Ao optar pelo PT, Eliane disse não a 2016

0

   “O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Coerência com a história dela e de Marcelo Déda. A frase define bem a decisão da ex-primeira-dama, Eliane Aquino em optar pelo PT apesar dos convites de diversos partidos, inclusive que desejavam que ela participasse como candidata na disputa pela Prefeitura de Aracaju em 2016.

Com certeza, Eliane pensou muito para tomar essa decisão.  Optou pela coerência política, reforçando a história de Marcelo Déda, quando muitos começam a pular do barco petista, por puro oportunismo político.

Por outro lado, Eliane sabe que ao optar pelo PT dificilmente participará do pleito de 2016 como candidatura. No partido, muitas lideranças, inclusive Rogério Carvalho, já anunciaram o apoio a pré-candidatura da deputada estadual Ana Lúcia.

Se confirmada a Ana Lúcia ninguém, em sã consciência, imagina Eliane pedindo votos para a deputada como candidata a prefeita de Aracaju. Como assim? Nada de pessoal entre as duas, que são amigas, mas tudo pelas questões políticas dos últimos anos. A deputada, ao lado do Sintese, fez oposição declarada ao governador Marcelo Déda, mesmo sendo ele o responsável por conquistas importantes para a categoria no primeiro governo. Aliás, quem não lembra do fatídico episódio do velório do governador na praça ao lado da ALESE?

E um trecho da nota de Eliane a imprensa pode definir mais do que a opção pelo PT: “…não poderia trair a minha história, pois sinto que estaria traindo a mim mesma e ao meu Amor.”

Este pedaço da nota define muito mais do que uma opção partidária, define também a opção pelo desapego ao poder, pelos filhos e pela coerência herdada de Marcelo Déda.

Atenção Mendonça Prado. SSP não consegue descobrir quem usa uma placa de segurança. MP já pediu e nada. Uma denúncia grave
O blog teve acesso a uma denúncia grave que vem sendo investigada pelo MPE/SE, mas a SSP não está fazendo a parte dela. Boa parte da documentação está no site do MPE/SE porque a ação não tramita em sigilo. Um cidadão foi ameaçado quando dirigia seu veiculo na madrugada de 18 de julho deste ano por um motorista que transitava com um veículo, cuja placa foi descoberta depois da denúncia na Delegacia Plantonista que tratava-se de uma placa de propriedade da Secretaria de Segurança Pública, chamada de placa de segurança;

Delegado-geral não descobriu algo tão simples
No dia 20 de julho foi prestada queixa na Corregedoria da Polícia Civil e para uma averiguação e também na 3ª Promotoria de Controle Externo da Atividade Policial com o Promotor  Dr. Adson. O MPSE vem cobrando há dois meses e na semana passada o delegado-geral da Polícia Civil Everton Santos respondeu que ainda não descobriu algo tão simples.

Mendonça Prado: há algo errado para a SSP não identificar um policial civil
O blog tem a certeza que o secretário Mendonça Prado não tem conhecimento deste caso. Há algo errado para a SSP não identificar um policial civil que está usando uma placa de segurança, já que ela é  é equiparada a uma arma com termo de responsabilidade. Mendonça: veja se consegue saber quem é o policial responsável pelo termo de cautela da placa OEK-8137. Ou será que tem alguém protegendo o responsável ?

Estacionamento irregular em frente a SSP. Será que a SMTT vai multar?
E a semana se inicia com uma pergunta: Estacionamento irregular em frente a SSP. Será que a SMTT vai multar? A secretaria Georlize, a qual a SMTT é subordinada já avisou que sim; Os olhos do blog passará por lá durante todo o dia de hoje.

PSB faz ato hoje para novos filiados
E o PSB fará um ato hoje, 28, na sede estadual do partido em Aracaju, a partir das 18h30, para receber os novos filiados na capital sergipana. O ato está sendo coordenado pelo presidente do Diretório de Aracaju, Elber Filho.

MPE pede cancelamento do contrato da ALESE com advogado
E a imprensa noticiou no fim de semana que o Ministério Público Estadual ingressou com ação pedindo o cancelamento do contrato da Assembleia Legislativa de Sergipe com o advogado Carlos Alberto Menezes. A tese é que a ALESE, como pessoa jurídica, só poderia ser parte na ação penal se fosse crime ambiental.

“Pancada” no Ministério Público Estadual
E no programa diário de rádio que apresenta na Jovem Pan em Sergipe, o radialista André Barros, avaliou que a contratação da ALESE do advogado renomado Carlos Alberto Menezes tem entre os objetivos criticar a atuação do Ministério Público Estadual. Ou na linguagem dele é pancada forte.

Estância: Carlos Magno no PCdoB. Ele foi da administração de Edvaldo
O prefeito de Estância, Carlos Magno está trocando o DEM pelo PCdoB. Alguns tomaram um susto, mas é preciso lembrar que Carlos Magno passou muitos meses à frente da Fundat de Aracaju, na administração de Edvaldo Nogueira. Naquele momento ele foi indicação do PSB.

Vereador Emerson fora do PT não é novidade. Em 2014 ele não votou no partido
Sem surpresa a saída do vereador Emerson do PT para o partido de Marina Silva, Rede. Em 2014 ele deixou de votar em Gualberto para deputado estadual e foi apoiar o ex-vereador Matos, candidato a deputado estadual pelo PROS.

Ainda sobre as academias em SE. Blog recebeu perfis literários dos “imortais”. Uma vergonha!
E o texto do advogado Clarkson Moura publicado na semana passada sobre a “febre” de academias de letras em Sergipe e seus “imortais” repercutiu tanto que um renomado escritor sergipano – que já foi convidado algumas vezes para participar da academia estadual – enviou e-mail com os perfis literários dos nobres “imortais” da Academia Sergipana de Letras. É uma verdadeira vergonha.

Candelária estava certa
Tem quem nunca escreveu nada, tem que assinou o que o assessor escreveu, parente e muito mais. Como alguns “imortais” estão chateado com este espaço, em breve os leitores vão entender porque a sociedade sergipana acha a ASL uma verdadeira piada. Candelária estava certa quando não resolveu disputar uma cadeira. O local não é adequado para ela, que já escreveu um livro de verdade.

Paralisação prefeituras amanhã, 29
Amanhã, 29 as prefeituras sergipanas paralisarão suas atividades por 24h, permanecendo apenas os serviços da saúde. O ato, em protesto contra a constante queda nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e outras receitas, busca alertar a sociedade sobre a crise financeira que atinge as prefeituras e tem inviabilizado o funcionamento das administrações municipais.

Sessão especial
Neste mesmo dia, os prefeitos e prefeitas virão para capital, onde participarão de sessão especial na Assembleia Legislativa. A sessão, que acontece a partir das 9h, foi solicitada pela deputada estadual Silvia Fontes (PDT) através de requerimento enviado as três entidades municipalistas sergipanas.

A crise afetou…
Como tudo em Itabaiana entra no âmbito político partidário, nas ultimas semanas as polêmicas na cidade giraram em torno da redução de gastos por parte da prefeitura municipal que, como todas as demais do país, passa pelo trágico momento de crise com quedas em repasses federais. Os cortes atingiram uma ajuda que a prefeitura concedia mensalmente à Delegacia Regional da Cidade, entre concertos de ar condicionados, fornecimento de materiais de limpeza, alimentação e manutenção do prédio, a prefeitura chegou a arcar com R$ 40 mil mensais o que num momento de crise como este, ficaria no mínimo contraditório caso fosse dada a continuidade.

Prefeitura e SINPOL
A oposição da cidade usou o fato para tentar jogar a polícia civil contra a administração provocando inclusive o SINPOL, que publicou uma nota de repúdio na última quinta. O Secretário de Administração do Município, Adailton Sousa, foi às emissoras de rádio local para explicar que, o município na verdade lamenta em não poder continuar contribuindo, mas, não seria contundente ter que enxugar a máquina administrativa com algumas demissões e continuar com gastos deste montante.

Prefeitura e SINPOL II
Esclarecidos os fatos, representantes do SINPOL fizeram uma visita de cortesia ao Secretário e firmaram um laço de amizade, simbolizado por flamulas do sindicato, com quais foram presentados Adailton e o prefeito Valmir de Francisquinho, que não se fez presente à recepção por cumprir sua agenda diária de visita aos povoados e comunidades mais afastadas do centro urbano da cidade. A verdade sempre prevalece!

Juiz lança hoje, 28, livro na Escariz
O Juiz de Direito Paulo Roberto Fonseca Barbosa convida a todos para a noite de lançamento do seu livro intitulado: O Poder Complementar dos Juízes – Instrumentos Para o Controle da Expansão Penal. Publicada pela Editora Lumen Juris, às 18 h, na livraria Escariz (Av. Jorge Amado, nº 960, Jardins, Aracaju).

Imposição
Para o autor, o livro tem por objetivo demonstrar especificamente a imposição constitucional direcionada ao Poder Judiciário Brasileiro de impedir a utilização expansiva e, portanto, espúria do Direito Penal.O autor ainda é Membro da comissão de cursos para magistrados do TJSE e Professor da Acadepol/SE, tendo sido palestrante em inúmeros congressos jurídicos e articulista em revistas no Brasil e em Portugal.

Polícia Civil:Adpese e Defensoria promovem palestras para concursados
Amanhã, 29, a Associação dos Defensores Públicos do Estado de Sergipe (Adpese) e a Defensoria Pública de Sergipe promovem uma tarde de palestras com os aprovados no concurso da Polícia Civil, para os cargos de agentes e escrivães. O evento ocorrerá a partir das 14h30, no Teatro Atheneu, e faz parte do curso de formação desses profissionais, visando o aprimoramento da atividade policial ante as demandas sociais.

Temas
Sob os temas “A coordenação do Investigado na Persecução Criminal” e “Democracia e Polícia”, as palestras serão proferidas pelos palestrantes os defensores públicos Ermelino Costa Cerqueira e Sérgio Barreto Morais (presidente da Adpese), respectivamente.

PELO TWITTER

www.twitter.com/palmeriodoria  Estou com  um vaga esperança. Vou oferecer ao PMDB.

www.twitter.com/silviosantospt  "Francisco é um milagre da humildade na era da vaidade".Elton John;

www.twitter.com/carlosodas  Papa Francisco tem sido um presente à Humanidade; a melhor surpresa, aliás, aos que lutam por um mundo mais justo. Vida longa a Francisco!

www.twitter.com/WilliamFonseca  Das nossas fantasias, a que mais gosto é a Viagem no Tempo. E fazemos essas viagens sempre. A imaginação é uma máquina do tempo fantástica.

www.twitter.com/emirsader  Quem não tem força pra travessia, não devia nem ter embarcado nesta andança.

ARTIGO

Recursos com a venda de bens públicos podem custear despesas com a manutenção da máquina pública?  Por Isabel Santos*

Estes dias, em visita ao Shopping Riomar, visualizei placas de vendas de bens imóveis do Município de Aracaju, situados no bairro Coroa do Meio, inclusive já vi divulgação dessa pretensão em veículos de telecomunicações.

Percebi, com isso, que, após a aprovação do Projeto de Lei nº 94/2014, em 13/08/2015, o Poder Executivo colocava em prática as ações para efetivar a venda de 45 lotes de terrenos da Prefeitura de Aracaju.

Quando da aprovação do citado projeto de lei, lembro-me que o líder da bancada do executivo na Câmara Municipal disse que “(…) através da venda dos terrenos servirá não apenas para pagar a folha de salário  dos servidores, mas para  continuar gerindo outras ações da Prefeitura de Aracaju”. 

Assim, olhando as citadas placas e refletindo sobre o que disse esse parlamentar, indaguei: os recursos dessa alienação realmente serão utilizados para pagar a folha de pagamento dos servidores municipais?

Como cidadão, não poderia deixar de pensar que, no mínimo, o Município está se descapitalizando, ou seja, desfazendo-se de bens para quitar despesas com sua manutenção, aquelas que, para a boa gestão pública, deveriam ser custeadas com outras fontes de recursos, como, por exemplo, os tributos, instituídos e arrecadados, classificados como receitas correntes.

A fim de evitar que situação dessa natureza ocorresse, foi publicada a tão aclamada Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que preconiza a gestão fiscal responsável, e que veda, em seu art. 44, a aplicação da receita de capital derivada da alienação de bens e direitos no financiamento de despesa corrente, salvo se destinada por lei aos regimes de previdência social, geral e próprio dos servidores públicos.

Para entender alguns conceitos desse dispositivo, a exemplo de receita de capital e despesa corrente, recorreremos a Lei nº 4.320/64, que, no âmbito da administração pública, é tão importante quanto a LRF. Para tal lei, constitui receita de capital a conversão, em espécie, de bens e direitos.  Já despesas correntes são dotações para manutenção de serviços anteriormente criados.

Deste modo, recursos oriundos da alienação de bens públicos (conversão de bens em espécie) classificam-se como receita de capital e, os despendidos para pagamento de folha dos servidores, como despesas correntes, já que visam à manutenção das atividades necessárias à prestação de serviços públicos.

Dessa forma, à luz da LRF, os recursos advindos da venda de bens imóveis não podem ser usados para pagar despesas correntes, à exceção dos destinados a regime de previdência. Tal preceito visa proteger o patrimônio público, assegurando que recursos que sejam investimentos não custeiem despesas com a manutenção da máquina pública, já que, para estas, a legislação reserva outras fontes de recursos.

Acredito que destino melhor deveria ser dado a esses bens públicos, como, por  exemplo, área para lazer, desporto ou moradia, uma boa maneira de incentivar o esporte e melhorar a qualidade de vida dos aracajuanos, que, desde o exercício financeiro de 2013, vêm sendo presenteados com aumento de tributos, a exemplo do IPTU.

*Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade do Estado da Bahia(UNEB) e especialista em Auditoria Governamental e Contabilidade Pública pela FANESE.

ARTIGO

Um campeão chamado: Macsuel Gois dos Santos por Luciana Couto.

O menino nascido em Riachão do Dantas, interior do Estado de Sergipe, por nome de Macsuel Gois dos Santos, até então, era somente um cidadão comum, sem ser notado ou ter algum destaque. A vida do futuro jogador começou a tomar alguns rumos diferentes.

Macsuel, em sua infância e adolescência ajudava a mãe que era feirante e durante alguns momentos da sua vida trabalhou como engraxate, afim de completar a renda, mas nunca esquecendo o amor pelo futebol. Na juventude, trabalhou com porteiro de condomínio, vendedor em loja de roupas e variedades. Com uma simplicidade enorme, o jovem por onde passava conquistava à todos e deixava sua marca.

Como um verdadeiro esportista, nunca deixou que seu sonho fosse interrompido. Desde os 17 anos, o menino de Riachão do Dantas, atuava no futebol local, e com o passar dos dias ia se aperfeiçoando mais e mais. Jogou no Riachão Esporte Clube, Associação Atlética Lagartense, Associação Atlética Guarany de Porto da folha, Sete de Junho Futebol Clube de Tobias Barreto, Lagarto Futebol Clube. Alguns anos passaram e a oportunidade que gostaria não chegava, até que, o jovem jogador resolveu tentar o sucesso fora do Estado de Sergipe, viajou para o Sul do país e apresentou-se aos clubes, Macsuel conta, que não foi fácil a trajetória, mas em nenhum momento se abateu ou pensou em desistir. Procurou um emprego e novamente começou a trabalhar como vendedor em loja de roupas, nesse tempo, resolveu também atuar como modelo, e conseguiu. Fez algumas campanhas publicitárias, mas esse não era o foco, seu sonho era jogar futebol. Até que, o Atlético Clube CANOINHAS de Santa Catarina o convidou para se tornar um integrante. Na oportunidade, o jogador também atuou no Esporte Iguatemi Maringa do Paraná. O sonho do menino que ajudava a mãe feirante, estava se concretizando de fato, a vida já havia tomado rumos diferentes. Macsuel, nunca deixou de acreditar no seu sonho e tem consigo uma força e cita, “Tudo foi Deus que fez e faz. Em todo tempo sejamos alvo dos átrios do Senhor Jesus, ele é a minha maior força, tudo devo a Ele”.

Macsuel Gois, na sua força e determinação atuou no River Playte de Assunsion no Paraguai, no Atlético Clube Juventude do Uruguai e agora o jovem jogador do interior do Estado de Sergipe de 27 anos, nascido no dia 7 setembro 1988, acertou e firmou o contrato com o Halcones Futebool Club da Guatemala, onde já está morando e treinando. Ele finalizou a entrevista e deixou uma mensagem à todos que buscam a realização de um sonho, “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele, e o mais Ele o fará. O caminho de Deus é perfeito, e a palavra do Senhor refinada, Ele é o escudo de todos os que Nele confiam”. Verso da Bíblia Sagrada.

Blog no twitter: http://www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
"Nossa vida não foi feita para cercar sombras e tristezas" Víctor Jara Lidio Martínez, nasceu em 28 de Setembro de 1932.  Era um músico, compositor e diretor de teatro chileno. Vindo de uma família de camponeses de Dims, ele se tornou uma referência internacional da canção e cantor de protesto.  Membro do Partido Comunista do Chile e foi torturado e assassinado, em 11 de setembro de 1973,  no antigo Estadio Chile (que era então chamado Victor Jara Stadium) pelas forças repressivas da ditadura de Augusto Pinochet, logo após o golpe militar que derrubou o governo de Salvador Allende.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários