. Ontem, 13, ao assinar também o uso do passe escolar aos sábados, domingos e feriados, Edvaldo fortaleceu essa luta e o compromisso com os estudantes. Faltam mais alguns avanços no sistema de transporte, principalmente a cobrança de melhores ônibus, por exemplo, quase que diariamente este jornalista vê pelas ruas da cidade veículos da VCA quebrados pelo caminho, mas Edvaldo Nogueira conseguiu dar um passo significativo que marca a história do transporte urbano de Aracaju.

 

É hoje, reunião sobre comunicação em Sergipe

No auditório da galeria Farol Center, próximo a Unit da Farolândia, será realizada hoje, 14, às 18hs, uma reunião com jornalistas, radialistas, publicitários e profissionais do ramo para elaborar um documento a ser entregue ao líder do governo Francisco Gualberto, para instalação de uma CPI da Comunicação. Essa CPI, se vingar, pode mudar a história da comunicação em Sergipe.

 

Temporizador é a solução para sinais de trânsito

Um leitor fez um alerta a SMTT que este colunista também concorda: “Não poderia deixar de observar que, no mínimo, a aplicação de controlador de velocidades nos diversos semáforos já fiscalizados via “pardais”, deveria, no mínimo ser precedida de um investimento do SMTT em todos semáforos com contador de tempo (temporizador) como os que já existem em alguns deles, sob o risco de captar recursos da população em cima de uma prática comum de décadas. Todos nós, ao nos aproximarmos de um semáforo aberto, instintivamente aceleramos um pouco não só para aproveitarmos o sinal verde, mas também para não corrermos o risco desse passar para o amarelo e sermos multados no instante da passagem para o vermelho. Com o contador, todos são avisados do momento do sinal amarelo e o conseqüente vermelho. Não sou Nostradamus, mas, vejo que, no caso de não adoção do contador, veremos freadas bruscas com perspectivas reais de colisões que esperamos que não tenham vítimas. Não acredito que a SMTT, na pessoa do médico que é o superintendente Samarone vá optar em não ter o ônus da compra de tais semáforos em favor de vidas de sergipanos…mas, se assim for, vou pedir socorro, só não sei a quem… talvez nas próximas eleições…”

 

Alerta para cruzamento das Avenidas Adélia Franco com Silvio Teixeira

De uma leitora: “Gostaria que vc fizesse um alerta a SMTT sobre a falta de respeito dos motoristas nos cruzamentos das Avenidas Adélia Franco com Silvio Teixeira. Infelizmente a grande maioria dos motoristas não respeita aquela sinalização. Avançam o sinal vermelho constantemente e o sinal amarelo que é para observar eles aumentam estupidamente a velocidade para atravessar a via antes que o sinal feche. É uma violência enorme, o pedestre não deve prestar atenção à sinalização e sim aos veículos. Sem contar a roubadinha que pode ser fatal que aqueles motoristas irresponsáveis fazem, subindo na calçada da Farmácia Pague Menos, ali localizada. Foram colocadas no inicio da AV. Franklim de Campos Sobral  com a Silvio Teixeira algumas barras de cimento para separar a via e os motoristas infratores chegaram ao cúmulo de arrancá-las. Bem que a SMTT poderia colocar um guarda de transito naquele local e multar os irresponsáveis sem dó nem piedade”.

 

Mudanças viram realidades em Tomar do Geru

De um leitor: “Para aqueles geruenses que não acreditavam nas mudanças nos órgãos estaduais em Tomar do Geru, quero dizer que elas chegaram, temos  agora a responsabilidade de mostrarmos a cara do novo governo através de ações  democráticas a serem implementadas, que com certeza irão atender a expectativa do nosso povo. Há muito que ser feito em nosso município. Temos ainda que democratizar os serviços públicos ofertados, vermos a situação dos professores da rede municipal  que estão há quatro anos sem reajustes, tiveram também a substituição de bom  um plano de carreira, por um outro que não atende os anseios da categoria vemos os demais funcionários muito irritados pelo não reajuste de salários e também pela criação da previdência própria que reduz a contribuição patronal e aumenta a contribuição dos servidores, Um município como nosso que vive apenas dos repasses federais e estaduais tendo previdência própria parece piada. Temos o “bolsa família” que é uma

loucura.  O povo tem demonstrado sua indignação constantemente, porém é preciso reagir duramente a tantos abusos”.

 

 

 HUSE tenta localizar familiares de paciente

Até ontem,13, o Serviço Social do Hospital de Urgência de Sergipe Governador João Alves Filho (HUSE) ainda não havia conseguido localizar familiares de um paciente não identificado, que está internado desde o início deste mês na unidade de saúde. O paciente é moreno, magro, de estatura média, aparenta ter entre 30 a 35 anos de idade e ainda apresenta em um dos braços uma tatuagem em forma de sol com uma letra “W” dentro. Segundo Selma Almeida Silva, gerente do Serviço Social do HUSE, o paciente foi encontrado na madrugada do dia 2 de maio, no bairro Atalaia, depois de ter sido supostamente vítima de um espancamento. Atendendo a um ofício do Serviço Social, uma equipe de datiloscopistas do Instituto de Identificação compareceu ao hospital nesta quarta para tentar identificá-lo através das impressões digitais. Informações sobre o paciente podem fornecidas ao Serviço Social do HUSE através dos telefones (79) 3216-2630 ou 3216-2638.

 

Frase do Dia

“A utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais a alcançarei. Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar”. Eduardo Galeano.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários